Com pista inédita, pilotos de motocross aceleram em Extrema (MG)

Brasileiro de Motocross chega à terceira etapa que será disputada pela primeira vez em Extrema (MG)

Texto: Redação
Fotos: Divulgação/Cesar Araújo/Vipcomm

Pela primeira vez na história do Campeonato Brasileiro de Motocross, a cidade de Extrema, em Minas Gerais, será palco da competição. A terceira etapa da temporada 2016, disputada neste fim de semana (16 e 17), na pista  de 1.400 metros construída no Parque de Eventos da cidade, promete boas disputas. Na liderança das categorias Mx2 e MxJr, os pilotos Honda terão mais um grande desafio na competição, que está bastante equilibrada.

Na categoria Mx2, para motos até 250cc, Gustavo Pessoa é o líder, com 89 pontos, apenas dois de vantagem para Fábio Santos, o segundo colocado. Ele conquistou vitória emocionante na etapa de abertura e na prova seguinte ficou em segundo. “As expectativas para este fim de semana são boas, é sempre bom conhecer e correr em um lugar novo. Espero fazer uma boa prova e competir de igual para igual com os demais competidores. Vou brigar pela vitória e tentar me manter líder do campeonato”, ressalta o piloto da Equipe Honda, que utiliza moto CRF 250R.

Na  MxJr, Leonardo Cassarotti lidera. O piloto satélite da Honda, da equipe Dunas,  possui 50 pontos, dez a mais que o vice-líder Tallys Nathan. “Correr em um lugar novo é imprevisível, não sabemos como é o terreno. Mas mesmo assim, a expectativa é sempre boa e pretendo dar o meu melhor, focando apenas nisso, em me esforçar e não só em ganhar”, afirma o curitibano. Na Mx3, Roman Jelen, da Ipiranga IMS Rinaldi, é o vice-líder com 44 pontos, apenas seis a menos que o primeiro colocado, Antonio Balbi.

Na Mx1, Paulo Alberto, da Equipe Honda, é o terceiro colocado na principal categoria, após uma corrida sensacional que lhe garantiu o segundo lugar na última etapa, realizada em Paty de Alferes (RJ). Com isso, o português,  que pilota uma Honda CRF 450R, tem 74 pontos, 14 a menos que o líder da temporada, Jean Ramos . “A corrida em Extrema vai ter uma pista nova para todos. Então, vou dar tudo para ter o meu melhor nesse fim de semana e sair vencedor”, comenta Paulo, que está na sua segunda temporada na Mx1.

Quem também briga pelas primeiras posições da Mx1 é o Jetro Salazar, piloto da Escuderia X, satélite da Honda. Ele está em segundo, com 80 pontos.

Serviço:
3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross
Data: 16 e 17 de julho (sábado e domingo)
Horário: A partir das 9h
Local: Parque de Eventos de Extrema (MG)
Av. Delegado Waldemar Gomes Pinto

Programação:
Sábado (dia 16)
Treinos classificatórios:
13h às 13h25 – Mx3
13h35 às 14h05 – Mx2
14h15 às 14h45 – Mx14h55 às 15h15 – MxJr

Prova Mx3
15h50 (20 min. + 2 voltas)
16h20 – Pódio Mx3

Domingo (dia 17)
Warm-up:
9h às 9h20h – Mx2
9h30 às 9h50 – Mx1
10h às 10h20 – MxJr

Provas:
10h50 – Mx2 – 1ª Bateria (30 min. + 2 voltas)
12h30 – Mx1 – 1ª Bateria (30min. + 2 voltas)
13h30 – MxJr (20 min. + 2 voltas)
14h – Pódio da classe MxJr
14h10 – Cerimonial
14h30 – Mx2 – 2ª Bateria (30min. + 2 voltas)
15h15 – Pódio da classe Mx2
15h30 – MX1 – 2ª Bateria (30min. + 2 voltas)
16h15 – Pódio da classe Mx1

Classificação do Campeonato Brasileiro
Mx1

1º Jean Ramos  88 pontos
2º Jetro Salazar 80
3º Paulo Alberto (Honda) 74
4º Carlos Campano 70
5º Adam Chatfield 61
9º Hector Assunção (Honda) 51
10º Wellington Garcia 45

Mx2
1º Gustavo Pessoa (Honda) 89 pontos
2º Fábio Santos 87
3° Enzo Lopes 84
4º João Ribeiro (Honda) 73
5º Pepê Bueno 66

MxJr
1º Leonardo Cassarotti (Dunas) 50 pontos
2º Tallys Nathan 40
3° Joaquin Antonio Neto 38
4º Rafael Araújo 34
5º Leonardo Nunes 34
6º Bruno Schmitz (Dunas) 34

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA