Continental

Empresa já tem a tecnologia à disposição para o Brasil; agora, a lei precisa ser aprovada

Texto: Redação
Fotos: Divulgação/Continental

Continental

A Continental está com uma aposta ousada: o sistema de ABS (Anti-Lock Braking System) para motos de baixa cilindrada. A tecnologia ainda não é obrigatória no Brasil, único país com densa frota de motos no mundo que ainda não tem legislação a respeito. “Índia e China, que possuem as maiores frotas de motos de baixa cilindrada no mundo, exigem que esses veículos tenham o ABS de fábrica. Na Europa, isso também é lei. A obrigatoriedade do ABS ajuda muito a reduzir o números de acidentes, fatais ou não”, destaca Fabrício Menezes, da Divisão de Freios do Grupo Continental.

Segundo o executivo, a empresa já tem a tecnologia pronta para o mercado brasileiro, entretanto, é preciso haver uma conscientização da sociedade para que a lei seja aprovada pela autoridades. “A inserção da tecnologia não aumentará significativamente o custo final da moto. Na verdade, o custo-benefício será infinitamente maior. Hoje, o ABS já vem de fábrica em motos acima de 300 cilindradas, mas a grande maioria dessas motos é importada. Além disso, 85% da frota brasileira são de motos de até 125 cilindradas, ou seja, a maioria dos motociclistas está, literalmente, correndo sérios riscos”, completa Fabrício.

Continental
Continental

Panorama da realidade e Sobre o ABS

Hoje, mais de 23 milhões de motos circulam pelo Brasil. Elas representam 26% de todos os veículos. Só no estado de São Paulo, 20 mil motociclistas foram parar nas salas de cirurgia, em 2014. Um levantamento do Ministério da Saúde mostra que, em dez anos, o número de mortes provocadas por acidentes de moto aumentou 280%. São 12 mil vítimas por ano.

Segundo o Ministério da Saúde, os acidentes com motos foram responsáveis por um aumento de 115% no número de internações em hospitais públicos em 2016. Por ano, essas internações custam quase R$ 30 milhões para o SUS (Sistema Único de Saúde). O ABS (Anti-Lock Braking System) é um sistema de frenagem que evita que a roda bloqueie e entre em derrapagem quando o freio é acionado fortemente, evitando a perda de controle do veículo. Esse sistema é composto por sensores que monitoram a rotação de cada roda e a compara com a velocidade do veículo.

VEJA TAMBÉM: Uma atitude mental correta ajuda o motociclista a se inserir no meio em que opera com mais segurança.

No caso dos motociclistas, o ABS é um “tesouro”, afinal, ele evita que aconteça com o motociclista o que ele mais teme: ir para o chão. Quando o motociclista freia bruscamente uma moto que não tem ABS, a roda trava e a moto “chicoteia”, levando-o ao chão de imediato.

VEJA TAMBÉM: Resolvi fazer uma viagem sozinho. E se minha moto quebrar, o que faço?

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here