Ducati anuncia novo CEO no Brasil

Diego Borghi - CEO Ducati do Brasil

Antonino Labate deixa a companhia para assumir um novo desafio dentro do Grupo Volkswagen

Texto: Redação
Foto: Divulgação

A Ducati do Brasil muda de comando. Após encerrar com sucesso o período de um ano e meio à frente da unidade brasileira, o italiano Antonino Labate se despede. Labate, que desembarcou no Brasil em maio de 2015, vai passar para uma posição de liderança na marca SEAT, fabricante de automóveis espanhola do Grupo Volkswagen.

Quem assume a posição de Presidente da Ducati do Brasil é Diego Borghi, então CFO (Chief Financial Officer) da companhia desde janeiro de 2016. Alinhado às novas estratégias da empresa, Borghi já era considerado um sucessor natural de Labate.

A despedida de Labate encerra mais um ciclo na era da “nova Ducati do Brasil”. No período de um ano e meio à frente da companhia, Labate promoveu uma profunda reestruturação na unidade brasileira. O executivo renovou a equipe, deu novo posicionamento estratégico para a marca e sua linha de produtos, revigorou as atividades da área de relacionamento com o cliente e como prioridade em sua lista, estruturar uma rede de concessionárias Ducati forte e saudável.

Com estas ações a Ducati obteve resultados muito superiores aos registrados atualmente pelo mercado brasileiro trazendo solidez, confiança e prestígio para a marca. No período de setembro 2016 sobre agosto 2015 a Ducati do Brasil registrou crescimento de 27,5% no segmento acima de 500 cm3 de cilindrada. Em igual período, o mercado nacional despencou 20,0%. A Ducati tornou-se a única marca no segmento premium a estabelecer índices positivos em meio a atual situação econômica do país.

Fico muito feliz em poder deixar a Ducati no Brasil nas mãos de um profissional competente e bem preparado como Diego. Tenho plena certeza de que a partir de agora os resultados continuarão aparecendo de forma bastante veloz e com muita consistência”, afirma Antonino Labate. “O Brasil é um país excepcional onde tive a oportunidade de viver intensamente todos os dias que aqui estive, aprendendo muito sobre a cultura e o dia a dia do Brasileiro como um Brasileiro. Digo a todos que sou o mais Brasileiros dos Italianos que aqui estiveram presentes”, comenta Labate.

Com novo fôlego, Borghi assume uma Ducati revigorada, o que  possibilitará à equipe, agora 100% brasileira, dar continuidade à conquista dos objetivos estratégicos da marca Ducati no Brasil de forma mais acelerada. Aos 34 anos, formado em Administração e Contabilidade e com MBA em controladoria pela USP, Diego participou de diversos processos de “start up” em sua carreira profissional, liderando empresas de diversos segmentos como bebidas, bens de consumo e automotivo, por exemplo.

A confiança e credibilidade que hoje temos junto à matriz é fruto do excelente trabalho que vem sendo realizado pela equipe aqui no Brasil. Sob a coordenação do Antonino conquistamos um espaço importante e vamos ampliar cada vez mais. O desafio é grande, mas a Ducati do Brasil é uma empresa enxuta, ágil e bem estruturada, com uma linha de produtos inovadora e que está conquistando o seu espaço no mercado brasileiro. Trabalharei todos os dias para proporcionar ao a cada Ducatista, a melhor experiência sobre duas rodas e isso engloba do atendimento, passando pela  venda e finalizando com excelência no pós vendas, explica Diego Borghi, Presidente da Ducati do Brasil.

“A Ducati confirma o seu próprio comando estratégico no mercado brasileiro, que mostra estabilidade e confiança para a marca”, afirma Andrea Buzzoni Diretor Global de Vendas e Marketing da Ducati Motor Holding. “A Ducati felicita calorosamente Antonino Labate por sua importante contribuição para a satisfação do cliente e crescimento da confiabilidade da marca no Brasil e lhe desejamos tudo de melhor em seu novo importante desafio. Eu também gostaria de desejar a melhor sorte a Diego Borghi para seu novo papel”, comenta Buzzoni.

DEIXE UMA RESPOSTA