A V2 representa uma opção de entrada para a família Streetfighter enquanto a V4 SP é a nova top de linha

A Ducati expande a família Streetfighter com o lançamento de dois novos modelos: A ousada e essencial Streetfighter V2 e a top de linha Streetfighter V4 SP. Todas as informações detalhadas sobre as duas motos foram reveladas durante o quarto episódio da série web Ducati World Première.

A nova Streetfighter V2 é uma esportiva nua com um caráter único. Ela atende às necessidades dos pilotos que procuram uma moto capaz de combinar o DNA da Panigale V2 esportiva com a atitude e o estilo do admirado da Streetfighter. O resultado é um veículo intuitivo e fácil de manusear, com a dose certa de potência para garantir um desempenho vigoroso e o máximo de diversão ao dirigir.

Vale ressaltar que este projeto é o fruto precioso da releitura do sucesso da Ducati “Fight Formula”, desta vez aplicado à Panigale V2, despojada das carenagens e equipada com guidão alto e largo. O peso seco desse veículo é de 178 kg e o motor é o Superquadro de 955 cc de 153 cv comandado pelo pacote eletrônico de última geração.

A nova Streetfighter V2 é essencial e caracterizada por um design verdadeiramente nítido, que abraça os elementos estilísticos clássicos da Streetfighter V4, começando com o distinto farol, que lembra o DRL em forma de V típico das motos esportivas Ducati e é inspirado pelo famoso sorriso do Coringa. O conceito de design por trás deste novo modelo é construído em torno da mecânica herdada da Panigale V2, com o motor Superquadro como elemento de apoio.

A ergonomia possui características centradas no piloto e é focada no uso em estradas com os valores agregados de esportividade e conforto. O guiadão alto e largo de alumínio substitui os semi-guidões da Panigale V2. O selim agora está mais largo e tem novo acolchoamento que contribui para tornar esta moto ainda mais confortável. Além disso, os pedais foram reposicionados para aumentar o espaço. Todas essas melhorias permitem ao motociclista um grande controle na pilotagem esportiva e, ao mesmo tempo, facilitam o uso diário.

O motor da Streetfighter V2 é o Superquadro de 955 cc em conformidade com o Euro 5, capaz de fornecer uma potência máxima de 153 cv a 10.750 rpm e um torque máximo de 101,4 Nm a 9.000 rpm. Este motor resulta não só utilizável e agradável na estrada, mas também eficaz e excelente na pista, onde pode ser facilmente gerido. Comparado com a Panigale V2, o projeto Streetfighter V2 tem uma relação final mais curta (15/45 vs 15/43) que garante maior torque à roda em velocidades de estrada enquanto dá melhor resposta do motor ao reabrir o acelerador.

Ao desenvolver este novo modelo, os engenheiros da Ducati focaram sua atenção na configuração do chassi. Com efeito, o motor Superquadro é utilizado como elemento de apoio que liga a compacta estrutura dianteira, constituída por uma moldura monocoque em alumínio fundido, fixada à cabeça do motor. O braço oscilante unilateral, também ligado ao motor, é 16 mm mais comprido em comparação com o da Panigale V2, um ponto de vitória que contribui para garantir a estabilidade de toda a moto.

A esta plataforma são adicionados a forquilha dianteira Showa BPF de 43 mm e o amortecedor Sachs, com calibração dedicada para tornar a moto mais confortável na estrada, bem como facilmente ajustável para uma nova dimensão de diversão na pista.

A Streetfighter V2 está equipada com rodas de 5 raios e os novos pneus Pirelli Diablo Rosso IV: 120/70 ZR17 na frente e 180/60 ZR17 na traseira, que fornecem uma resposta super rápida às necessidades do piloto, juntamente com uma curva extra sentindo-me. Exceto pela adoção de pastilhas de freio caracterizadas por uma mordida menos agressiva, mais adequada para uso em estrada, todo o sistema de frenagem é fielmente retirado da Panigale V2 e possui pinças radiais monobloco Brembo M4-32 com discos de 320 mm de diâmetro.

Além disso, o compartimento eletrônico abrangente e moderno da Streetfighter V2 é herdado da Panigale V2. A plataforma inercial de 6 eixos IMU gerencia todos os controles eletrônicos da bicicleta e dá a posição da moto no espaço em tempo real, enviando as informações para as unidades de controle que gerenciam os controles. O pacote eletrônico inclui: ABS Cornering EVO com funcionalidade “slide by Brake”, Ducati Traction Control (DTC) EVO 2, Ducati Wheelie Control (DWC) EVO, Ducati Quick Shift up / down (DQS) EVO 2, Controle de Freio Motor (EBC ) EVO.

A Streetfighter V2 apresenta três modos de pilotagem diferentes (Sport, Road, Wet) com configurações de controle dedicadas. O equipamento eletrônico pode ser aprimorado com os acessórios contidos no catálogo Ducati Performance: Analisador de Dados Ducati (DDA + GPS) e Sistema Multimídia Ducati.

A moto está equipada com faróis totalmente LED com DRL frontal e um painel de controle full-TFT de 4,3″ caracterizado por uma interface intuitiva que lembra a da Streetfighter V4.

A Streetfighter V2 estará disponível nas concessionárias Ducati da Europa a partir de dezembro de 2021, na cor Ducati Red com aros pretos. Não há previsão de chegada aqui por enquanto.

O catálogo Ducati Performance apresenta vários acessórios projetados para aprimorar a aparência, o desempenho e o estilo da nova Streetfighter V2. Dentre elas, destacam-se as asas, projetadas pela Ducati para obter desempenho ainda maior no uso da pista.

Para 2022, a Ducati apresenta também o modelo Streetfighter V4 SP, oferecido em uma versão numerada e marcada com a conhecida abreviatura “SP” (que significa Produção Esportiva). A nova Streetfighter V4 SP é a naked mais cheia de adrenalina que já saiu da linha de produção de Borgo Panigale. Isso graças a um equipamento técnico especial que combina perfeitamente a “Fórmula de Luta” com as especificações de “SP”, melhorando ainda mais a relação peso-potência do Streetfighter V4 S, que já estava no topo de sua categoria, e deixando a moto ainda mais eficaz na pista.

A Streetfighter V4 SP vem com uma pintura dedicada, equipamento premium derivado da Superleggera V4, bem como com peso restrito: 196 kg em ordem de marcha (3 kg a menos em comparação com a Streetfighter V4 S).

A pintura essencial e cativante “Winter Test” foi concebida pela Ducati Centro Stile inspirando-se nas motos Ducati Corse pilotadas nos testes de pré-temporada dos Campeonatos de MotoGP e SBK. O Matt Black das carenagens combinado com o acabamento Matt Carbon dos aros e asas contrasta soberbamente com os detalhes em vermelho brilhante e o tanque de alumínio escovado cintilante. A recém-nascida de Borgo Panigale também é enriquecida com alguns belos detalhes, como o número progressivo impresso no guidão e o esquema de cores da bandeira italiana nas asas de carbono.

A Streetfighter V4 SP está equipada com rodas de carbono de 5 raios split, 1,4 kg mais leves que as de alumínio forjado de série na Streetfighter V4 S e capaz de reduzir a inércia em 26% na frente e 46% na traseira, tornando a moto significativamente mais ágil e leve ao mudar de direção. As pinças de freio dianteiras exclusivas Brembo Stylema R® garantem uma potência de frenagem incomum, bem como um desempenho impressionante mesmo durante o uso prolongado na pista.

A nova moto está equipada com a Öhlins Smart EC 2.0 com o sistema baseado em eventos que pode variar o amortecimento de acordo com o estilo de pilotagem do piloto, e junto com asas laterais aumentam a confiança e garantem o melhor desempenho no uso esportivo.

O coração pulsante é o Desmosedici Stradale de 1.103 cc com 208 cv, capaz de entregar um torque de 123 Nm a 9.500 rpm (compatível com Euro 5). Na Streetfighter V4 SP, o Desmosedici Stradale é equipada com embreagem seca STM-EVO SBK, que garante melhor função anti-hopping, mesmo nas reduções mais agressivas, e maior fluidez em todas as fases “off-throttle”, aspecto crucial para ser realmente eficaz na pista ao forçar o limite.

O equipamento desta moto única é enriquecido pelos pedais de alumínio ajustáveis ​​e usinados em CNC, o para-lamas dianteiro de carbono, a bateria de íon-lítio e uma gama de acessórios adequados para os “dias de corrida”, como a tampa da embreagem aberta de carbono e as tampas para retirar o suporte da placa.

Graças ao seu equipamento técnico, a Streetfighter V4 SP é a companheira ideal para o amador que quer dominar a pista com uma moto naked e obter uma resposta instantânea. A capacidade de frenagem é fora do comum, a moto fica mais fácil de encostar na curva e chega ao ápice mais rápido, sem falar na grande estabilidade em altas velocidades.

A Streetfighter V4 SP estará disponível na configuração monoposto com as cores “Winter Test”. A moto estará nas concessionárias Ducati da Europa a partir de janeiro de 2022. Também não há previsão de chegada aqui, nem de preço.

Moto Adventure, a Revista dos Melhores Motociclistas

Let’s Go Together! 

Deixe uma resposta