Produzida pela Suzuki, a moto causou grande furor entre os amantes do motociclismo

Texto: Guilherme Derrico
Fotos: Divulgação/Flickr – Eddiestannes1/Flickr – Mcpereiracampinas

Suzuki Hayabusa

Em 1999 a Suzuki resolveu inovar no mercado do motociclismo e criou a Hayabusa, uma máquina potente, com 1300 cilindradas. A ideia da marca, na ocasião, era produzir a moto mais rápida do mundo. Relatos de motociclistas da época informam que o veículo atingia velocidades acima dos 320 km/h. Sua primeira geração foi chamada de GSX1300R. Possuía motor de 4 cilindros, 4 tempos e refrigeração a água.

O sucesso foi imediato e os dados são animadores para a Suzuki: estima-se que foram vendidas mais de 100.000 unidades. De acordo com o motociclista Laertes Torrens Filho, quando lançada, a moto causou um verdadeiro “frisson”. “A Hayabusa tinha detalhes completamente diferentes das motocicletas da sua categoria (Sport Touring). Uns amavam, outros, nem tanto”, diz Filho.

Segundo Laertes, a novidade chegava para desbancar as concorrentes da época. “A disputa era travada principalmente com a Honda Black Board, de 1100 cc, que chegava perto dos 300 km/h, porém, a Hayabusa desenvolvia uma velocidade superior à moto da Honda”.

Na próxima seção, contaremos um pouco da história da Honda CG. Enquanto isso, veja a edição passada da “Motos que marcaram época” com a Yamaha RD  350, a “Viúva Negra”.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here