Honda apresenta a CB 1000R 2019, que chega com um Neo Sports Café. Com motor de quatro cilindros e preço sugerido de R$ 58.690,00, lançamento tem um estilo retrô, linhas modernas e muita potência

TEXTO: GUILHERME DERRICO

FOTOS: CAIO MATTOS / EDGAR KLEIN / DIVULGAÇÃO

Entre os dias 15 e 17 de abril, a Honda reuniu a imprensa para um evento muito especial: apresentar a nova CB 1000R 2019 e, ao mesmo tempo, possibilitar que os jornalistas pilotassem a máquina e obter as primeiras impressões. A motocicleta associa características das Naked Streetfighter, ou seja, muita potência aliada a uma vocação esportiva. O veículo ainda conta com o charme do estilo Café Racer.

De acordo com S. Uchida, o Large Project Leader (LPL) do projeto, a máquina vai agitar o mercado de altas cilindradas no país. “A CB 1000R mostra a intenção da Honda de olhar sempre para o futuro e assumir o papel de inspirar a todos. Sabendo que a expectativa dos clientes do segmento Naked é cada vez maior, fomos mais longe e, ao invés de oferecer um mero aumento do desempenho, fizemos com que a experiência de pilotar fosse emocionante e que também envolvesse o verdadeiro prazer decorrente da posse e exibição de uma motocicleta única. Estamos muito orgulhosos do resultado alcançado”, diz.

CAVALO BRAVO

A Honda CB 1000R alcança, logo nas três primeiras marchas, até 130 km/h, ou seja, é mais rápida que a CBR 1000RR Fireblade. Porém, essa performance só é possível graças à ajuda de uma sofisticada gestão eletrônica.O comando do acelerador do tipo TBW (ThrottleByWire) oferece maior controle da potência. Os quatro Riding Modes possibilitam alterar o nível de potência, do freio-motor e do controle de tração. O peso seco é de 199 kg. A suspensão e os freios oferecem uma pilotagem eficaz e divertida.

“A moto é simplesmente demais! Tivemos a possibilidade de conhecer essa novidade trazida pela Honda e ficamos muitos felizes em ver que uma máquina tão bonita e cheia de tecnologia está à disposição do público brasileiro. A força dela impressiona e, para isso, os freios têm que ser muito eficientes. O sistema também se comporta de maneira muito boa. Já que no dia do teste chovia bastante, isso dificultou um pouco nossa saga. Porém, nas situações de piso molhado é que podemos conferir se a moto é segura ou não, e essa Café Racer passou no teste”, afirma Marcos Barros.

MIMOS

Em relação ao chassi, a trave única superior tem perfil quadrado – que, na região dos suportes de pedaleiras, se une a placas de alumínio onde está fixado o eixo da balança monobraço da suspensão traseira. As medidas determinam a inclinação da coluna de direção a 25º e do Trail, de 100 mm. A distância entre eixos é de 1.452 mm e a distribuição de peso é de 49% na frente e 51% na parte traseira. A posição de pilotagem é bastante confortável. A altura do guidão permite um posicionamento mais ereto.

A suspensão dianteira é Showa SFF-BP (Separate Function front Fork – Big Piston) ajustável. O sistema de freios é composto por discos flutuantes de 310 mm na dianteira com cálipers radiais com quatro pistões. Na traseira, o cáliper de dois pistões age no disco único de 256 mm. A roda traseira côncava calça pneu de 190/55 ZR17. Na frente, o pneu tem medida de 120/70 ZR17.

MOTORIZAÇÃO

O motor DOHC de 998cm3 de quatro cilindros em linha e cabeçote de 16 válvulas tem potência máxima de 141,4 cv a 10.500 rpm.O câmbio de seis marchas atua em conjunto com a embreagem deslizante de comando hidráulico, equipamento que ajuda nas reduções de marcha em pilotagem esportiva.A escolha entre os quatro Riding Modes ocorre por meio de comando situado no punho esquerdo.

PREÇO

A Honda CB 1000R chega ao mercado com preço público sugerido de R$ 58.690,00 (base: Estado de São Paulo). As cores disponíveis são o vermelho metálico e o preto perolizado. A garantia é de três anos sem limite de quilometragem, além do Honda Assistance (que, em caso de necessidade, garante a assistência 24 horas em países da América do Sul).

DESTAQUES

•          Silhueta trapezoidal e ultracompacta

•          Chassi monotrave de aço, de baixo peso

•          Suspensões totalmente reguláveis Showa

•          Freios dianteiros com cálipers de quatro pistões e fixação radial

•          Emissão de torque privilegia as médias rotações

•          Acelerador eletrônico, três Riding Modes pré-definidos e um personalizável

•          Três níveis de potência, freio-motor e controle de tração

•          Sistema de escape 4×2

•          Embreagem deslizante com comando hidráulico

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também