Ian Blythe vence etapa capixaba e domina o Brasileiro Borilli de Enduro

Orange BH KTM Racing venceu também a E4 com Pélmio Carvalho

Texto: Redação
Fotos: Divulgação/Janjão Santiago/Y.Sports

A esquadra da Orange BH KTM Racing venceu no último sábado (25) e domingo (26), a etapa capixaba do Brasileiro Borilli de Enduro na somatória geral e categoria E2 com Ian Blythe. O Time também garantiu a E45 com Pélmio Carvalho. O evento foi realizado na cidade de Aracruz, o piloto da casa Bruno Crivillin não terminou a prova, a revelação da equipe teve uma torção no joelho. O veterano Luiz Felipe Braga ficou em segundo colocado na categoria E3 e o piloto de Regularidade da equipe, Jomar Grecco, também participou da etapa e garantiu a segunda a segunda colocação na categoria E4. Faltando somente mais dois eventos para o término da temporada, a equipe segue o objetivo de se tornar bicampeã brasileira e somar o maior número de títulos possíveis.

Ian Blythe está com 25 pontos a mais que o segundo colocado, Romulo Bottrel. Pélmio possui uma folga de 80 tentos e pode ser campeão antecipado na próxima etapa do brasileiro, no dia 21 de agosto em Nova Lima (MG). Luiz Felipe está na 3ª colocação com 157 pontos e Bruno Crivillin, mesmo não pontuando neste etapa, continua líder da categoria Júnior, com 165 pontos, 27 a mais que o segundo colocado. Mesmo lesionado, o jovem piloto manteve a programação de viajar nesta segunda (27) para dois desafios internacionais, uma etapa do Mundial na Espanha e o Red Bull Romaniacs, prova conhecida como a mais difícil do mundo, realizada na Romênia. “Ele fez todos os exames necessários, está sendo avaliado e terá todo o amparo dos melhores médicos especialistas em joelho. Não sabemos se terá condições físicas de competir, mas vamos manter a programação”, disse Felipe Nacif, proprietário do Grupo Orange.

Ian Blythe: “Foi uma corrida fantástica, as especiais foram as melhores do campeonato até agora. A competição foi muito apertada e tivemos que lutar por cada segundo. No sábado eu não estava no ritmo ideal, eu estava testando um novo amortecedor traseiro e o Bruno estava liderando com folga. Quando ele abandonou, a prova ficou entre mim e o Bottrel, e consegui vencer com 2s de vantagem. No domingo eu já estava me sentindo muito melhor, abri uma vantagem, mas cometi pequenos erros e ele me alcançou, e fomos decidir no ultimo teste. Entrei muito focado e determinado e consegui vencer. Foi um brilhante trabalho de equipe, agradeço a todos os envolvidos”.

Classificação Geral após etapa Aracruz (ES) – Pontos

1 IAN WILLIAM BLYTHE  – KTM – 182

2 ROMULO BOTTREL ALVARENGA NETO – Honda – 157

3 GUSTAVO PELLIN  – KTM – 150

4 BRUNO RIBEIRO CRIVILLIN – KTM – 131

5 JULIO CÉSAR FERREIRA ELIZIARIO Honda -129

6 BRUNO BATISTA MARTINS – Honda – 102

7 VINICIUS CALAFATI RIBEIRO – KTM – 86

8 RONALD SANTI  – Honda – 81

9 MICHEL LUIZ CECHET  – Honda – 79

10 DIEGO BAESSO COLETT – KTM – 77

DEIXE UMA RESPOSTA