Neste domingo (19), os pilotos do SuperBike Brasil proporcionaram muita emoção e disputas acirradas pela quarta etapa da temporada 2022, realizada no Autódromo de Interlagos.

SUPERBIKE PRO

Vitória argentina: Ramiro Gandola vence 4ª etapa e disputa pelo título segue em aberto

A categoria principal do Superbike segue com muita emoção nesta temporada 2022 e um campeonato imprevisível. Sempre com alto nível de competição e muita habilidade dos pilotos, não foi diferente na 4ª etapa, realizada neste domingo (19), no Autódromo de Interlagos. 

O argentino Ramiro Gandola, da RXP/TRH Racing, mostrou muita ousadia e controle para conquistar a vitória, sua segunda na temporada. “Foi uma impressionante disputa com o Pedro. Trabalhamos muito para isso. Quero dedicar a meu pai e minha mãe, a toda minha família que está aqui acompanhando, a toda minha equipe, que faz um trabalho incansável. Fazemos uma enorme força para estar aqui. Agradecer também as pessoas do Brasil, por como nos tratam bem”, comentou Gandola.

Nas voltas finais, o piloto da moto #3 protagonizou um duelo de tirar o fôlego com o atual campeão Pedro Sampaio, da Luvizotto Race Team, que chegou na segunda posição. Ele também comentou a disputa eletrizante pelo lugar mais alto do pódio. 
“Foi uma briga muito boa eu e o Ramiro. Na última volta ele botou no Laranja. É um local muito apertado, não esperava ali. Tentei fazer o último setor mais rápido, mas a moto estava escorregando muito, pneu bem desgastado. Uma pena, mas faz parte. Próxima corrida é melhorar a estratégia. E feliz por mais alguns pontos no campeonato”.

Rafael Paschoalin, da RP113, que sofreu com problemas no braço, finalizou a corrida na terceira posição, também somando valiosos pontos para a classificação da temporada

1º Ramiro Gandola #3
2º Pedro Sampaio #28
3º Rafael Paschoalin #113
4º Guilherme Brito #44
5º Julio Fortunato #56
 
Duende vence mais uma na Light (Foto: Pablo Duarte/SuperBike Brasil)
SuperBike EVO
Manow Martins mostra excelente desempenho e vence mais uma na EVO Durante a 4ª etapa da temporada, sediada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, neste domingo (19), a categoria SuperBike EVO trouxe bastante emoção, com os pilotos acelerando forte. 
Manow Martins, da Koube Motonil Motors, conquistou mais uma vitória na temporada, mostrando muita velocidade e consistência. “Estou bem cansado, corrida bastante puxada. Ritmo do pessoal é bem alto, mas muito feliz com o resultado. P1 na EVO, P4 no geral, muito feliz mesmo. Vamos focar no campeonato e na próxima corrida acelerar mais ainda”, afirmou.
Raphael Santos, da JC Racing Team, e Victor Villaverde, da Cerciari Racing, também mostraram bom desempenho e terminaram a prova em segundo e terceiro lugar, respectivamente.  

1º Manow Martins #89
2º Raphael Santos #65
3º Victor Villaverde #42
4º Andre Veríssimo #9
Bertoli vence na Light (Foto: Matheus Rabelo/SuperBike Brasil)
SBK LIGHT

Luis Bertoli suporta pressão no final e conquista segunda vitória na temporada
 
Na 4ª etapa da temporada pela categoria Superbike Light, disputada neste domingo (18), no Autódromo de Interlagos, o piloto Luis Bertoli, da JC Racing Team, fez valer a pole position e garantiu mais uma vitória na temporada 2022, sua segunda no ano.
Mas não pense que foi fácil. O piloto da moto 33 protagonizou um duelo sensacional com Oswaldo “Duende”, da Duende Racing, decidido apenas na última volta e por centímetros. A diferença entre os primeiros colocados foi de apenas 0,034s.

“Não pontuei na segunda etapa porque tive uma qubera de motor e na terceira etapa fiquei na segunda posição. Para hoje vim mais focado, concentrado, mas meus concorrentes vinham em um ritmo muito forte. Já sabia que o Duende me alcançaria. Brigamos ali, quase que ele conseguiu, mas Deus me abençoou e consegui chegar em primeiro. Agora é se concentrar mais, trabalhar mais, porque na próxima etapa ele vai vir com mais sede ao pote”, comentou o vencedor. 

Luis Bertoli liderou praticamente toda a prova, mas viu Duende se aproximar nas últimas voltas, após boa corrida de recuperação, partindo da 13ª posição. Apesar disso, Bertoli conseguiu sustentar a liderança, mostrando muita frieza e habilidade para vencer e seguir lutando pelo título da temporada.

“Recebi placa da minha equipe, vi que tinha alguém se aproximando. E o Duende foi tirando cada vez mais a cada volta. Ele ultrapassou, mas graças a Deus consegui manter a concentração, a calma e devolvi no final. Agora só agradecer a toda equipe do SuperBike, minha equipe JC, ao Portuga, meu assessor que sempre está viajando comigo, a minha namorada. E bora para a próxima etapa e pontuar no campeonato”, celebrou Luis Bertoli. 

Junto de Luis Bertoli e Oswaldo “Duende”, o piloto Felipe Comerlatto, da Sport Plus Racing, completou o top 3 da prova.

1º Luis Bertoli #33
2º Osvaldo “Duende” #55
3º Felipe Comerlatto #186
4º Juracy “Black” #560
5º Peterson Pet #6

Master:
1º Juracy “Black” #560

Sênior:
1º Nelson Mágico #45
Felipe Gonçalves vence na SuperSport 600. (Foto: Matheus Rabelo/SuperBike Brasil)
SUPERSPORT 600
Felipe Gonçalves ultrapassa nos metros finais e conquista a segunda vitória na temporadaNeste domingo (19), no Autódromo de Interlagos, a prova desta 4ª etapa da temporada na categoria SuperSport 600 proporcionou emoção até a bandeira quadriculada. Felipe Gonçalves, da HJC/PSBK, e Lucas Torres, da Koube Motonil Motors, duelaram pela liderança durante toda a corrida.

Torres até fez a última curva ainda na liderança. Porém, na reta de chegada, após a Curva do Café, foi ultrapassado por Felipe Gonçalves, que venceu a prova, conquistando a vitória – sua segunda na temporada 2022. Felipe também fez a volta mais rápida da corrida, com 1:41.317.

“Estou muito feliz. Resultado perfeito, semana perfeita. Agredeço a minha equipe. Larguei bem, tentei imprimir um ritmo muito forte no começo. Vi que o Torres veio junto e pensei em não repetir a corrida anterior. Deixei o Torres liderar, aguardei até o final e dei o bote nele e sai com a vitória. Agradeço também a toda torcida de Interlagos, a todo mundo que compareceu nesse dia chuvoso. E bora para a próxima, líder do campeonato e vamos para cima!”, comemorou Gonçalves.

Torres, apesar da ultrapassagem nos metros finais, também celebrou seu final de semana. “Vim me preparando e pude ver que teve resultado. A gente veio brigando desde o início da corrida com algumas ultrapassagens. Só tenho a agradecer a toda minha equipe. A moto está melhor, eu estou melhor de físico também. Companheiros de equipe todos foram bem, os concorrentes todos sensacionais, muito justos, e vamos para cima. Só tenho a agradecer”.

Além de Gonçalves e Torres, o piloto Theo Manna, da PRT, ficou na terceira posição. O argentino Mauro Passarino, da W2V MotorSport, e que também tem duas vitórias na temporada, chegou na quarta posição, após corrida de recuperação, uma vez que largou da 26ª colocação. Ele ficou bastante emocionado no final da prova. 

“A gente trabalhou muito no final de semana. A emoção é porque viemos muitos de muito baixo e com pouco a gente está tentando fazer muito, e está conseguindo. Na corrida largamos em P26, quase no último lugar, e a gente a todo tempo tentou fazer o melhor”, comentou Passarino. 

1º Felipe Gonçalves #300
2º Lucas Torres #177
3º Theo Manna #27
4º Mauro Passarino #55
5º Felipe Macan #54

Evolution:

1º Mauro Thomassini #5

Extreme:
1º Luis Armando Boechat #80

Estreante:
1º Junio Roberto Bereta #380
 Joao Carneiro vence a quarta na Copa Pro Honda CBR 650R (Foto: Matheus Rabelo /SuperBike Brasil)
COPA PRO HONDA CBR650R

Em temporada perfeita até aqui, João Carneiro comemora a quarta vitória em quatro corridas

 
O piloto João Carneiro, da Cajuru Racing, continua sendo o destaque da categoria Copa Pro Honda 650R. Na 4ª etapa da temporada, disputada no Autódromo de Interlagos, neste domingo (19), Carneiro dominou e conquistou sua quarta vitória na disputa pelo título do campeonato. 

Largando na pole, ele até se viu ameaçado por Gustavo Gão, da Koube Motonil Motors, no início da prova. Porém, Gão, cuja moto vinha soltando bastante fumaça, acabou sofrendo uma queda. O acidente provocou bandeira amarela e procedimento de safety por algumas voltas, reaguprando os pilotos.

Na relargada, Carneiro conseguiu abrir vantagem e administrou para sacramentar o resultado positivo. “Estou muito feliz e contente com o resultado. Vim trabalhando na moto esse final de semana e ela ficou muito boa, muito fácil de tocar, na minha mão. Quero agradecer muito a minha equipe, ao Cajuru e a todo mundo que está trabalhando na minha moto. Quarta pole e quarta vitória. Quero agradecer muito a todos os envolvidos, SuperBike, Honda, por esse evento maravilhoso. E vamos para a próxima para tentar levar mais uma”, comemorou o piloto.

Lucas Minato, da HJC/PSBK, e Alexandre Colorado, da AllBoy Colorado, aproveitaram as circunstâncias da prova e terminaram em segundo e terceiro colocados, respectivamente.

1º João Carneiro #1
2º Lucas Minato #85
3º Alexandre Colorado #27
4º Marcelo Simões “Bode” #23
5º Juninho Moreira #84

Master:
1º Alexandre Colorado #27

Light:
1º Juninho Moreira #84
Alex Barbosa vence na SBK Escola (Foto: Matheus Rabelo/SuperBike Brasil
SBK Escola
Alex Barbosa mostra consistência para conquistar sua primeira vitória no anoNa penúltima prova deste domingo (19) de competições da 4ª etapa do Superbike, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, foi a vez da categoria Superbike Escola acelerar forte. Alex Barbosa, da Koube Motonil Motors, chegou ao final da prova em primeiro, conquistando a primeira vitória em 2022.

“Só tenho que agradecer a toda minha equipe, a Deus que me deu a condição física de estar aqui, a minha família. Estou muito feliz porque nas duas últimas corridas tinha batido na trave. Hoje não cometi nenhum erro . Então só agradecer e ir para a próxima”, comentou Barbosa.

O duelo pela segunda posição foi eletrizante, decidido apenas na bandeira quadriculada. Vanderlei Pinho, da Tecfil Racing Team, e Felipe Pan, da JC Racing Team, superaram problemas físicos no fim de semana para terminarem em segundo e terceiro, respectivamente.

1º Alex Barbosa #26
2º Vanderlei Pinho #8
3º Felipe Pan #54
4º Adolfo Maciel #212
5º Alex Melo #33

SBK EST:
1º Adolfo Maciel #212
Lincoln Melo vence na Supersport 400 (Foto: Matheus Rabelo/SuperBike Brasil)
SuperSport 400

Lincoln Melo faz prova de recuperação e leva a melhor em duelo eletrizante para vencer em Interlagos

O piloto Lincoln Melo, da W2V Racing, protagonizou um combate de tirar o fôlego neste domingo (19), na pista do Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Nesta 4ª etapa da temporada pela categoria SuperSport 400, ele rivalizou com João Arratia, da HJC/PSBK, e Gabrielly Lewis, Tecfil Racing Team, até os metros finais e venceu por uma diferença mínima de 0,054s.

“Foi uma corrida muito boa. Na SuperPole tive um problema e optei por não forçar tanto e aproveitar na corrida. Larguei na nona posição e vim com cabeça, tentando fazer uma corrida de recuperação, buscando sempre estar no pelotão da frente. Graças a Deus consegui ter um bom ritmo e passar no finalzinho”, analisou Lincoln.

Na segunda posição ficou João Arratia, que comentou o desfecho da corrida. “Bem feliz, um segundo lugar, não há o que reclamar. Continuo na briga pelo campeonato. Isso é normal nessa categoria, sempre muito disputado. 

O vácuo faz muita diferença. O importante é sempre manter a cabeça erguida, sempre feliz. Sinto que poderia ter conseguido a vitória, mas importante pensar não somente no agora, mas sim no futuro, para conseguir o trofeu de campeão”. 

Além dos dois primeiros colocados, Gabrielly Lewis fechou o top 3 da prova, fazendo uma prova muito forte, mas enfrentando problemas na volta final. 

1º Lincoln Melo #29
2º João Arratia #86
3º Gabrielly Lewis #17
4º Bruno Ribeiro #169
5º Pedro Foroni #45

Master:
1º Fabrício Zamperetii #113

R3:
1º João Fascinelli #130
Master:
1º Fabricio Zamperetti #113 – 1:57.481

R3:
1º João Fascinelli #130 – 1:56.788
Caio Lopes vence na Supersport 400 – Escola (Foto: Matheus Rabelo/SuperBike Brasil)
SuperSport 400 – Escola

Caio Lopes vence em Interlagos na estreia da SuperSport 400 – Escola

Para encerrar o dia de competições no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, a 4ª etapa da temporada marcou a estreia da nova categoria SuperSport 400 – Escola. Caio Lopes, da DS Performance, fez história e foi o primeiro vencedor. De quebra, ainda fez a melhor volta da corrida, com 1:58.529.

“Estou muito feliz. Nunca tinha andado, foi meu primeiro contato com SuperBike, numa pista, ainda mais em Interlagos, só tenho a agradecer a DS Performance pelo apoio que está me dando. Ao Diego, por tudo que me ensinou. O cara conseguiu me ensinar a andar de moto em um dia. Então hoje deu para ver, para um cara que nunca tinha andado, que eu aprendi um pouco. E estou feliz demais, vim para me divertir e levar essa P1 para casa é bom demais”, avaliou o estreante. 

Jemerson Medeiros, da Team.racing22, completou em segundo lugar, realizando uma prova muito competitiva e protagonizando duelos interessantes. “Muito feliz. É sempre muito legal participar de um campeonato desse, ainda mais pela primeira vez, e a emoção é muito grande”, afirmou.

Na terceira posição veio Felipe Ardel, da Kings SE Racing Team. Iolanio Maciel, da Dezeró Racing, terminou em quarto lugar.

1º Caio Lopes #134
2º Jemerson Medeiros #31
3º Felipe Ardel #15
4º Iolanio Maciel #10
5º Charles França #89
 
Leo Marques levou a melhor na Jr. Cup (Foto: Matheus Rabelo/SuperBike Brasil)
Jr Cup
 
Com estratégia e bom ritmo, Leo Marques vence prova muito disputada na Honda Jr Cup
 
Em uma prova repleta de emoção e muitas alternâncias na liderança, os jovens talentos do motociclismo nacional iniciaram o dia de disputas da 4ª etapa da temporada, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, com uma corrida sensacional.
Ao longo da prova da categoria Honda Jr. Cup, neste domingo (19), um pelotão de cinco pilotos foi formado na ponta e a liderança da corrida mudou de mãos diversas vezes durante as 10 voltas eletrizantes. No final, quem se deu melhor foi o piloto Leo Marques.

A estratégia foi ficar sempre perto da ponta e tentar desgarrar no momento certo. Foi o que aconteceu. Nas últimas voltas, ele conseguiu bela freada no “S” do Senna e abriu vantagem para os demais, conquistando sua segunda vitória na temporada 2022. 
“Muito feliz, gostei muito da corrida. Já vinha imprimindo um ritmo bom ao longo dos treinos. Nas primeiras voltas fiquei no bolo e nas duas últimas consegui passar, abrir um gap bom e consegui ficar com a vitória. Muito feliz e agora só comemorar”, celebrou Leo, que, com o resultado, segue como o atual líder no campeonato da Honda Jr. Cup.

1º Leo Marques #9
2º Vitor Hugo #10
3º Enzo Ximenes #12
4º Heitor Ourinho #78
5º Marcos Vinicius #93

Moto Adventure, a Revista dos Melhores Motociclistas

Let’s Go Together! 

Deixe uma resposta