Moto Tour: Princesa da serra – Lages (SC)

Lages (SC)

Na serra de Santa Catarina, Lages é uma atração e tanto para motociclistas que buscam estradas com curvas – muitas curvas!

Texto e Fotos: Laertes Torrens Filho

A 230 km de Florianópolis (SC) e a 770 km de São Paulo (SP), a simpática cidade de Lages é um destino surpreendente. A viagem para lá, a partir de qualquer um dos pontos de partida citados, pode ser feita tranquilamente em um único dia. Saindo da capital paulista pela BR-116, que está em boas condições de pilotagem, percorremos a rota em aproximadamente onze horas, com paradas de três em três horas para reabastecer e esticar as pernas. Já para quem parte de Florianópolis a viagem poderá ser feita em cerca de três horas. Mas atenção: programe-se bem e fique atento, pois as estradas têm muito trânsito e várias curvas. Não esqueça de levar na bagagem uma boa capa de chuva, pois ela poderá ser útil nas inclementes mudanças de temperatura ao longo do caminho. Outra boa dica é pegar a estrada logo cedo, aproveitando ao máximo a luz do dia – especialmente durante o inverno, quando escurece mais cedo. Desde que você se programe para sair às 06h00, por exemplo, poderá fazer o percurso durante o dia, o que tornará a viagem mais segura.

TURISMO RURAL

Lages é conhecida como a “Capital Nacional do Turismo Rural” e, além dos hotéis tradicionais, recebe turistas em hotéis-fazenda que acomodam com conforto e aconchego. Carinhosamente chamada de “Princesa da Serra”, a cidade tem vários pontos turísticos e mirantes, nos quais é possível apreciar a vista, a natureza e monumentos que contam a história de sua colonização. Um deles é o “Tropeiro”, em frente ao Parque de Exposições Conta Dinheiro. Esculpido em concreto, este marco que homenageia os tropeiros que cruzavam o planalto serrano em viagens ao Rio Grande do Sul mede nove metros de comprimento. Ao lado do Terminal Urbano, no centro, encontramos outro monumento interessante: o “Carro de Molas”. Também digna de uma visita é a escultura “Boi de Botas” (o apelido foi dado por soldados da Guerra Farroupilha).

PATRIMÔNIO CULTURAL

Em seu patrimônio histórico estão algumas construções robustas, como a Catedral de Nossa Senhora dos Prazeres, construída em pedra pelos padres franciscanos. A construção gótica, que levou dez anos para ser concluída, produz uma enorme sensação de paz através da luz que atravessa seus vitrais alemães. Outra construção interessante é o belíssimo prédio do Grupo Escolar Vidal Ramos.

Lages abriga o maior museu particular do Estado, o Thiago de Castro, com um extenso acervo de imagens e documentos dos séculos XVIII e XIX, armas de guerra e de lutas regionais, vestuário, utensílios e objetos cotidianos.

NATUREZA

Para os adeptos da natureza, a cidade também tem atrações imperdíveis. A poucos quilômetros do centro fica o Salto do Rio Caveiras, onde está a primeira usina elétrica da região (ainda usada em emergências). Com grandes quedas d’água, é um verdadeiro colírio para os olhos e possui um lago para esportes náuticos, além de uma convidativa cachoeira. Outro destino bacana é o Parque Ecológico, onde há animais nativos que habitam uma grande área coberta por árvores de diversas espécies e mais de oito mil araucárias.

Sem mencionar o espetáculo invernal das geadas e nevascas, que criam cenários inesquecíveis.

BOA COMIDA!

A gastronomia farta de Lages é constituída por pratos saborosos e cheios de história. Com forte influência de imigrantes italianos e alemães, a culinária local mescla receitas de outros estados com ingredientes típicos da região. Não deixe de provar os pratos preparados à base de pinhão, como a deliciosa Paçoca de Pinhão.

FESTAS E MOTOS

Lages também é famosa por suas festas, promovidas ao longo do ano. Uma das mais badaladas é a Festa Nacional do Pinhão, que acontece no mês de junho. A cidade ainda é sede do moto-encontro mais “frio” do país: o Motoneve, sempre realizado no segundo final de semana de julho. O evento, que está em sua 16ª edição, é um dos mais tradicionais do país. O Motoneve surgiu quando dois motociclistas experientes da cidade, Paulo Todeschini e Sérgio Boscato, decidiram se unir para mostrar o quanto Lages poderia ser receptiva ao moto-turismo. Em uma época na qual o motociclismo organizado ainda engatinhava no Brasil, junto com o Motoneve surgiu o Grupo de Motociclistas Raditão.

Além de shows e atrações como o Globo da Morte, Dinamômetro e Whelling, o Motoneve, com seus três dias de duração, sempre conta com a Feira de Motos e Acessórios e toda a infraestrutura de um grande evento. Para saber mais sobre as próximas edições, acesse o site: www.cialiberdade.com.br .

COMO CHEGAR

É fácil chegar a Lages e as estradas estão em boas condições de rodagem. Para quem vem de Florianópolis, litoral ou oeste catarinense, o melhor acesso é a Rodovia BR-282. Já para quem vem do Paraná ou de São Paulo, a opção é a BR-116.

ONDE FICAR

Hotéis Le Canard (49) 2101-8100

www.lecanard.com.br

Afford Hotel (49) 3221-9696

www.affordhotel.com.br

*Matéria publicada na edição #128 da revista Moto Adventure.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA