Roteiro aventura – Mogi das Cruzes (SP) – Trilhas e festas

Mogi das Cruzes (SP)

Os caminhos e belezas naturais de Mogi das Cruzes (SP) atraem os que curtem acelerar na terra

Texto: Egon Jenckel
Fotos: Trinity Ronzella

Ao leste da Grande São Paulo, Mogi das Cruzes é o principal pólo econômico e populacional da região do Alto Tietê (que conta com dez municípios). A cidade é servida por três das principais rodovias paulistas: Ayrton Senna (SP-70), Presidente Dutra (BR-116) e Rio-Santos (SP-55), por meio da Mogi-Bertioga (SP-98). O município está a menos de 50 km de São Paulo e próximo de regiões econômicas importantes, como o ABC paulista, Vale do Paraíba e a Baixada Santista.

CIDADE PRÓSPERA

As origens da cidade remontam a 1560. O nome “Mogi” deriva do Tupi-Guarani (mais especificamente, do termo “M´Boiji”, que significa “Rio das Cobras”, em referência ao Rio Tietê). A 01 de setembro de 1611, Mogi das Cruzes foi elevada a vila pelo bandeirante Gaspar Vaz. Hoje, o turismo local é visto como uma forma viável de valorização e preservação do rico patrimônio histórico, cultural e natural da cidade. Em seu território sobrevivem espécimes de fauna e da flora remanescentes da Mata Atlântica. Além dessa riqueza natural, interessantes manifestações populares e grupos folclóricos ajudam a promover a cidade. Com marcante influência da imigração japonesa, Mogi conta com áreas rurais com grande diversidade de produção: o município é o maior produtor nacional de cogumelos, caquis, nêsperas, hortaliças e orquídeas.

Sua programação festiva inclui datas marcantes, como as Festas do Divino Espírito Santo, de Sant’ Anna, Nossa Senhora do Carmo e São Benedito. Sem contar as diversas comemorações nos bairros e distritos, com suas animadas quermesses. O calendário mogiano se constitui, ainda, de celebrações como a Akimatsuri, Furusato, Festa do Caqui e das Flores.

NA LAMA!

Já os que apreciam o bom e velho off-road encontram, na cidade, um verdadeiro “parque de diversões”: há centenas de trilhas e pistas para este público. No quesito off-road, Mogi das Cruzes também sedia a mais importante empresa nacional do segmento, a Silva Mattos e Cia Ltda, mais famosa como “ASW” e suas marcas coligadas. Em grande parte, a ASW é uma das marcas responsáveis pelo desenvolvimento do off-road no Brasil (seja em provas de Motocross, rallys, enduros, trilhões e por aí afora), já que apoia e patrocina pilotos desde sua fundação. Sem mencionar que seus fundadores e administradores são motociclistas e amantes do off-road.

Além da fábrica e escritório central, Mogi das Cruzes abriga o ASW Off-Road Park, onde acontecem provas, treinamentos e encontros. Para lá rumou a galera da Equipe Paulistana Trail Trip, disposta a encarar as trilhas locais em comemoração a seus 17 anos.

CAMINHOS DIFÍCEIS

Compareceram à ASW Off Road Park 100 motos e 200 pessoas, já que o local tem toda a infraestrutura necessária para que você siga para as trilhas sem preocupação. Como dissemos, Mogi oferece trilhas de todos os níveis, permitindo a novatos e a pilotos experientes cruzar morros, atoleiros e pedras. A “festa” teve início às 10h00, com a saída do grupo para as trilhas da ASW Off Road Park (no sentido da Pista do Rodeo, passando pelas trilhas do “Moro do Bê”, “Bica” e “Topo do Mundo”). Foi um desafio, com caminhos escorregadios, facões com a altura da moto e escadarias de pedra com cotovelos, tudo cercado por Mata Atlântica. A turma foi conduzida e monitorada pelos pilotos da Trail Trip e contou com uma picape 4X4 com carreta, para assistência e resgate. O grupo retornou à ASW Road Park aproximadamente às 14h00. Lá, os pilotos ainda utilizaram a pista de Motocross e o circuito Cross Country, que tem 12 km de extensão. Foram oferecidos ao grupo churrasco e bebidas à vontade. Às 16h00, as atividades se encerraram com a degustação de um bolo comemorativo do aniversário da Trail Trip. Também foram sorteados brindes para os participantes.

ADRENALINA E NATUREZA

Em 1995, pilotos habilidosos criaram a Trail Trip Off Road, equipe dedicada a organizar passeios fora-de-estrada para iniciantes. Sediada em São Paulo (SP), a Trail Trip acumula vasta experiência nesta prática esportiva. Alguns dos monitores também participam de competições regionais e nacionais, como o Rally dos Sertões, Enduro Internacional da Independência, Copa Baja de Rally, Enduro FIM, Cross Country e Enduro de Regularidade. Acima de tudo, o que caracteriza a Trail Trip é o prazer de desfrutar de uma atividade que permite, ao mesmo tempo, a adrenalina do desafio, o companheirismo na superação de dificuldades e um contato com a natureza.

*Matéria publicada na edição #142 da revista Moto Adventure.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA