Ela instituiu o H.O.G. no Brasil, já conduziu diversos tours guiados e, como se não bastasse, foi até Milwaukee pilotando na companhia da amiga Ana Sofia. Acompanhe a entrevista completa desta mulher que respira Harley-Davidson.

Moto Adventure – Como foi que você começou a gostar e a andar de moto? De onde vem este vínculo com as duas rodas?

Ana Pimenta – Comecei desde pequena 

Meu pai me levava para passear sobre o tanque de uma Honda, nem lembro quantos anos eu tinha, mas foram tempos maravilhosos.
Essa lembrança de infância nutriu o fascínio pelas motos e passeios sobre duas rodas.
Na adolescência, conheci a Harley-Davidson® e o estilo harleyro por uma

matéria de jornal, que foi guardada por anos.
Aí eu como eu brinco sempre, pingou óleo no pé contaminou como bichinho do mundo moto.

Moto Adventure – Você se lembra de qual foi a sua primeira viagem? Conte-nos sobre ela.
Ana Pimenta – sempre fiz passeios, mas dificilmente ia a mais de 100km de São Paulo, mas lembro, da primeira viagem longa (300km) foi para Paraty, indo por Ubatuba voltando por Cunha, que era em terra na época, isso foi uma aventura indescritível! Um perrengue danado na garupa do meu marido numa shovelhead 1971, que ele tinha adaptado amortecedores do fusca na traseira e o garfo da Yamaha Tenere na dianteira, o que ajudou muito, mas assim sofri na garupa!
Agora a primeira viagem pilotando foi para Tiradentes, no primeiro evento em 1993 nesta mesma moto.

Os passeios foram aumentando de distância gradualmente.

Ana e Antonio Pimenta

Moto Adventure – E quando foi que as viagens começaram a ser também um jeito de ganhar dinheiro? Foi quando você instituiu o H.O.G. no Brasil? Fale sobre isso, por favor.

Ana Pimenta – comecei a misturar passeios e trabalho em 1994,.
Eu, meu marido Antonio Pimenta e um casal de amigos Ester e Mario Manela criamos um encontro para Harleyros de todo o Brasil, o evento chamava-se “PENEDO ONLY Harley”, na cidade de Penedo no RJ, para nós era uma descontração do caos do dia à dia.

Naquela época eu trabalhava com o Guilherme Hannud que era representante oficial da Harley-Davidson Militar no Brasil.


Em 1996 veio a proposta e contratação do Grupo Izzo Harley-Davidson, para que eu instituísse o H.O.G no Brasil,
Como eu sempre gostei de um desafio, esse era um que eu não poderia deixar passar,
ao meu ver era o maior de todos.
Foi um trabalho muito legal, muito marcante pra mim.

De lá pra cá os passeios de moto e as viagens foram crescendo no meu dia a dia.


Meu primeiro tour fora do Brasil foi em 1997, quando levei um grupo para conhecer Daytona Bike Week na Florida e já aproveitei para fazer um curso do H.O.G. que foi realizado no Hotel Hilton da mesma cidade.

Moto Adventure – Em um trampo tão legal, qual é o lado B dessa história? O que não é legal, que acaba rolando, ou então, o que você tem de fazer mas não gosta?

Ana Pimenta –Apesar de fazê-lo, não gosto da parte burocrática, gosto mesmo é de montar roteiros, de mapeá-los e de guiar as pessoas nos tours.

No nosso trabalho temos a obrigação de checar tudo, 3 a 4 vezes, mesmo assim sempre acontece algo inerente a nossa vontade, como por exemplo o cliente alugou para o nosso tour a moto X e na hora da entrega vem a moto Y, temos que resolver. Outro detalhe é o clima, pois algumas vezes não encontramos o sol que esperamos, claro que na chuva tudo fica mais complicado, mas não podemos parar, pois existe o cronograma a ser cumprido, reservas de hotel, etc.

Como todo trabalho, sempre acontece algo que não gostamos, porém temos que seguir em frente, pois nem tudo são flores.

Ana Sofia é minha parceira nas viagens de moto, trabalhamos ativamente no moto turismo, levamos clientes para Atacama, Argentina, Cuba, e tradicionais rotas e destinos como Route 66, Tail of the Dragon e Milwaukee, viajamos muito pelo Brasil, em roteiros pessoais e acompanhando os encontros e eventos. 

Moto Adventure – Conte-nos algum causo curioso que aconteceu em alguma de suas viagens.

Ana Pimenta – Na viagem do The Ride 115, em função do vento forte, em certo momento da viagem a dupla foi obrigada a parar na pequena cidade de Fernley (Nevada). Depois de devidamente instaladas em um hotel, eu e Ana Sofia decidimos pedir ajuda na recepção e chamar um taxi. A recepcionista nos disse que só existia um único motorista de Uber na cidade e que ele só trabalhava quando queria. Bom, arriscamos e a sorte estava ao nosso lado. Ele aceitou a viagem pelo app, o carro chegou e, para nossa surpresa, o motorista era um jovem senhor no auge dos seus 80 anos. Ao entrarmos em um restaurante, nos sentimos em um filme da ‘Sessão da Tarde’: toalhas coloridas, pedidos anotados em surrados bloquinhos e café servido à vontade. Além daquelas garçonetes já senhoras e que conheciam todos que entravam no restaurante pelo nome. Perguntavam da família, se haviam feitos os exames médicos, coisa e tal. Um ambiente 100% familiar onde percebemos a intimidade entre as pessoas e o tempo que já conviviam em comunidade. Apesar de nos sentirmos ‘estranhas no ninho’, fomos muito bem atendidas. Um lugar totalmente inusitado no meio do nada, experiência única e maravilhosa

Moto Adventure – Em 2018, você e sua amigona Ana Sofia fizeram aquele projeto dos 115 anos da H-D. Conte-nos um pouco sobre esta incrível viagem.

Ana Pimenta –
Ana Sofia é mais que amiga, ela é uma irmã que a vida me deu, temos muitas coisas em comum, e é claro diferenças também, é por isso dá tão certo essa amizade de tantos anos.

Eu e a Ana Sofia, estávamos conversando sobre fazermos uma longa viagem, somente nós duas, sem os clientes, para curtir a estrada sem as preocupações que temos quando estamos à trabalho.
E ai ela me falou que em 2018 faria 10 anos de término de quimioterapia e que era a cura total do câncer de mama que ela havia tido. Aí comentamos “tá ai a nossa longa viagem”, a comemoração da sua cura e como era o aniversário de 115 anos da HD, resolvemos que iriamos até lá.
Mas para dar mais emoção a essa viagem, resolvemos fazer um ‘rolezinho básico’ de mais de 28 mil km

Pilotando duas Harley-Davidson de Porto Alegre (RS) á Milwaukee, nos Estados Unidos.
Passando por 115 concessionárias da HD em 115 dias, para chegar na grande festa de aniversário dos 115 anos da Harley, em Milwaukee. Para esse roteiro épico, batizamos de “The Ride 115” e, é claro, como não poderia faltar, levando a conscientização da prevenção do câncer de mama. Aqui tem o nosso roteiro todo: https://theride115.com/roteiro

Ana Pimenta e Ana Sofia na “The Ride 115”

Moto Adventure – Como é trabalhar ao lado de seu marido, na PHD Pimenta? E fale um pouco sobre a história do empreendimento.

Ana Pimenta – Trabalhar com meu marido é ótimo, pois não tem um dia igual.
Um dia estamos no céu no outro no inferno, como todos que trabalham juntos.
Mas amamos o que fazemos todos os dias.
Ele cuida mais da oficina e eu fico nas vendas, loja e financeiro é claro!!!

Ele trabalhou no Grupo Izzo entre 1996 e 2006, ocupando diferentes funções, em 2007 ele entrou na sociedade da MB Pimenta na Rua Guaipá, na Vila Leopodina. Eu fui junto e cuidava do marketing e dos passeios, ficamos juntos nessa sociedade até fevereiro de 2013, quando então ele saiu da sociedade. 

A partir de março de 2013, iniciamos a PHD Pimenta aqui na Vila Guilherme, nosso bairro onde nascemos e fomos criados. Começamos em loja bem pequena, cerca de 18m2, dentro de um posto de gasolina. Algum tempo depois, conseguimos alugar a loja do lado e ampliamos, passamos para 36m2. 

Em 2015, conseguimos alugar o galpão em que estamos hoje, com cerca de 350m2, onde temos motos semi-novas e clássicas, oficina, lavagem, peças e acessórios. 

Muito legal o fato de estarmos no bairro e convivermos com muitos amigos e vizinhos. No passado, a Harley era uma moto mais exclusiva, era muito difícil você ver harleys na periferia, hoje é mais comum.

Moto Adventure – Em tempos de pandemia, como você está fazendo? Como foi 2020 e como está sendo 2021? E como prevê que serão as coisas daqui em diante?

Ana Pimenta – Em 2020 não montamos nenhum tour, para 2021 tínhamos alguma coisa planejada, mas como estamos com essas idas e vindas do COVID, achamos por bem esperar para levarmos nossos clientes com segurança.
Ainda não temos certa nenhuma data de um evento.
Mas será em breve.  

Deixe uma resposta