Confira como foram todas as corridas da oitava etapa do SuperBike Brasil

Sem cometer erros Migliorelli vence etapa de Goiânia da Superbike Light

Oitava etapa aconteceu no último domingo, 13 de novembro, no Autódromo Internacional Ayrton Senna , em Goiânia (GO)

Texto: Redação
Fotos: Divulgação/Gilmar Rose/Paulo Henrique Cruz/VGCOM

A 8ª etapa do SuperBike Brasil aconteceu no último domingo, dia 13 de novembro, no Autódromo Internacional Ayrton Senna – Goiânia (GO). Confira abaixo os resultados das corridas de todas as categorias.

Sem cometer erros, Migliorelli vence etapa de Goiânia da SuperBike Light

Numa prova repleta de imprevistos, Marcos Migliorelli (#11), da equipe Everson Racing, levou a melhor e venceu a 8ª etapa da categoria SuperBike Light, realizada na tarde deste domingo (13) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Com o resultado, o piloto capixaba obteve sua primeira vitória na temporada 2016.

Migliorelli fez uma corrida bem constante. O piloto largou da quarta marca e foi ganhando posições ao longo da prova. Enquanto ele mantinha contínuas voltas rápidas, via alguns de seus adversários abandonarem a prova após cometerem erros. Foi somente na volta final que Migliorelli tomou a ponta. O piloto capixaba conseguiu a ultrapassagem sobre o então líder, Erlon Carlos (#94), da equipe Hata Racing, e cruzou a linha de chegada com uma vantagem de apenas seis centésimos. Já Erlon ficou com a vice-liderança.

Na sequência, Victor Villaverde (#42), da equipe Cerciari Racing School, foi o terceiro colocado na prova. Antonio Telvio (#5), da Qatar Racing Team Brasil – que disputa a categoria Master – fez uma excelente corrida e foi o quarto a receber a bandeirada. De volta à categoria principal, Rodrigo Seiji Hayashi (#25), da Hata Racing, obteve a quarta colocação. O piloto cometeu um erro ainda na largada e precisou fazer toda uma corrida de recuperação. Completando o pódio, o quinto lugar foi para Alexandre M. Fernandes (#111), da Pitico Race Team.

Pela categoria Master – com competidores acima dos 45 anos – o grande vencedor foi Antonio Telvio. Marcos Senra (#67), da Moretti Racing Team, voltou a figurar ente os mais rápidos e obteve a vice-liderança da prova. Ricardo Seiji Hayashi (#36), da Hata Racing, encerrou a corrida em terceiro logo à frente de Nelson Oliveira (#145), da equipe Os Impossíveis, em quarto, e de Michel Abboud (#8), da BH Racing, em quinto.

Tamburro vence etapa de Goiânia e segue líder da Copa Honda CBR 500R

Em uma prova marcada pela disputa intensa e indefinição constante nas primeiras posições, Leonardo Tamburro (#53), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, acabou levando a melhor e venceu a 8ª etapa da Copa Honda CBR 500R. Com o resultado, o piloto mantém a liderança no campeonato e alcança sua primeira vitória na temporada 2016.

O piloto liderou a maior parte das sessões e garantiu a pole position. Já na prova, o cenário se mostrou bastante complicado para o piloto. Tamburro foi perseguido de perto por um pelotão formado por três adversários durante quase todas as 11 voltas da corrida. José Duarte (#97), da Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, vinha logo atrás, seguido por Guilherme Brito (#19), da Team Estrela Gallicia 0,0 by Alex Barros, e Arthur Costa (#99), da Moretti Racing Team/SAF-RJ. Com a pista molhada, os pilotos precisavam acelerar forte e ter atenção redobrada para não acabar caindo e abandonar a disputa.

E foi justamente isso que aconteceu e deu uma balançada na briga pelas primeiras posições. Na oitava volta, Arthur retardou a freada numa curva para buscar um traçado novo. Porém, acabou perdendo controle da moto e foi para o chão. Agora a disputa pela liderança ficava apenas entre Tamburro, José Duarte e Guilherme Brito. Com a queda, o piloto da Honda MotoSchool de Talentos chegou a abrir alguns décimos de vantagem, entretanto, os adversários encostaram novamente.

As voltas finais foram decisivas. Duarte estudava a melhor forma de fazer a ultrapassagem e até conseguiu, temporariamente, tomar a ponta, mas acabou levando o troco e voltou para a segunda posição. Tamburro aguentou bem a pressão dos adversários e recebeu a bandeirada em primeiro. José Duarte ficou com a vice-liderança e Guilherme Brito em terceiro.

Com a queda de Arthur Costa, Rafael Rigueiro (#52), da equipe MotoSchool Racing Team – que corre pela Light – acabou sendo beneficiado e foi o quarta a cruzar a linha de chegada. De volta à categoria principal, Diogo Moreira Nascimento (#20), da Team Estrela Gallicia 0,0 by Alex Barros, garantiu o quarto lugar no pódio, logo à frente de Arthur Costa, que conseguiu voltar para a pista e encerrar a prova em quinto.

Enquanto isso, pela Copa CBR 500R Light, o vencedor foi Rafael Rigueiro (#52). A vice-liderança da prova ficou com a piloto Linda Raad (#23), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, seguida por Alexandre Dal’ Olio Franca (#82), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, em terceiro.

Já entre a garotada da categoria Teen, Guilherme Brito faturou a primeira colocação, com Rafael Rigueiro em segundo, Diogo Moreira em terceiro e Davi Gomide na quarta posição. Um pouco mais lenta que os adversários, Maria Fernanda Rocha (#22), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, completou o pódio na quinta posição.

Fernando vence etapa de Goiânia da Ninja 300 e assume liderança do campeonato

Foi por um detalhe. Fernando Santos (#234), da equipe Tecfil Racing Team, venceu a 8ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 300 por uma vantagem de apenas oito centésimos. O piloto garantiu a primeira posição somente nos metros finais da última volta para assim comemorar sua segunda vitória na temporada 2016. Com o resultado, Fernando assume a liderança na tabela classificatória restando uma rodada para o fim do campeonato.

Apesar de largar na pole position, a corrida não foi nada fácil para Fernando Santos. Logo nas primeiras voltas, Fábio Jandaia (#10), da Motocar Racing, assumiu a primeira colocação e passou a liderar um pequeno pelotão formado por Sandro Paganelli (#64), da Paganelli Racing, Rafael Rosa (#45), da Arthur Racing, e o próprio Fernando. Os quatro pilotos se distanciaram dos demais e revezaram a liderança. Ora a primeira posição ficava com Jandaia, ora com Rafael, que é piloto de Goiânia.

Foi somente na última parte da corrida que Fernando Santos acelerou mais forte e pulou para a ponta. Porém, tudo seguia bastante indefinido. Rafael Rosa mantinha um ótimo desempenho e havia retomado a liderança. Faltavam poucas curvas para o fim da prova e tudo indicava que ele seria o vencedor. Entretanto, Fernando não desistiu. O piloto aproveitou o embalo do vácuo na reta decisiva e conseguiu ultrapassar o adversário e receber a bandeirada em primeiro. Com isso, Rafael terminou a prova em segundo, logo à frente de Fábio Jandaia em terceiro.

Sandro Paganelli, que vinha na liderança do campeonato e precisava de um bom resultado para seguir na disputa, foi penalizado por queima de largada. Com isso, o piloto que foi o quarto a receber bandeirada ficou apenas na 10ª posição do geral. Quem ganhou com isso foi Mauricio Mendes Nogueira (#22), da Moretti Racing Team, que herdou o quarto lugar. Já Bruno Cesar Borges (#51), da TecFil Racing Team, completou o pódio na quinta posição.

Pela Copa Kawasaki Ninja 300 Light, o vencedor foi Bruno Ribeiro (#169), da equipe Rota Baús. Seu principal adversário, Jeferson Souza (#707), da Tecfil Racing Team, ficou com a segunda posição na etapa de Goiânia. Enquanto isso, Rafael Fernandes (#50), da Rafinha Fernandes, garantiu o terceiro lugar no pódio, seguido por Marcelo Larini (#87), da equipe Marina Club, em quarto, por Guilherme Bosel Neto (#69), da Duende Racing, em quinto.

Eliton vence etapa de Goiânia e está com uma mão no título da SuperStreet

Eliton Kawakami (#27), da equipe Playstation Yamaha, foi o mais rápido e venceu a 8ª etapa da categoria SuperStreet. Com o resultado, o jovem piloto segue líder no campeonato e está muito próximo de obter o título da temporada 2016.

O tempo estava chuvoso na capital goiana e a prova foi marcada por uma porção de quedas. Ainda na primeira volta, Rafael Gomes Traldi (#128), da equipe Motonil Motors, perdeu o controle da sua moto, caiu e ainda de quebra acabou levando o holandês Quentin Koers (#56), da Yamaha Playstation Race Team, que veio ao Brasil exclusivamente para participar desta etapa do campeonato.

Mas a corrida não foi só marcada por incidentes. Um nome se destacou positivamente logo nas primeiras voltas. O piloto da casa, Rafael Rosa (#45), da equipe Arthur Racing, saltou da sexta posição do grid para assumir a liderança. O jovem piloto obteve um brilhante início de prova e se apresentou como um dos favoritos à vitória. Na frente dos irmãos Kawakami, Rafael defendeu a posição, porém, acabou escorregando ainda na quarta volta e abandonando essa disputa.

Assim, Meikon Kawakami (#83), da Playstation Yamaha, e Eliton assumiram a dianteira. Os dois revezaram a posição e na volta final Eliton conseguiu abrir uma pequena vantagem para cruzar a linha de chegada em primeiro. Enquanto isso, Meikon faturou a segunda posição. Cerca de 45 segundos atrás, Mauricio Mendes Nogueira (#22), da Moretti Racing Team, recebeu a bandeirada em terceiro. Rafael Rosa conseguiu voltar à pista depois da queda e encerrar a corrida na quarta posição. E completando o pódio, Bruno Cesar Borges (#51), da TecFil Racing Team, fechou o quinto lugar em Goiânia.

Pela categoria Yamaha R3 Cup, apenas dois pilotos completaram a prova. Marciano Santin (#7), da equipe SantinRacing, foi o vencedor da etapa, seguido por Sarah Conessa de Moura (#35), da Cerciari Racing School, em segundo.

Alexandre Gonzalez vence a etapa de Goiânia na Junior Cup

O tempo chuvoso e a pista molhada não foram problemas para Alexandre Gonzalez (#89) na manhã deste domingo (13). O jovem piloto teve um grande desempenho e venceu a 7ª etapa da categoria-escola Honda Junior Cup. O resultado foi ainda mais especial para ele porque marcou a primeira vitória do garoto na temporada 2016.

E o caminho para este grande resultado começou ainda na largada. Alexandre foi apenas o sexto mais rápido treinos classificatórios. Porém, isto não foi nenhum problema para o piloto que ainda nos metros iniciais de prova, abaixo de uma chuva fina e asfalto bastante molhado, conseguiu ultrapassar todos os adversários para assumir ponta. A partir de então se desenhava a real disputa que seguiria até os momentos finais.

Apesar de assumir rapidamente a primeira colocação, Alexandre não conseguiu em momento algum despontar na ponta. Seu irmão, Bruno Gonzalez (#98), e Felipe Macan (#2) vieram no mesmo ritmo e os três pilotos brigaram até os momentos finais pela liderança. Já na última volta, Alexandre conseguiu abrir uma pequena vantagem e cruzar a linha de chegada em primeiro. Bruno encerrou a prova em segundo e Macan na terceira posição.

Seguindo o resultado, Mario Salles (#42) fez uma prova solitária e garantiu o quarto lugar. Já Lincoln Lima Melo (#29) travou um disputa acirrada com Lucas Alvarenga (#5) ao longo de boa parte da prova e conseguiu assegurar a quinta posição no pódio.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Ingressos para Arquibancadas são gratuitos.

Calendário SuperBike Brasil

9° SuperBike Brasil: 04 de dezembro – Interlagos (SP) *nova praça

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA