Rota dos castelos – Castilla-La Mancha, Espanha

Castilla-La Mancha

No coração da Península Ibérica surge a região de Castilla-La Mancha, um destino fascinante

Texto e fotos: Eduardo Wermelinger

Viajar pela Espanha é se encantar com um país cheio de belezas naturais, além de muita cultura e história (que mexem com o nosso imaginário). Imagine-se visitando o estádio de um dos maiores times de futebol do mundo e saboreando uma deliciosa Paella. Ou, ainda, participando de festivais famosos e religiosos, como a Guerra de Tomates, as touradas ou a Festa da Semana Santa. Sem contar a facilidade da língua espanhola (que é de fácil compreensão para nós).

INSPIRAÇÃO

Dentre tantos lugares da Europa, uma rota que merece dedicação especial, não só pela beleza de suas paisagens, mas por sua relevância histórica, é a região de Castilla La Mancha, situada no coração da Península Ibérica e formada pelas províncias de Albacete, Ciudad Real, Cuenca, Guadalajara e Toledo. È uma região que inspirou artistas como Matisse, Picasso e Diego Velásquez, entre outros. Mesmo sendo um leigo em artes, inspiração não me faltou ao percorrer aqueles lugares. Desde a costa do Mediterrâneo às regiões mais centrais, como Castilla-La Mancha, a paisagem é marcada pelos contrastes dos rochedos e pelo mar.

CASTELOS

Embora o meu tempo de estada pela Espanha tenha sido mais extenso, esta rota, na região de Castilla-La Mancha, pode ser feita em sete dias. As estradas parecem um tapete no meio da paisagem. Também há curtíssimos trechos de off-road, que o motociclista pode fazer ou não, nos caminhos até os castelos.

Na estrada N-310, entre Ciudad Real e Cuenca, após o povoado de San Clemente, tive a oportunidade de avistar um castelo em uma planície.

Comecei a procurar no GPS por alguma estrada que me levasse até lá, mas não constavam informações no mapa que adquiri da Garmin/Europa. Mesmo assim, localizei a saída de uma estrada de chão, à qual peguei na tentativa de aproximar-me do lugar.

Apareciam bifurcações ao longo da via, mas meu objetivo era pegar um acesso que tornasse o castelo visualmente mais próximo. Finalmente, me vi diante dele. Era uma edificação solitária em meio a um campo. Um local perdido e parado no tempo. Ocorreu-me quanta inspiração aquelas paisagens proporcionaram ao escritor espanhol Miguel de Cervantes, autor da célebre obra “Don Quixote”.

CENÁRIO DE SONHO

Ao longo da viagem, os reflexos das luzes das cidades criavam uma certa padronização de tonalidade – mas, de forma curiosa, nada era idêntico. A sensação sempre era a de contemplar algo novo.

Nesta rota por Castilla-La Mancha, há lugares como Albacete, Ciudad Real, Cuenca, Toledo e Segóvia, entre outros. Para explorar este destino há várias opções de rotas. E conta-se com uma boa estrutura de locação de motos na Europa, sendo possível partir de Lisboa ou Madrid. Rodar por este cenário é como sonhar acordado…

*Matéria publicada na edição #164 da revista Moto Adventure.

DEIXE UMA RESPOSTA