Roteiro Aventura – Monte Alegre do Sul (SP) – Trilhas e fazendas

Monte Alegre do Sul

Monte Alegre do Sul (SP) guarda ares de uma simpática cidade do anterior. E muitas opções de turismo e aventura

Texto: Egon Jenckel
Fotos: Iuri Garcia

Enquanto o Brasil dava adeus ao Período Imperial, alguns desbravadores da região de Amparo e Bragança Paulista, em São Paulo, se estabeleceram no bucólico Vale do Camanducaia, encravado em meio à Serra da Mantiqueira, formando sítios e fazendas de café. Entre estes, Theodoro de Assis, colono da fazenda Marquinhos. Foi num dia comum de trabalho que este homem encontrou uma imagem do Senhor Bom Jesus em um ribeirão que passava pela fazenda. Devoto, ergueu no terreno de sua casa uma pequena capela de pau-a-pique. No entanto, como esta havia sido erguida sem autorização, o proprietário da fazenda mandou destruí-la.

FÉ VERDADEIRA

Como a devoção de Theodroro era grande, ele procurou o sitiante Lourenço de Godói e este lhe ofertou um terreno para a construção de uma nova capela. Estes fatos ocorreram por volta de 1873 e, a partir de então, ao redor da pequena capela, iniciou-se a construção de diversas casas e começou a surgir um povoado. Anos depois foi construída uma nova e maior capela. Esta recebeu a imagem do Senhor Bom Jesus, doada pelo antigo proprietário da Fazenda Marquinhos. Aos poucos, o pequeno povoado passou a ganhar importância e, em 1890, foi inaugurado o último trecho da estrada de ferro da Companhia Mogiana. E então os trilhos desbravadores chegaram à Freguesia de Bom Jesus de Monte Alegre. Em 1909 foi inaugurada a estrada de ferro que ligava Monte Alegre a Socorro. Em 1932, a então Igreja de Nosso Senhor Bom Jesus foi elevada à categoria de Santuário pelo Bispado de Campinas.

ANOS DEPOIS…

Lá se vão anos desde que a imagem de Nosso Senhor Bom Jesus foi encontrada – e a pequena Freguesia, hoje chamada Monte Alegre do Sul, é uma agradável cidade. Não são mais os trilhos de trem da estrada de ferro da Mogiana que ligam Monte Alegre do Sul a outras cidades. Modernas rodovias, caminhos em terra e trilhas cruzam as belas montanhas da região, levando os moradores e os mais aventureiros para locais de grande beleza, cortados por rios e cachoeiras que se espalham pela região. São cenários ideais para você respirar o ar puro ou ir em busca de trilhas e aventuras. E para isso, existem diversas opções. Quem curte caminhadas encontrará inúmeros locais apropriados, como a trilha dos Truzzi, uma das mais belas da região. Ela sai de Monte Alegre do Sul e segue para Serra Negra. A trilha passa por um antigo caminho construído por escravos e que servia para escoar a produção do café nos velhos tempos. O cume da trilha, a 1260 metros de altitude, é de tirar o fôlego e proporciona um lindo visual.

SURPRESAS

As surpresas pela região são muitas. É o caso do caminho que leva de Monte Alegre do Sul a Amparo. A pequena vila de Visconde de Sotello, com suas capelinhas e propriedades rurais, e a antiga estação da Companhia Mogiana nos remetem ao passado, para o período em que o café dominava nossa economia. Hoje, abandonada, a estação está descaracterizada, mas ainda nos encanta com o que restou de sua plataforma e paredes de tijolos aparentes. Volte um pouco ao passado ao visitar o local. Depois, recupere o fôlego, continue a explorar a região e vá conhecer a Cachoeira do Falcão.

O turismo pela região tem muito mais a apresentar e os passeios a cavalo são uma excelente dica. Eles o levarão por pequenas trilhas, em mata fechada rumo ao alto das montanhas e antigas fazendas. Outra dica é visitar os alambiques de Monte Alegre do Sul. Existem mais de cinquenta produtores de excelente pinga por lá. Mas lembre-se: moto e bebidas alcoólicas não se misturam; portanto, para este tour, contrate uma agência especializada, que irá levá-lo em uma van.

FESTAS

No correr do ano a cidade tem um extenso calendário de festas e eventos. O Carnaval de rua, a Páscoa na Praça, a Festa Junina, a Festa do Morango e Cia., além do aniversário da cidade, em agosto. Já quem gosta de acelerar nas trilhas encontrará um verdadeiro parque off-road em Monte Alegre do Sul e arredores. Alguns desses caminhos margeiam o Rio Camanducaia e neles surgem trilhas de todos os tipos e graus de dificuldades. Vale lembrar que, antes de partir para a trilha, você deve abastecer sua moto (em um posto de combustível, não em um alambique!).

Caso queira fazer um passeio mais tranquilo, preparamos uma planilha nesta edição. Nela você irá pilotar por estradas vicinais e trilhas leves. É um roteiro bem tranquilo, que apresenta pequenas dificuldades em poucos trechos.

O início deste passeio é a Praça Bom Jesus, de onde você deverá seguir até a Fonte da Índia e, na sequência, Fazenda Salmo XXIII. Neste lugar faça uma parada. O local é belíssimo, com trilhas que passam por nascentes, oferecendo a possibilidade de se tomar banho em uma ducha natural. Na fazenda encontra-se o ateliê do artista plástico Edson Peres, que, trabalhando a madeira, transforma-a em belíssimas obras de arte. Visite o local e depois continue seguindo a planilha, que o levará até a cidade de Socorro. Caso você queira encarar trilhas mais técnicas, basta seguir a planilha e olhar ao lado das estradas: ali há dezenas de opções.

COMO CHEGAR

A partir de São Paulo serão 142 km. Uma boa alternativa é seguir pela Rodovia Fernão Dias até Bragança Paulista. Entre nesta cidade e siga as placas sentido Pinhalzinho/Socorro e depois, Monte Alegre do Sul. Outra alternativa é seguir via Rodovia dos Bandeirantes até Jundiaí e, depois, Itatiba e Morungaba. Daí siga pela Rodovia SP 360.

ONDE FICAR

Riacho Verde Hotel (19) 3899-1107/ 3899-1854

Rodovia Amparo – Monte Alegre do Sul – km 6,5 – CEP 13.910-000

www.riachoverdehotel.com.br

Ibiti Hotel Rural (19) 3899-1518

Estrada Monte Alegre do Sul / Pinhalzinho, km 7,2

www.ibitihotelruaral.com.br

Pousada da Cachoeira (19) 3899-1692

Estrada Escola Experimental, km 4 – Lajeado

www.pousadadacachoeira.com.br

SERVIÇOS

Departamento de Turismo (19) 3899-1403

Praça Sebastião de Carvalho, 39 – Centro Cultural

José Pescheira – Centro

Fazenda Salmo XXIII (19) 3899-1694

As visitas individuais ou em grupos de até 10 pessoas devem ser agendadas com antecedência.

*Matéria publicada na edição #118 da revista Moto Adventure.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA