Segunda etapa do GP Gerais trará novidades ao Circuito dos Cristais

A primeira novidade do GP Gerais será nova categoria para motociclistas em aprendizado

Texto: Redação
Foto: Divulgação/TecRacing/Y.Sports/Caju Vídeos

A primeira etapa do GP Gerais em Curvelo foi um sucesso dentro e fora da pista. Desde a estreia, o perfil da competição no Facebook recebeu mais de 280 mil visitantes e o interesse de pilotos e equipes de todo o país é crescente. A organização então decidiu aprimorar a competição a partir da experiência inédita para que as duas etapas restantes da temporada sejam impecáveis em todos os aspectos. Foram várias reuniões, briefings e trocas de experiências avaliando comentários e o feedback do público.

Já nos dias 8 e 9 de outubro, quando a cidade mineira recebe novamente as feras das duas e quatro rodas, não vão faltar novidades. Uma das principais, aliás, já movimenta os bastidores do GP. Com o momento de crescimento das escolas e cursos de pilotagem no motociclismo em todo o país, surgiu a ideia de esquentar a categoria Touring, criada justamente para que pilotos com menor experiência possam acelerar em segurança, aprimorar sua técnica e ganhar intimidade com o equipamento.

Com isso, o GP Gerais será também palco do “Touring Endurance School Challenge”, misto de aprendizado e competição que vai proporcionar um desafio inédito: instrutores de todo o país reconhecidos pela organização formarão times com seis motociclistas cada, sendo dois com máquinas esportivas, dois com motos naked e dois com big trails – todos devem estar inscritos na classe Touring e participar ao menos de uma das sessões de treinos, com preços promocionais a partir de R$ 300. No domingo, as seis motos entram na pista em esquema de revezamento, para a animada disputa com o cronômetro (e os adversários) por 90 minutos, que premiará os melhores times. A expectativa é da participação de pelo menos 10 sextetos, número que, pelo interesse inicial demonstrado, deve ser bem maior.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA