Viagem de moto para Jambeiro e Guaratinguetá, no interior paulista

 

A 120 km da capital paulista, Jambeiro preserva tradicional praça com coreto, muita tranquilidade e belas paragens: lugar perfeito para passear no fim de semana

Texto: Celso Renato A. da Silva
Fotos: Edgar Rocha

Nossa aventura, desta vez, irá se concentrar na região dos rios Paraibuna e Paraitinga, com início no município de Jambeiro (SP) e término em Guaratinguetá (SP). O percurso, de aproximadamente 150 km – sendo 70% de terra – é cercado por pastos, mata primária e reflorestamentos. São caminhos que seguem margeando rios e belas cachoeiras, enriquecendo ainda mais o lindo cenário dessa região.

JAMBEIRO

Jambeiro é uma pequena cidade localizada a 120 km da capital paulista, com população de aproximadamente 6.000 habitantes. A cidade preserva aquele agradável clima interiorano, com a tradicional praça com igreja e coreto dominando seu centro urbano. No passado, a economia do município era principalmente baseada na cultura do café. Mas, com a queda dos valores de exportação do produto, houve um grande êxodo da cidade. Assim, as grandes fazendas produtoras abandonaram o cultivo do café, transformando muitos de seus terrenos em pastos, principalmente para gado leiteiro, e mais recentemente se voltando para a produção de eucalipto, visando ao fornecimento para a indústria de celulose.

TOUR

Para quem parte da capital paulista, o melhor caminho para chegar a Jambeiro é pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, e depois pela rodovia dos Tamoios, que liga o Vale do Paraíba a Caraguatatuba, no litoral norte. A ligação da rodovia a Jambeiro é feita por uma serrinha bem sinuosa e divertida para os motociclistas. Ao chegar à zona urbana, será possível acessar a Estrada Municipal Jambeiro/Redenção da Serra. Essa estradinha de terra possui um piso bastante duro e compactado, permitindo o trânsito de qualquer veículo. Apesar disso, o trânsito por lá é bem leve e permite uma condução tranquila e segura para os motociclistas. Em alguns momentos será possível cruzar com pequenos rebanhos bovinos, portanto pilote com calma e atenção. O trecho inicial desta estrada possui uma paisagem de belos pastos e depois, já no miolo da estrada, você irá encontrar uma vegetação mais densa e primária. Também será a vez de avistar riachos e assim compreender porque a vegetação é mais densa: trata-se de uma zona de mananciais, tanto que surgem algumas cachoeiras, que valem uma parada para fotos e contemplação. No terço final desta estrada surgirá mais um elemento extra a essa paisagem: a plantação de eucaliptos organizados e imponentes.

Ao final da estrada chega-se ao asfalto e ali, já no município de Redenção da Serra, você irá encontrar um pequeno e simples armazém. Aproveite então para descansar e reidratar-se. Por lá é servido o famoso refrigerante paulista “tubaína”, que além de garantir uma grande ingestão de glicose, proporciona uma viagem ao passado e à infância.

Depois retome sua jornada, agora por asfalto, no sentido da rodovia Oswaldo Cruz. Na sequência vem São Luís do Paraitinga, local perfeito para um almoço.

SÃO LUIS DO PARAITINGA

A cidade é um importante destino turístico da região do Vale do Paraíba, principalmente graças ao seu centro histórico, tombado como Patrimônio Cultural Nacional, e suas tradições caipiras, incluindo a Folia do Divino, Carnaval de Marchinhas e culinária. Apesar de ter passado por uma grande enchente em 2010, que praticamente destruiu o centro histórico da cidade, hoje a região já está quase totalmente recuperada e ainda mais vibrante. Aproveite essa parada, curta a cidade e aproveite para descobrir passeios e atividades pela região. E aqui fica uma dica: no levantamento deste tour almoçamos no Restaurante Sol Nascente, onde saboreamos uma das suas especialidades a “Vaca Atolada”, típico prato do interior paulista.

Depois do almoço volte para sua moto e acelere rumo a Guaratinguetá. Ao sair de São Luis do Paraitinga siga pela estrada Lagoinha/Cunha e, na sequência, pegue o Caminho da Romaria da Fé. Inicialmente você deverá seguir por uma estradinha de terra bem tranquila. Depois, quanto mais distante de trechos povoados, a dificuldade irá aumentar e surgirão trechos escorregadios que irão exigir mais experiência e habilidade do piloto – por isso esse trecho não é recomendado para iniciantes. Ao final dessa estrada/trilha você chegará às margens da rodovia Presidente Dutra, em seu trecho de Guaratinguetá, onde você pode encerrar sua aventura, retornando para São Paulo, ou então escolher um dos bons hotéis da região e curtir um pouco mais desse belo trecho do interior paulista.

BOX

A moto utilizada neste roteiro foi uma Yamaha XTZ1200 Super Ténéré 60th Anniversary Special Edition 2016, excelente para viagens com extremo conforto e também condução em estradas de terra com segurança, permitindo este tipo de aventura com tranquilidade.

Esta rota permite motociclistas iniciantes no trecho de Jambeiro até São Luís do Paraitinga. O trecho final é indicado para pilotos experientes. Com piso seco é possível fazer todo o percurso com pneus originais com segurança.

Nesse tour contamos com a excelente companhia dos aventureiros Alexandre, Edgar, Emanuel e Ronaldo.

ONDE COMER

Restaurante Sol Nascente (12) 3671-1400

Largo das Mercês, 21, Centro, São Luís do Paraitinga (SP)

 

SERVIÇOS

Aventur (11) 99296-4677

Fale com Celsinho, que organiza trips on e off-road Brasil afora (www.aventur.tur.br).

APOIO

Alpinestars – Bell

DEIXE UMA RESPOSTA