Yamaha-YZF-R6-sai-de-linha-em-2020

Além da superesportiva, marca japonesa também anunciou o fim da VMAX, WR 250R e da SMax nos países onde ainda estes modelos eram comercializados.

Lançada em 1999, a Yamaha YZF-R6 conquistou sua primeira vitória logo em sua segunda corrida, em Donington Park, com Jamie Whitham. Desde então, a Yamaha R6 já ganhou mais vitórias e campeonatos em todo o mundo do que podemos contar, mas apesar de todo seu sucesso dentro e fora das pistas, a moto está com seus dias contados.

Yamaha-YZF-R6-sai-de-linha-em-2020
Em sua segunda corrida, a R6 já venceu no Mundial de Supersport de 1999, com Jamie Whitham

Quase 21 anos depois, a Yamaha anuncia que a R6 será descontinuada no próximo ano, algo confirmado para Europa e EUA – aqui no Brasil a moto nunca foi vendida oficialmente pela Yamaha. Isso se deve à queda nas vendas das superesportivas em todo o mundo, uma vez que o mercado é dominado pelas motos de maior capacidade e também, pela big trails e sport tourings.

“Com uma consideração profunda das tendências e regulamentações do mercado global em evolução, que limitam os volumes de produção em certos modelos, as seguintes motocicletas da Yamaha serão descontinuados após o ano/modelo 2020: YZF-R6, VMAX, WR250R e SMAX”, afirmou a marca em uma declaração publicada nesta quarta-feira.

Yamaha-YZF-R6-sai-de-linha-em-2020

“A Yamaha entende a história icônica desses modelos. Em relação ao futuro, a Yamaha está continuamente em busca de novas ideias e conceitos para apoiar e expandir o mercado, bem como aprimorar as experiências de nossos clientes”, complementa a nota divulgada pela subsidiária norte-americana da Yamaha.

Por outro lado, a partir do próximo ano, a norma de emissões Euro 5 se tornará obrigatória para a Europa, o que torna as coisas ainda mais difíceis para a Yamaha. No entanto, a Yamaha Europa anunciou que irá oferecer a R6 como uma moto de pista não-homologada para as ruas, chamada de “R6 Race”.

A Yamaha não fez nenhum anúncio para outros mercados que oferecem atualmente a Yamaha YZF-R6.

Yamaha-YZF-R6-sai-de-linha-em-2020

A Yamaha Europe diz que a R6 Race estará à venda por um preço específico para os participantes de track days e do Campeonato Europeu de Supersport.

Yamaha-YZF-R6-sai-de-linha-em-2020

A Yamaha R6 Race apresenta o mesmo motor de quatro cilindros DOHC de 599 cc e arrefecido a líquido que alimenta a R6 standard atual, mas no caso do chassi, a R6 Race recebe estrutura de alumínio delta box desenvolvido pela GP Racing com subframe de magnésio balanceado.

O trabalho de suspensão é realizado por garfo dianteiro KYB de alta especificação e amortecedor traseiro KYRP. A R6 Race também inclui controle de tração, alguns modos de condução e acelerador ride-by-wire.

Yamaha-YZF-R6-sai-de-linha-em-2020
Que tal a R6 Race?

A R6 Race estará à venda na Europa a partir de janeiro de 2021 e e será oferecido também o kit R6 GYTR para que seus clientes aprimorem sua experiência na pista, incluindo as seguintes peças:

  • Conjunto de carenagem GYTR
  • Sistema escape completo Akrapovic
  • ECU GYTR
  • Conjunto de chicote de fios GYTR
  • Corta-corrente GYTR
  • Cabo de interface GYTR
  • Conjunto de plugues GYTR AIS
  • Emulador GYTR ABS
  • Tampa de tanque de combustível sem chave GYTR
  • Assento Racing GYTR
  • Conjunto de linha de freio de aço inoxidável para frente e traseira
  • Proteção da manete do freio dianteiro
  • Conjunto traseiro de corrida GYTR totalmente ajustável com kit opcional de caixa invertida
  • Proteção da coroa (barbatana de tubarão)
  • Coroa de 45 dentes para corrente com passo 520
  • Conjunto de porca de roda dentada para conversão de 520
  • Corrente DID Gold passo 520
  • Ganchos de ancoragem da balança para paddock
  • Suporte de paddock
  • Além de todos os recursos da R6 GYTR, a Yamaha ainda oferece outros componentes GYTR e Öhlins para escolha dos futuros proprietários.

E aí, o que achou da notícia?

fonte: iMotobrbike.my

Deixe uma resposta