BMW_Motorrad_International_GS-Trophy-2020_Nova-Zelandia-Trophy-2020

7ª edição do GS Trophy 2020 está sendo realizado na Nova Zelândia.

Para os amantes de off-road, o evento BMW Motorrad GS Trophy conta com uma mistura de aventura, diversão e desafios com pessoas do mundo todo. Estamos falando de uma experiência única e prazerosa de pilotar com motociclistas de outras culturas (mais de 40 países), que a cada edição se encontram em um país diferente. Até hoje o evento já passou por Tunísia, África do Sul, Argentina (Patagônia), Canadá, Tailândia, Mongólia e agora é a vez da Nova Zelândia.

7ª edição do BMW Motorrad GS Trophy 2020. Foto: Divulgação.

A sétima edição do GS Trophy está rolando desde o dia 9 e vai até o dia 16 de fevereiro. Contando com 22 equipes de várias nacionalidades, os pilotos devem mostrar seu espírito de equipe, boa condição física e persistência para percorrer quase 3.000 km, competindo entre si, enfrentando todos os dias desafios diferentes.

O país foi escolhido, pois é o ambiente perfeito para uma aventura off-road, com florestas, desertos, vulcões, montanhas e geleiras, condições ideais para os alucinados pela categoria.
Abaixo vamos resumir o que aconteceu, nesses cinco dias de prova.

7ª edição do BMW Motorrad GS Trophy 2020. Foto: Divulgação.

No primeiro dia as equipes rodaram 360 km, sendo que 160 deles foram sobre memoráveis trilhas off-road, além de dois desafios: cruzar um rio, exigindo equilíbrio e controle sobre a moto; o segundo foi um teste de precisão individual, com os olhos vendados contra os ponteiros do relógio. Nesta prova, o piloto contava com sua equipe para auxiliá-lo, através de um dispositivo de comunicação chamado Sena. No final do dia foram reveladas as posições, com a Coreia do Sul em primeiro, seguida da Itália e dos EUA. A equipe brasileira ficou em 16º, com 17 pontos.

7ª edição do BMW Motorrad GS Trophy 2020. Foto: Divulgação.

Nos seguintes dias, as equipes passaram por terrenos com cascalho, areia, colinas e florestas, conhecendo litorais dramáticos e selvagens. No terceiro dia os brasileiros fizeram o segundo melhor tempo na prova de Slalom, ficando atrás apenas dos italianos. Ainda liderando a primeira posição, a Coreia do Sul estava focada nas provas, e o Brasil subiu para a 10ª  posição, somando 109 pontos.

Um questionário sobre os 40 anos da GS foi realizado para testar os conhecimentos dos participantes. Uma transmissão ao vivo, tornou possível com que o mundo todo participasse e mostrasse seu conhecimento da marca.

7ª edição do BMW Motorrad GS Trophy 2020. Foto: Divulgação.

Em seguida foi realizada uma prova, necessitando a remoção e instalação da roda traseira do modelo Trophy GS 850 contra o tempo, incentivando o trabalho em equipe.

Nesta quinta-feira (13) a prova teve m percurso de 360 km, dos quais  180 foram de desafios em meio a cenários fantásticos.

Depois de encararem desafios casca-grossa na parte da manhã, os participantes almoçaram às margens do Lagoa Rotoroa, um lugar lindo, mas cuja beleza é ofuscada pelas agressivas moscas da areia, famosas por atacarem os recém-chegados. Ao final do dia, a África do Sul assumiu a liderança, com os franceses na segunda posição, seguidos dos italianos.

7ª edição do BMW Motorrad GS Trophy 2020. Foto: Divulgação.

Os brasileiros tiveram mais um dia de evolução e subiram para a sétima posição. O Brasil participa desse evento pela terceira vez e conta com os pilotos Claudinei Costa, Felipe Hawerroth e Pedro Marchioretto.


Nesta sexta-feira, (14), a prova continuou e para saber o que rolou neste dia de grandes desafios, acompanhe as nossas redes sociais: instagram.com/revistamotoadventure e facebook.com/revistamotoadventure

Nossa galeria de fotos está incrível, não deixem de dar uma olhada!

You don't have permission to register