Adeus-Super-Ténéré1200

Ao chegar a seu décimo ano sendo fabricada no Brasil, big trail sai do line up da Yamaha.

De maneira geral, a gente sempre fica satisfeito quando se depara com o lançamento de uma motocicleta, afinal, é um novo produto que chega ao mercado, despertando curiosidade, desejo, atenção, vontades, mas o outro lado desta moeda é quando ficamos sabendo que uma moto está nos deixando.

Adeus-Super-Ténéré1200

E é exatamente isso que está acontecendo hoje, dia 8 de janeiro de 2021, já que a Yamaha soltou um comunicado informando que, oficialmente, a Super Ténéré 1200DX ABS deixa de ser fabricada a partir de agora.

Em uma nota extremamente sucinta, a marca afirma apenas que a decisão aconteceu devido a “uma estratégia global e considerando-se as novas tendências e regulamentações”, que também estão sendo seguidas em outros países, não dando mais esclarecimentos.

Adeus-Super-Ténéré1200

Mas pelo que apuramos, a decisão foi motivada pelo fato de a marca não querer investir na motocicleta lá fora para que pudesse atender às rígidas exigências da norma Euro 5, que passou a valer a partir do dia 1/1/2021 (as marcas ainda terão dois anos para vender os estoques que não atendem à ela), uma vez que a ST 1200 nunca foi capaz de brigar com as rivais da BMW.

Quando foi lançada em 2010, a então XTZ 1200 Super Téneré trazia especificações que a aproximavam bastante da R 1200GS: seu motor de dois cilindros em linha que gerava 110 cv e seu peso de 265 kg eram muito parelhos com os dados da moto alemã, entretanto, mesmo carregando um nome que se tornara mítico devido à lendária XTZ 750 Super Ténéré (vendida entre 1989 e 1996), a moto nunca conseguiu atrair uma parcela significativa dos consumidores da BMW, que mantiveram-se fiéis ao status que a marca alemã sempre proporcionou – e isso não apenas no Brasil, mas em todos o lugares onde foi comercializada.

Adeus-Super-Ténéré1200

Mesmo assim, a Super Ténéré 1200DX ABS sai de linha, deixando uma legião de admiradores lamentando a decisão da marca, mas certamente, ela nunca deixará de ter um espaço cativo nos corações e mentes de quem vê nela não apenas uma moto, mas sim, um ícone atemporal do mundo das duas rodas.

Super Ténéré, você já deixa saudades.

Confira abaixo a nota da Yamaha Motor do Brasil.

Adeus-Super-Ténéré1200

Deixe uma resposta