can-am-maverick-x3-equipe-divino-fogão

Marca fechou apoio com três equipes para este ano: Can-Am Monster Energy Divino Fogão Rally Team, Bompack Racing e com a dupla feminina Helena Deyama e sua navegadora, Joseane Koerich.

A Can-Am, marca de veículos off-road do Grupo BRP, já está preparada para levantar a poeira das competições pelo Brasil em 2020, e que terão início a partir de agora, seguindo todos os protocolos e orientações das autoridades em saúde de cada localidade. A marca, que é a preferida dos pilotos de UTVs, confirmou apoio oficial ao Sertões 2020, que acontece de 31 de outubro a 8 de novembro, além de reforçar sua presença entre as equipes.

As equipes que contarão com o apoio da marca, que é sete vezes campeã do Sertões, largarão com o Can-Am Maverick X3, também campeão por três vezes consecutivas do Rally Dakar. Com 195hp, a maior potência original de fábrica de seu segmento, o Maverick X3 tem o maior curso de suspensões e ergonomia totalmente focada no conforto do piloto, o que fazem dele o preferido dos competidores.

Para Fernando Alves, Gerente Comercial da BRP para o Brasil, embora seja um ano de grandes desafios, a Can-Am mantém seu compromisso de incentivo ao esporte. “A marca tem um histórico de apoio as mais importantes competições off-road pelo mundo, e sabe que esse apoio é importante ao esporte. Contudo, sabemos que, nesse momento, precisamos estar alinhados com todos os protocolos de segurança priorizando a saúde dos competidores e dos cidadãos das localidades por onde passarem”, comentou o executivo.

Vencedora das últimas sete edições do Sertões, a Can-Am fechou apoio oficial para três fortes equipes, que já saem com grandes chances de títulos.

A marca está renovando o apoio à equipe Can-Am Monster Energy Divino Fogão Rally Team com a família Varela, que terá as seguintes duplas de pilotos e navegadores, respectivamente: Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, Gabriel Varela e Eduardo Shiga, Rodrigo Varela e Gunar Dums, e Bruno Varela e Gustavo Bortolanza.

Gustavo Gugelmin e Reinaldo Varela. Foto: Doni Castilho

“É até difícil dizer o quanto a Can-Am tem sido importante nos nossos resultados nos últimos anos”, diz Reinaldo Varela. “Especialmente nos ralis, não apenas a velocidade, mas também a confiabilidade e resistência são fundamentais. Fatores como torque nas retomadas, capacidade de resistir a saltos não apenas altos, mas também longos, manobrabilidade e equilíbrio nas várias situações definem não apenas o seu resultado na prova, mas também a sua segurança. Mostramos isso, por exemplo, durante toda a temporada de 2019, nos ralis que disputamos seja no deserto do Saara ou na neve da Rússia, e, também, nas igualmente exigentes trilhas do Sertões e do Campeonato Brasileiro de Cross-Country. Em todas essas ocasiões, nosso UTV passou pelos mais difíceis tipos de piso que um veículo pode enfrentar. O Can-Am é um guerreiro”, descreveu o patriarca Reinaldo Varela, que já disputou as principais competições off-road na categoria UTV, sendo o piloto responsável pelo título do Maverick X3 no Dakar, em 2018, o primeiro dentre os 3 títulos conquistados pela Can-Am na competição. Em 2019, o piloto adicionou o título mundial FIA ao currículo, também o primeiro da marca nessa categoria.

Neste ano, a marca também confirma o apoio aos tricampeões brasileiros no Cross-Country e campeões do Sertões 2019, Deni Nascimento, e seu navegador, Idali Bossi, da equipe Bompack Racing.

Deni Nascimento (à frente), e Idali Bossi. Foto: Divulgação

Compartilhando o mundo dos UTVs nas competições desde 2015, dois anos depois Deni estreou com o Maverick X3. “O apoio da Can-Am em 2020 é o reconhecimento não somente às conquistas da Bompack Racing, mas de modo geral ao esporte off-road no País. Estamos muito orgulhosos com essa parceria e ansiosos para voltarmos às competições, de forma segura e seguindo as orientações de saúde”, comentou Deni Nascimento.

A Can-Am também ressalta a importância da diversidade nesse esporte de força e determinação. Por isso, a terceira equipe que terá o apoio oficial da marca é formada pela experiente piloto Helena Deyama e sua navegadora, Joseane Koerich. Com 25 anos de experiência em competições off-road, Helena acumula vitórias nas principais competições, como Rally Cross Country e Rally Baja com UTV, além das 14 participações no Sertões, na categoria carro, em 12 delas subiu ao pódio.

Joseane Koerich (à esquerda) e Helena Deyama (à direita). Foto: Divulgação

Com orgulho, a piloto sustenta o pioneirismo em participação feminina no Sertões, na categoria UTV, e neste ano, repete a dose na direção de um Maverick X3. “Em 2018, fomos a primeira dupla feminina a participar do Rally dos Sertões de UTV, encerrando a prova na 5ª colocação da categoria Over 45. Foi um sonho realizado. As expectativas para o Sertões 2020 estão bem altas, estamos muito felizes com essa parceria com a Can-Am. Sabemos que será um ano bem desafiador, mas estamos preparadas para fazer um rali perfeito, sem problemas, e chegar em Preá, no Ceará, bem classificadas e subir novamente no pódio, mostrando o quanto esse Can-Am Maverick X3 é resistente e reafirmar o espaço feminino nesse esporte”, reforça Helena Deyama.

Deixe uma resposta