Correndo em casa, Wesley Gutierrez é 4º colocado em Londrina

Wesley Gutierrez

Bruno Corano encerra etapa disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna em 10º

Texto: Redação
Fotos: Gilmar Rose/VGCOM/KRT

 

SuperBike

A Kawasaki Racing Team ficou muito próxima de garantir um lugar no pódio na 5ª etapa da SuperBike, prova realizada neste domingo (27), no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Piloto local, Wesley Gutierrez (#15) obteve um grande desempenho no comando de sua Kawasaki Ninja ZX-10R e encerrou a etapa na quarta posição. Já o seu companheiro de equipe, Bruno Corano (#34), enfrentou problemas mecânicos no decorrer da rodada e garantiu apenas a 10ª posição na categoria principal.

Confiante e correndo diante da sua torcida, o londrinense Wesley Gutierrez encarou um final de semana de muita competitividade na primeira rodada do SuperBike Brasil realizada fora do Estado de São Paulo. O piloto alcançou um bom desempenho nos treinos classificatórios e garantiu a quinta marca no grid de largada com a volta de 1m17s207 na SuperPole.

E esse bom desempenho teve reflexo direto na corrida. Logo no início da prova, Wesley se aproveitou da largada ruim de Eric Granado (#151) e subiu para a quarta colocação. Porém, rapidamente, o adversário da equipe Honda recuperou a posição perdida e abriu vantagem. Apesar disso, Wesley não se abateu. Mesmo voltando para a colocação de partida, o paranaense cerrou o punho e cravou seguidas voltas rápidas. Virando sempre na casa de 1m18s baixo e 1m17s alto, Wesley, gradualmente, reduziu a diferença que o separava de Alex Barros (#4), o então quarto colocado.

SuperBike
Wesley Gutierrez

Experiência à prova

Na 14ª volta, Wesley Gutierrez encostou de vez no experiente adversário, buscou o melhor posicionamento e fez a ultrapassagem. Restando apenas duas para o fim da prova, o piloto da Kawasaki conseguiu ainda abrir uma pequena vantagem para Alex Barros e cruzar a linha de chegada em quarto, um segundo a frente do oponente.

Enquanto isso, a trajetória de Bruno Corano (#34) na etapa de Londrina teve um desfecho bem diferente. Com problemas mecânicos em sua moto, o piloto precisou trocar de motor e correr com o equipamento original. Desta forma, Corano perdeu competitividade e garantiu apenas a 13ª marca no grid de largada.

E na corrida, Corano não conseguiu melhorar o seu desempenho. Ainda na primeira volta, acabou perdendo duas posições e se manteve em 14º no geral – e 10º na categoria Pro – ao longo de quase toda a prova, posição em que recebeu a bandeirada.

Com o resultado na etapa de Londrina, os pilotos da Kawasaki Racing Team mantiveram as suas posições no classificatório geral. Wesley Gutierrez somou 13 pontos e ocupa a quarta colocação no campeonato com 67 pontos. Já Bruno Corano, mesmo com todos os problemas, garantiu seis pontos e encerrou a rodada em 10º, com 23 pontos.

Confira abaixo os cinco primeiros colocados na 5ª etapa da SuperBike:

1º – Eric Granado (#151), da Honda Racing Team: 20m39s854

2º – Diego Pierluigi (#84), da Hibridus Club Alex Barros Racing: + 0.901

3º – Diego Faustino (#68), da Honda Racing Team: +3.687

4º – Wesley Gutierrez (#15), da Kawasaki Racing Team: +13.403

5º – Alex Barros (#4), da Hibridus Club Alex Barros Racing: + 14.457

14º – Bruno Corano (#34), da Kawasaki Racing Team (10º na categoria Pro): 1 volta atrás

Classificação da categoria SuperBike após a 5ª rodada:

1º – Alex Barros (#4), da Hibridus Club Alex Barros Racing: 98 pontos

2º – Eric Granado (#151), da Honda Racing Team: 86

3º – Diego Faustino (#68), da Honda Racing Team: 81

4º – Wesley Gutierrez (#15), da Kawasaki Racing Team: 67

5º – Diego Pierluigi (#84), da Hibridus Club Alex Barros Racing: 65

6º – José Luiz “Cachorrão” (#51), da Honda Racing Team: 46

7º – Davi Lara Costa (#12), da JC Racing Team: 43

8º – Danilo Lewis (#17), da Tecfil Havoline Racing Team: 36

9º – Massao Nishimoto (#41), da Motonil Motors / Usatec BSB: 23

10º – Bruno Corano (#34), da Kawasaki Racing Team: 23

VEJA TAMBÉM: Entre o mar e a montanha: pilotando pelo Paraná.

DEIXE UMA RESPOSTA