O piloto da KTM vai trocar a MotoGP pelas dunas de areia no início do ano que vem

Os pilotos da MotoGP estão entre os mais talentosos do mundo. Para chegar a tal nível, eles não costumam a se limitar apenas aos treinos em pistas de alta velocidade. Pelo contrário, a maioria intercala modalidades diferentes de motociclismo para ganhar mais domínio geral da moto.

Não é raro vermos o Marc Marquez treinando com uma CRF de motocross e não é nenhum segredo que o Motor Ranch de Valentino Rossi possui uma bela pista de Flat Track, onde as motos andam “de lado”, derrapando, quase o tempo todo. O Off-Road é praticamente uma das bases de treino para os pilotos da motovelocidade.

Porém, acho que eu nunca tinha visto um piloto da MotoGP disputar um Dakar. E é exatamente isso que o piloto Danilo Petrucci, da Tech3 KTM Factory Racing, decidiu fazer no ano que vem. A prova de quase 8 mil Km exige um conjunto de habilidades muito distinto do necessário para as corridas de 40 minutos em alta velocidade. Ela requer muita resistência física, algo que a maioria dos pilotos profissionais já têm, mas também é necessário saber navegar pelos desertos, algo que ele terá que aprender a fazer, em pouco tempo.

“Para mim, correr no Dakar é realmente um sonho que se tornou realidade. É um evento que sempre quis fazer desde criança, quando assistia fitas de vídeo do Rally Dakar dos anos 80 e 90. Agora, graças à KTM, esse sonho está se tornando realidade”, disse Petrucci, em nota.

“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à KTM por esta grande oportunidade; Penso que serei o único piloto que, em pouco mais de um mês, competiu na MotoGP e depois no Rally Dakar – por isso, é com muito orgulho que vou lá. O meu principal objetivo é terminar a corrida e me divertir”, continuou.

“A primeira abordagem foi treinar com o Jordi Viladoms, ele competiu na corrida muitas vezes e terminou no pódio, por isso tem sido ótimo a ajudar-me a aprender esta arte especial. Tive a primeira experiência de pilotar a KTM 450 RALLY recentemente, em um teste inicial nas dunas de Dubai, onde estive com os campeões do Dakar da KTM e pude aprender muito com eles – foi ótimo vê-los correndo e eles foram super legais comigo. Espero que o treinamento para o próximo mês seja suficiente; com certeza vai ser uma corrida dura, mas estou animado.” Concluiu Petrucci.

“O talento e o caráter de Danilo significam que ele é um dos poucos caras de nível de elite que acreditamos poder fazer essa mudança radical do asfalto para as dunas. É uma ótima história para um grande cara. Queremos agradecê-lo pelo seu profissionalismo e todos os seus esforços como parte da equipe Tech3 no nosso projeto de MotoGP e agora é hora dele conhecer outro mundo” acrescentou o diretor da KTM Motorsports, Pit Beirer.

Moto Adventure, a Revista dos Melhores Motociclistas

Let’s Go Together!