4Ride abre novo horizonte para economia compartilhada no segmento duas rodas

Texto: Redação
Fotos: Diuvlgação

4Ride Motorcycle

A 4Ride Motorcycle chega ao mercado nacional com um novo modelo de negócio que permite aos amantes do segmento de duas rodas se tornarem proprietários de motos premium sem a necessidade de grandes investimentos. A empresa paulistana, fundada no início de 2017, atua como gestora de clubes de motos compartilhadas e oferece a seus clientes a possibilidade de terem à disposição diversos modelos de alta cilindrada por um baixo investimento.

Pioneira no mercado brasileiro, a 4Ride Motorcycle contará com uma frota inicial de 10 motos, incluindo modelos da Harley-Davidson, Indian, BMW, Ducati e Triumph, divididas entre os três clubes administrados pela empresa. Para se tornar membro, o interessado precisa escolher uma das motos disponíveis em um dos clubes e comprar cotas referente a 25% do valor do veículo, adquirido através de sistema de propriedade compartilhada. Caso o cliente deseje uma BMW R1200 GS, por exemplo, ele irá oferecer aproximadamente R$ 20.500,00 e ingressar no clube ‘Road Trip’, podendo ter à disposição outros modelos como H-D Fatboy, H-D Softail, Triumph Explorer e Indian Chief Classic. Ou seja, os sócios da 4Ride investem 25% do valor de uma moto, e passam a ter acesso a diversas outras motocicletas disponíveis no clube do qual faz parte.

Esse modelo de propriedade compartilhada traz diversos benefícios ao associado. O primeiro deles é econômico, visto que o custo de uma moto premium é extremamente elevado no Brasil. Além disso, as despesas com manutenção podem se tornar um incômodo adicional. Algumas estimativas apontam que, nos dois primeiros anos de uso, o valor gasto para manter uma moto pode chegar a 60% do valor de compra. No 4Ride Motorcycle essa economia pode chegar a 70% do valor que gastaria se a compra fosse realizada no modelo tradicional. Outro fator importante é a escolha. É bastante comum haver dúvidas sobre qual marca ou modelo adquirir e a pessoa pode se arrepender da compra. Por último, normalmente há expectativas superestimadas sobre o uso de uma moto Premium que, por vezes, acaba passando boa parte do tempo estacionada na garagem.

A 4Ride Motorcycle além de administrar as reservas entre os sócios dos clubes, cuida da conservação e manutenção preventiva das motos, certificando-se de todos os detalhes para que os membros do clube tenham sempre uma moto revisada em mãos e precisem se preocupar apenas em curtir a moto.

Bem-vindo ao clube

Os contratos de propriedade compartilhada têm validade de dois anos. Após este período, as motocicletas são comercializadas, e os sócios recebem de volta o valor de acordo com o % investido inicialmente.

Para se tornar associado na 4Ride Motorcycle, o candidato precisa atender algumas exigências. Entre elas, ter no mínimo 26 anos e ao menos três anos de experiência comprovada de pilotagem com motos de alta cilindrada – no mínimo 600cc. Caso não tenha, outra opção é a apresentação de certificados de cursos de pilotagem on road.

Apesar de ainda ser relativamente novo no mercado de motos Premium, o clube de motos compartilhadas tem despertado grande interesse dos usuários e já apresenta um plano de negócios bastante consolidado. A 4Ride Motorcycle irá selecionar para esta primeira etapa apenas 40 sócios para compartilhar 10 motos. O planejamento é aumentar a frota para 20 motos ano que vem e superar a primeira centena de unidades nos próximos cinco anos. Além disso, a empresa deve expandir a zona de atuação para outros estados já a partir de 2019 por meio de um modelo de franquia.

Acesse:

www.4ride.com.br

VEJA TAMBÉM: Viagem de moto pelo Mato Grosso do Sul: Aventura pantaneira!

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here