Diário dos Sertões: final

Sertões chega ao fim e a cidade de Bonito é palco de comemoração para o piloto Polaris Leandro Torres e seu navegador Lourival Roldan

Texto: Redação
Fotos: Divulgação

 

Rally dos Sertões

Depois de 7 dias, 3.300,06km percorridos em mais de 30 horas de adrenalina, Leandro Torres e Lourival Roldan foram a dupla vencedora do Rally dos Sertões 2017 na categoria UTV Pro Aspirado. O alto nível técnico da prova serviu também como ótima preparação para o Dakar 2018. “Devo mandar meu UTV para a França fazer o rebuilt e colocarmos os acessórios do turbo nele para o Dakar. Será um carro rápido e resistente”, diz Leandro, grande vencedor da prova de 2017.

No segundo lugar do pódio ficaram Higor Gontijo e George Torres e em terceiro, Carlos Ambrosio e Carlos Sachs.  Comemoração também no pódio da categoria UTV Super Production com os RZRs XP Turbo de Tomas Di Mase e Dionizio Neto em terceiro, de Fernando e Luana da Silva em quarto e de Rodrigo Faiad e Antonio Facchina em quinto.

UTV foi a grande sensação

UTV é a sigla para veículo utilitário multitarefas, um intermediário entre o carro e o quadriciclo. Faz parte de uma categoria relativamente nova nas competições de Rally do Brasil e do mundo e que está muito bem representada pelo piloto Leandro Torres, que ficou em primeiro lugar em janeiro deste ano o Dakar 2017 com seu Polaris RZR 1000 e entrou para a história como o primeiro brasileiro a vencer a prova.

Além de estar presente nas competições, o UTV é também um veículo para quem gosta de trilha e muito útil para ser usados em lugares de difícil acesso. Os UTVs Polaris são verdadeiros 4×4 porque conseguem efetivamente bloquear as quatro rodas, o que facilita sair de obstáculos onde uma das rodas não toca o solo, ou durante um salto perigoso, traciona as rodas da frente mais rápido, impedindo que o veículo capote.

Mais informações sobre a linha completa de veículos off-road da marca em:

www.polarisbrasil.com.br

VEJA TAMBÉM: Como os filhos ajudaram Leandro Torres, campeão do Dakar, a vencer uma batalha de 60 dias no hospital.

 

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA