Dobradinha da Yamaha no último MotoGP anima os pilotos da equipe

Maverick Viñales conquista sua segunda vitória em duas corridas, enquanto Rossi termina em segundo, após largar em sétimo

Texto: Guilherme Derrico
Fotos: Reprodução/Facebook

MotoGP

A equipe Movistar Yamaha MotoGP teve um bom desempenho no Grande Prêmio da Argentina, ao assegurar a dobradinha nas primeiras posições. Maverick Viñales saltou de sexto lugar na largada para a vitória, enquanto Valentino Rossi completou seu 350º GP na segunda posição.

Logo no início da prova, o espanhol da Yamaha colocou pressão sobre Cal Crutchlow e depois perseguiu Marc Marquez, que caiu após rodar 3 voltas. Com a queda, Viñales assumiu a liderança e cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 2.915s, garantindo sua segunda vitória consecutiva na Yamaha.

A conquista não só faz de Viñales o primeiro piloto da Yamaha desde Wayne Rainey, em 1990, a vencer as duas primeiras corridas da temporada, mas também garante à equipe sua vitória de número 499 em Grandes Prêmios.

Viñales diz que está muito confiante na sua pilotagem. “Fizemos um ótimo trabalho. Sinto-me ótimo. Nós tomamos a decisão do pneu pela manhã, e o nível de aderência esteve muito bom o tempo todo. Me sinto muito forte, feliz e confiante. É como se estivesse em um sonho”, diz.

Já Valentino Rossi largou em sétimo, passou por Dani Pedrosa e Karel Abraham. Com Marquez fora da corrida, o italiano subiu para o terceiro lugar. Faltando sete voltas para o fim da corrida, Rossi ultrapassou Crutchlow, formando a dobradinha da Yamaha no pódio, o primeiro desde o Grande Prêmio de Le Mans, em 2016.

“Estou feliz porque fui competitivo da primeira à última volta. Eu me senti melhor fisicamente e treinei duro para isso, estava bem, podendo me esforçar o tempo todo. Eu estava concentrado e a batalha com Cal foi boa, fui capaz de vencê-lo. Maverick foi um pouco mais rápido, mas este resultado é realmente importante para mim e para toda a equipe”, comenta Rossi.

Confira também como foi a entrevista coletiva do atual campeão do MotoGP, Marc Márquez, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA