Kawasaki Racing Brasil na 2ª etapa do Brasileiro de Motocross

Brasileiro de Motocross
Brasileiro de Motocross

Pilotos da marca japonesa comentaram sobre o seu desempenho nas provas

Texto: Redação
Fotos: Tiago Lopes/VGCOM/Kawasaki

 

Brasileiro de Motocross

Na tradicional pista Catarinense do motódromo “Marronzinho” em Potecas, São José/SC, aconteceu a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross e o time Kawasaki Racing Brasil compareceu em peso para as disputas das principais categorias.

Com uma pista bastante técnica, a etapa foi de adversidades para os pilotos da marca japonesa, mesmo assim, eles conquistaram dois pódios nas categorias principais e nos mantemos na disputa. Confiram a seguir a palavra dos membros da equipe:

Eduardo Lima #2 | MX1

“Tive um fim de semana um pouco complicado, mas consegui somar pontos importantes para o campeonato, larguei bem nas duas baterias e, infelizmente, acabei caindo e tendo que fazer uma prova de recuperação. Foi muito duro pra mim, me desgastei bastante nas duas baterias. Agora, em Extrema, vou com força total para recuperar os pontos perdidos e continuar entre os primeiros no campeonato. Ainda estamos na 3ª etapa e tem muita coisa pra acontecer, mas é hora de pensar no campeonato, é agora que ainda tenho tempo de reverter”.

Marcello Lima #5 | MX1

“Tive um rendimento muito abaixo do esperado, não andei bem. Caí na primeira bateria e na segunda faltou ritmo e velocidade, estava totalmente perdido nas linhas. Espero poder reverter esse péssimo resultado no próximo final de semana em Extrema”.

Pedro Magero #15 | MXJR

“Final de semana em São José não foi como esperado. Larguei com os ponteiros e assumi a liderança quase na metade da prova, mas uma queda na seção de costelas acabou me jogando lá pra trás, terminando em décimo. A expectativa pra Extrema não é ruim, pois mostrei que posso ganhar e vou dar tudo o que tenho e levar o nome da Kawasaki pro lugar mais alto do pódio”.

Léo Souza #9 | MX2

“Meu final de semana foi difícil, não me acertei em nenhum momento na pista e sentindo muitas dores nas costas, fiz 5º na primeira bateria e um 6º na segunda, para um 6º na geral, um resultado razoável. Agora treinar forte para a próxima etapa, quero chegar em Extrema e dar o meu 100%, trabalhar essa semana nos detalhes para chegar lá e dar o meu melhor, e sair de lá com um pódio e com o pensamento de dever cumprido”.

Pepê Bueno #8 | MX2

“Não foi um fim de semana muito bom para mim, não me senti bem na pista, não estava confiante e fiz o que deu nas condições que tinha. Pensei na temporada e em somar o máximo de pontos possíveis para tentar recuperar nas próximas etapas. Foco total para Extrema. Irei dar o meu máximo para subir na tabela do campeonato”.

O próximo desafio dos pilotos da Kawasaki Brasil será já no próximo fim de semana, em Extrema (MG), pela 3ª rodada do campeonato nacional. O evento promete ser muito grande e movimentado e toda equipe da Kawasaki estará presente na disputa.

VEJA TAMBÉM: Trips & Tips – Pilotando sob condições adversas.

VEJA TAMBÉM: Viagem de moto de Caçapava (SP) a Cambuí (MG).

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA