Viagem de moto de Caçapava (SP) a Cambuí (MG)

Trecho de serra entre São Paulo e Minas Gerais oferece acolhedoras cidades, bons restaurantes e lindos caminhos on e off-road, perfeitos para você curtir um final de semana

Texto: Celso Renato A. da Silva
Fotos: Marco Mendes/Emanuel Gerard Mikio

Este roteiro tem início no Vale do Paraíba, na cidade de Caçapava (SP), sobe a Serra da Mantiqueira, passa por outros municípios paulistas e segue rumo ao sul de Minas Gerais, terminando na cidade de Cambuí, no Vale do Sapucaí, em sua porção mineira. É um passeio de aproximadamente 200 km, sendo com 50% dele em trechos de terra. A paisagem é das mais belas.

PONTO DE PARTIDA

A cidade paulista de Caçapava fica a 110 km da capital. Seu nome tem origem na língua tupi-guarani e significa clareira ou “passagem na mata”. A denominação refere-se a uma grande fenda natural que existe nessa região da Serra do Mar, e que é responsável pelos densos nevoeiros vindos do Oceano Atlântico no período de inverno. Apesar de possuir uma grande zona rural e de mata preservada, a cidade reflete a mesma realidade dos demais municípios da região que margeiam a Rodovia Presidente Dutra e possui grande parque industrial, já que esta rodovia é a principal ligação e canal de escoamento de mercadorias entre São Paulo e Rio de Janeiro.

ROTEIRO

A partir da capital paulista ou do sul do país, o viajante pode chegar a Caçapava pelas Rodovias Presidente Dutra ou Carvalho Pinto. Quem vem do Rio de Janeiro chega pela Dutra. Independentemente da sua origem, ao chegar a Caçapava atravesse a região central da cidade e siga para Monteiro Lobato. Cruze o rio Paraíba do Sul pela Ponte do Porto e siga pela Rodovia Prefeito Osório Cunha Lara Neto, também conhecida como Estrada Caçapava-Monteiro Lobato. Este roteiro é pouco conhecido e utilizado, pois esta estrada, que segue pela zona rural e depois sobe a serra, possui um trecho em terra, o que inibe sua utilização para muitos.

SÍTIO DO PICAPAU AMARELO

Essa serra é extremamente sinuosa, com curvas fechadas e toda cercada por mata. O trecho de terra fica próximo da cidade de Monteiro Lobato, que possui atrativos como cachoeiras e o “Verdadeiro Sítio do Picapau Amarelo”, antiga propriedade da família do escritor Monteiro Lobato, autor da série de livros infantis. Era nesta fazenda que o escritor, quando criança, passava férias escolares, e depois de adulto, casado e com dois filhos, herdou a propriedade e residiu nela por sete anos. Ali nasceram dois de seus filhos. Neste local ele também deu o ponto de partida da sua grande obra literária. Hoje a propriedade não pertence mais à família do escritor, mas virou uma instalação turística, aberta para visitação de grupos e possui um restaurante que funciona aos finais de semana. Vale a pena fazer uma parada e curtir o lugar, principalmente se os personagens do “Sítio” fizeram parta da sua infância.

SEMPRE EM FRENTE

Após curtir o Sítio do Picapau Amarelo, volte para a estrada e, em sua parte final, já trecho em asfaltado, siga para a Rodovia Monteiro Lobato e vá até a Praça Comendador Freire. Daí siga sentido Campos do Jordão e sul de Minas Gerais. Ainda pela Rodovia Monteiro Lobato, siga até a rotatória no km 149 e pegue a esquerda, sentido São Bento do Sapucaí e sul de Minas. Na Rodovia Antonio Simões de Almeida, entre em São Bento do Sapucaí, atravesse o centro urbano e acesse então a Estrada Municipal Paiol Grande, sentido Campos do Jordão. Essa estrada, por si, já vale por um grande passeio, pois o percurso é todo emoldurado pelas paisagens da Serra da Mantiqueira e da Pedra do Baú. E aqui vai uma dica: não deixe de fazer uma parada no Restaurante da Pedra do Baú, pois a serrinha que leva até o complexo do restaurante é algo indescritível. Chegando lá, além do restaurante, você encontrará loja de lembrancinhas, mirante, um belo paisagismo e uma vista de tirar o fôlego. Curta o local, faça belas fotos e depois retorne para a estrada e siga até o km 14, onde você encontrará uma placa, à sua esquerda, em uma estradinha de terra, com a indicação “Caminho da Fé”.

CAMINHO DA FÉ

Siga por esta estradinha que, em alguns momentos, se transforma em trilha. E aqui cabe uma recomendação: o início dessa estrada fica em um ponto bem alto da serra, em uma região com bastante vegetação, ou seja, neblina, umidade e piso escorregadio. Sendo assim, recomendamos somente entrar neste trecho próximo ao meio dia, para evitar o piso molhado das primeiras horas do dia. Assim, depois de encarar algumas descidas escorregadias e alguns trechos com pedras você estará em Luminosa, subdistrito da cidade mineira de Brasópolis. Dentro do pequeno vilarejo você reencontra calçamento e alguma infraestrutura de suporte para os aventureiros. Aproveite para se hidratar e comer algo na padaria ao lado da Igreja Matriz de Luminosa. Retomando a aventura, siga agora em direção do Bairro do Cantagalo de São Bento do Sapucaí, novamente por terra. Na sequência tome o rumo de Paraisópolis (MG), cruze a cidade até a Avenida São Vicente de Paula e siga por terra rumo a Cambuí.

SERRAS VERDES

Cambuí está situada na região central do Circuito Turístico Serras Verdes do Sul de Minas Gerais, e é uma das cidades mais antigas e desenvolvidas da região. Localizada na Serra da Mantiqueira, com altitude máxima de 1.600 m e às margens da Rodovia Fernão Dias, a cidade possui topografia montanhosa e clima agradável, e apresenta um grande potencial turístico a ser explorado. Cambuí é muito procurada pelos paulistas devido à sua proximidade da capital e opções de lazer, sobretudo como destino para turismo de final de semana.

Digna de citação é a riqueza cultural da cidade, que possui inúmeros artistas em diferentes áreas, tanto que Cambuí é conhecida como a capital Cultural do Sul de Minas Gerais. Para quem gosta de curtir a natureza a pedida é conhecer suas cachoeiras e praticar esportes de aventura. A cidade possui um cinema, que foi construído na década de 1930 e restaurado nos anos1990. No período do Carnaval também é comemorado o aniversário da cidade. Já a Festa da Padroeira atraí muitos visitantes no mês de julho. O encanto das belezas naturais e o povo hospitaleiro do Sul de Minas se encontram em Cambuí. Podemos dizer que este lugar foi privilegiado pela natureza, em que o sabor, o aroma e a hospitalidade fazem desta cidade um pequeno paraíso brasileiro.

SERVIÇOS

Aventur (11) 99296-4677

Fale com Celsinho, que organiza trips on e off-road Brasil afora www.aventur.tur.br

A moto utilizada neste passeio foi uma Yamaha XTZ1200 Super Ténéré 60th Anniversary Special Edition 2016, excelente para viagens com extremo conforto e também condução em estradas de terra com segurança, permitindo este tipo de aventura com tranquilidade.

Esta rota permite motociclistas iniciantes em aventuras somente quando acompanhados por motociclistas mais experientes, pois em alguns trechos surgem dificuldades que exigirão mais experiência do piloto.

Com piso seco é possível fazer todo o percurso com pneus originais com segurança.

Nessa viagem contamos com a excelente companhia dos aventureiros Marco Mendes e Emanuel Gerard Mikio.

APOIO

Yamaha – Alpinestars – Bell

*Matéria publicada na edição #188 da revista Moto Adventure.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA