Com o lançamento, marca inaugura presença para faróis em LED no segmento de motocicletas

POR REDAÇÃO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

O universo das motos conta com uma inovação: a possibilidade de substituir as lâmpadas convencionais dos faróis pelo LED e usufruir com todos os benefícios desta tecnologia, como mais segurança, estilo e durabilidade. A nova lâmpada Philips Moto LED estreia no mercado brasileiro no formato [HS1/H4 Moto], em substituição às halógenas HS1 e H4 35/35W para motocicletas de baixa cilindrada de corrente contínua (faróis alimentados pela bateria e não pelo alternador).

Com o lançamento, a marca inaugura sua presença LED no segmento duas rodas. Compacta e adequada para o conjunto óptico dos veículos, a Philips Moto LED traz visibilidade superior, capaz de elevar a segurança tanto do motociclista quanto de todos que convivem no trânsito.

A lâmpada também permite que a motocicleta se destaque no trânsito e nas estradas com luz mais brilhante, proporcionando 130% mais visibilidade nas pistas quando comparada com as halógenas convencionais. A luz branca, com temperatura de cor de 6.000 K, promove uma aparência moderna, visual futurista, mais branca que os faróis de xênon.

A Philips Moto LED foi projetada para emitir luz nos pontos estratégicos da via, sem ofuscar a visão de outros motoristas graças a tecnologia da marca denominada SafeBeam, que garante a projeção da luz nos locais corretos.

A durabilidade é outro ponto forte do novo produto: a Philips Moto LED conta com tecnologias exclusivas da marca, além de dois anos de garantia e durabilidade de até cinco anos. Traz resistência às vibrações em até 10G e o ThermalCool, tecnologia desenvolvida pela marca, que garante o resfriamento adequado do LED e assim aumenta a durabilidade do produto.

A Philips Moto LED possui certificação IP65, que atesta a resistência da lâmpada em relação aos agentes externos, como água e poeira. Aderir ao novo produto é também contar com a sua performance de luz durante toda a vida útil do produto, já que, por não possuir filamento, a lâmpada não sofre desgaste.

De acordo com a Resolução 681/2017, do Contran, para motocicletas, em vigor a partir de 1º de janeiro de 2019, a instalação da tecnologia LED é permitida, sendo necessária apenas a regularização com o processo de alteração do documento do veículo (CSV).

Para saber mais, acesse o site:

www.philips.com.br/moto

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também