guigo-pinheiro-hugo-renault-ej-potter-michigan-madman-rolls-royce-canal-motorama

Conheça a história de EJ Potter, um homem à frente de seu tempo

Texto: Guigo Pinheiro e Hugo Renault

Fotos: Divulgação

Quem aí nunca sonhou em construir sua moto dos sonhos? Colocar um motor escolhido a dedo em um chassi de sua preferência criando uma “Frankenstein” sob duas rodas única e exclusiva para chamar de sua? Com o americano EJ Potter foi assim, e ao contrário da maioria, ele realizou esse sonho.

Também conhecido como “Michigan Madman”, EJ ganhou reconhecimento no mundo das corridas de arrancada por levar o extremo ao limite. Ele construiu várias motos com motor V-8 que vão ser lembradas para sempre como máquinas de enrugar o asfalto. EJ não apenas construiu essas motos, mas também correu com elas em pistas por todos os Estados Unidos durante as décadas de 60 e 70, fazendo a alegria dos alucinados por motores gigantes e corridas de arrancada.

Potter foi um garoto obcecado por motores e cresceu mexendo em motores de trator, construindo motocicletas e competindo com elas em pistas ao redor do centro de Michigan, muito antes de ter idade suficiente para tirar uma carteira de motorista. A ideia de botar um motor V-8 em um chassi de motocicleta surgiu quando ele tinha 16 anos, desde seu tempo de escola. E se quando jovem, esse plano envolvia um motor Chevrolet, mais tarde ele ultrapassou as barreiras do inusitado (ainda mais) adaptando até mesmo motores Alisson V-12 em suas criações. Esses eram motores feitos pela antiga construtora de motores para aeronaves que mais tarde seria adquirida pela Rolls-Royce.

Vocês podem imaginar o tanto de problema que um projeto desses envolve. Sem falar das dificuldades em pilotar uma moto dessas: vibração extrema, direção imprevisível e tendência da roda dianteira subir são apenas algumas delas. Até onde se sabia, ninguém nunca tinha feito nada do tipo antes.

Potter faleceu em 2012 aos 71 anos e quem teve a sorte de ter visto ele em ação deve ter tido uma experiência única. Tanto sua habilidade na manutenção quanto na pilotagem vão garantir que ele seja lembrado para sempre como um dos grandes heróis da velocidade, como Evel Knievel e Burt Munro. Em sua lápide está escrito “Lenda”.

Deixe uma resposta