A capital alagoense é o destino ideal para quem busca relaxar em meio a paisagens paradisíacas

Texto: Redação
Fotos: Divulgação

Maceió (AL)

Praias com águas que variam entre as cores verde e azul turquesa, coqueiros à beira mar, barreiras de corais que criam piscinas naturais, culinária de primeira e rede hoteleira com infraestrutura completa. Não há destino melhor que Maceió para celebrar o início de um novo ano, principalmente com os pacotes da Visual Turismo, com saídas no dia 28 de dezembro de 2017 ou de 4 a 11 de janeiro de 2018.

No Réveillon há seis opções de hotéis: Marinas Maceió, Brisa Mar, Coqueiros Express, Porto Jatiúca, Costamar e Mercure Maceió. Estão incluídos no pacote sete dias de hospedagem com café da manhã, passagens aéreas a partir de São Paulo, traslados e passeios pela cidade e pelo litoral sul de Alagoas. Os valores começam em R$ 2.726 por pessoa em apartamento duplo, podendo ser parcelados em até 10 vezes sem juros.

Quem prefere deixar para pular as sete ondas em janeiro pode optar pelo pacote de Férias de Verão, com sete dias de hospedagem com café da manhã em um dos seis hotéis disponíveis: Ritz Plazamar, Marinas Maceió, Aram Ouro Branco, Lagoa Mar, Porto Jatiúca e Tambaqui. Os pacotes também incluem passagens aéreas, traslados e passeios pela cidade e pelo litoral sul de Alagoas, e os valores são a partir de R$ 2.540 por pessoa em apartamento duplo, em até 10 vezes.

Maceió oferece diferentes opções de restaurantes de alta qualidade e entretenimento para todas as idades, como qualquer grande capital, e ainda o charme e a tranquilidade das cidades do interior, o que a torna um destino imperdível. O viajante pode optar em curtir o dia ensolarado em uma das belas praias urbanas, como Pajuçara, onde é possível mergulhar e ver peixes no mar com poucas ondas, e Ponta Verde, onde os coqueiros formam um cenário esverdeado exuberante. Imperdíveis são também as famosas praias do litoral sul: do Francês, Barra de São Miguel e do Gunga. Vale ainda dar uma esticada até a descolada Praia do Toque, em São Miguel dos Milagres e a “caribenha” Maragogi. A vida noturna é tão agitada quanto a diurna, com as barracas de artesanato no calçadão da orla e os bares que atraem aqueles em busca de chope gelado ao som de forró.

Mais informações podem ser obtidas no telefone: (11) 3235-2000, ou no site.

VEJA TAMBÉM: Viagem de moto ao longo do rio São Francisco – Parte 1.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here