MotoGP: Dovizioso vence GP Itália e pula para a vice-liderança do Mundial

MotoGP
Andrea Dovizioso (#4), Ducati Team

Piloto italiano conquista vitória em casa, para delírio do público presente

Texto: Redação
Fotos: Reprodução/Facebook

MotoGP

A vitória no GP da Itália do Mundial de Motovelocidade ficou com um piloto da casa, mas não foi desta vez que o multicampeão Valentino Rossi (#46), da Movistar Yamaha MotoGP, voltou a vencer no Circuito de Mugello. O grande nome da 6ª etapa do MotoGP foi o de um compatriota do ‘Doutor’ das pistas.

Após largar na terceira marca, no último domingo (4), Andrea Dovizioso (#4), da Ducati Team, fez uma grande prova e tomou a dianteira de Maverick Viñales (#25), da Movistar Yamaha MotoGP, ainda na metade da corrida. O italiano conseguiu defender a posição dos ataques do líder do campeonato e cruzou a linha de chegada em primeiro. Já Vinãles ficou com a segunda posição, seguido pelo também italiano Danilo Petrucci (#9), da OCTO Pramac Racing, em terceiro, que completou o pódio.

MotoGP
Andrea Dovizioso (#4), Ducati Team

Este resultado no GP da Itália modificou algumas posições na tabela classificatória e, principalmente, foi motivo de muita comemoração para Dovizioso. O italiano faturou sua terceira vitória da carreira na categoria MotoGP e saltou para a vice-liderança do campeonato.

Competição acirrada

Apesar de não vencer, o saldo da corrida em Mugello foi bastante positivo para Maverick Viñales. O jovem piloto espanhol cruzou a linha de chegada pouco mais de um segundo atrás do ponteiro e ampliou a sua vantagem no campeonato. Viñales soma 26 pontos a mais que o novo vice-líder e, com isso, garante a sua permanência na liderança independente do resultado da próxima rodada.

Já o seu companheiro de equipe, Valentino Rossi, foi o quarto mais rápido no GP da Itália. E para quem era dúvida ainda na véspera da rodada, este resultado foi muito positivo. Rossi se recuperava de uma queda sofrida num treino de motocross. O piloto recebeu alta apenas na quinta-feira (1ª), um dia antes dos primeiros treinos livres.

VEJA TAMBÉM: AGV traz novas réplicas de pilotos internacionais.

Seguindo o resultado final em Mugello, Alvaro Bautista (#19), da equipe Pull&Bear Aspar Team, completou o Top-5 e complicou ainda mais a vida de Marc Márquez (#93), da Repsol Honda Team. O atual campeão mundial não conseguiu a ultrapassagem sobre o adversário e ficou apenas na sexta colocação.

Sem intervalos, o Mundial de Motovelocidade se prepara para a sua 7ª rodada, prova que será realizada no Circuito da Catalunha no próximo final de semana. Os treinos para o GP da Espanha ocorrem nos dias 9 e 10 de junho, e a largada, no dia 11, domingo.

VEJA TAMBÉM: Viagem de moto por Alemanha, Áustria, Itália, Liechtenstein e Suíça.

Confira abaixo a classificação final com os 10 primeiros colocados da categoria MotoGP:

1º – Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team

2º – Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP

3º – Danilo PETRUCCI (#9), da OCTO Pramac Racing

4º – Valentino ROSSI (#46), da Movistar Yamaha MotoGP

5º – Alvaro BAUTISTA (#19), da Pull&Bear Aspar Team

6º – Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team

7º – Johann ZARCO (#5), da Monster Yamaha Tech 3

8º – Jorge LORENZO (#99), da Ducati Team

9º – Michele PIRRO (#51), da Ducati Team

10º – Andrea IANNONE (#29), da Team SUZUKI ECSTAR

Veja a classificação geral após seis etapas:

1º – Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP – 105 pontos

2º – Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team – 79

3º – Valentino ROSSI (#46), da Movistar Yamaha MotoGP – 75

4º – Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team – 68

5º – Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team –68

6º – Johann ZARCO (#5), da Monster Yamaha Tech 3 – 64

7º – Jorge LORENZO (#99), da Ducati Team – 46

8º -Danilo PETRUCCI (#9), da OCTO Pramac Racing – 42

9º – Jonas FOLGER (#94), da Monster Yamaha Tech 3 – 41

10º – Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda – 40

Fonte: #FalaPiloto

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA