Dois aventureiros – um piloto e um garupa – resolveram fazer uma viagem de “tiro curto” a bordo de sua moto, uma Honda CG 125. Partiram da capital paulista com destino à Socorro, no interior de São Paulo, conhecida por suas belezas naturais e boas opções em esportes radicais. A seguir, acompanhe o relato dessa jornada

TEXTO: ESTER PEREIRA

FOTOS: ESTER PEREIRA / DIVULGAÇÃO

Iniciamos esta viagem saindo de São Paulo, com destino à Socorro, que fica a 135 km da capital do Estado. Em uma busca na internet, encontramos o site Motorrad Experience, com sugestões de roteiros especiais para motociclistas que querem conhecer e desbravar as belezas daquele município. Após definirmos o roteiro de acordo com nossas necessidades, programamos a saída. Às 20h do dia 31 de agosto de 2018, já estávamos a caminho, partindo da Avenida Aricanduva, acessando a Rodovia Fernão Dias e cruzando as cidades de Mairiporã, Atibaia e Bragança Paulista, até a chegada a Socorro. O trajeto foi feito em 2h20, com apenas uma parada.

Uma vez em Socorro, nos deparamos com um belo portal fazendo as “boas-vindas” da cidade. Hospedamo-nos no Grinbergs Village Hotel, um lugar maravilhoso, bem arborizado e super aconchegante. Em virtude da hora em que chegamos, só nos restava descansar para repor as energias. O céu de Socorro é bastante estrelado, bonito de se apreciar durante a noite. Assim que acordamos, tomamos um café da manhã no hotel, fomos até o centro e paramos em um shopping, onde encontramos diversas lojas de confecções têxteis da própria cidade (em vista da qualidade, os preços eram bem atrativos).

No mesmo lugar, tivemos uma experiência fantástica no café Doce Arte, que recomendamos aos leitores. Provamos diferentes sabores de cafés, bem como suas diversas formas de preparo. Uma delícia! Na sequência, almoçamos no restaurante Sal & Pimenta, um espaço familiar, com excelente atendimento e comida saborosa (sem falar do suco de caju com limão, que amamos ter experimentado).

DE VOLTA À ESTRADA

Com o estômago forrado, caímos na estrada e fomos de encontro a um dos pontos mais altos de Socorro: a Pedra da Bela Vista. Para chegarmos lá, pegamos a “Estrada da Bela Vista”, que faz jus ao nome. Muito verde, algumas laranjeiras e uma vista belíssima. A estrada tem um pedaço asfaltado, que fica mais íngreme até o surgimento de trechos de terra, que se sucedem até a chegada ao local. O visual, ali, é inspirador! Na Pedra da Bela Vista, fizemos a prática de rapel, descendo um penhasco de 98 metros. Uma experiência incrível, complementada por um magnífico pôr-do-sol, acompanhado por um show de Blues. Ao anoitecer, retornamos ao hotel – onde, para nossa surpresa, era realizado um “pocket show” com um convidado que agitou a noite com clássicos dos anos 1980, 1990 e 2000.

No dia seguinte, encaramos nossa próxima façanha: um divertido rafiting com o pessoal da empresa “Próxima Aventura” (aqui, deixamos um agradecimento especial a Charles Gonçalves, o proprietário, que gentilmente nos forneceu toda a infraestrutura para vivermos essa experiência) no Rio do Peixe, que oferece muitos obstáculos. Uma vez lá, tivemos uma aula preparatória com o guia e instrutor André, um cara “gente boa” e muito bem-humorado.

Descer o rio foi uma experiência incrível e divertida. Sob o comando do guia, nos desviamos de rochas e troncos, sempre seguindo a correnteza. Em um trecho mais tranquilo do rio, tivemos a oportunidade de nadar e escorregar em algumas pedras. Ao término do passeio, voltamos à cidade, almoçamos e saboreamos outro um belo café. Também compramos as tradicionais “lembrancinhas” para trazer à São Paulo e pegamos a estrada de volta para capital. Resumo da viagem: 300 km rodados, três dias de retiro e experiências que guardaremos para o resto de nossas vidas. Já estamos ansiosos pela próxima viagem!

AS MOTOS

Utilizamos uma Honda CG 2007, que se comportou bem durante o percurso (visto que se trata de uma Mini Trip, ou seja, o trajeto total girou em torno dos 300 km rodados). Em resumo: uma motocicleta de 125cc, com a manutenção preventiva em dia (que é o nosso caso), atende perfeitamente este roteiro. Tomando essas precauções, o que pode ocorrer é o de sempre: um pneu furado, por exemplo (felizmente, não foi o caso, nesta viagem). Também em Socorro, tivemos a oportunidade de testar uma Ducati Mustistrada 1200 Enduro. Nossas impressões da moto foram as melhores possíveis: é uma máquina perfeita para uso em pistas fora de estrada, forte e com uma tocada dócil (veja Box).

DESTAQUE

Enquanto realizávamos a viagem, tivemos a sorte de encontrar a turma que está organizando o 1º Motorrad Experience Camp, que acontecerá em Socorro entre os dias 23 e 25 de novembro. Na ocasião, os organizadores testavam a Ducati Mustistrada 1200 Enduro, uma das motos que estarão disponíveis aos participantes do evento. Notando nossa curiosidade, eles gentilmente cederam a máquina para que fizéssemos um breve test ride. Nossas impressões sobre o modelo, ainda que superficiais, foram as melhores possíveis.

LINK DO ROTEIRO:

https://goo.gl/maps/hCHUjPrfDCs

ONDE SE HOSPEDAR:

Grinbergs Village Hotel – Estrada Municipal da Pompeia, 210 – Socorro (SP).

Tel: (19) 3895-9500

http://www.grinbergshotel.com.br/

ONDE COMER:

Sal & Pimenta Restaurante – Rodovia Deputado Antonio Silvio da Cunha Bueno, 3230, dentro do Moda Shopping – Socorro/SP.

Tel: (19) 99332-2615 / (19) 99838-6457

Doce Arte Café – Rodovia Deputado Antonio Cunha Bueno, 3230, dentro do Moda Shopping – Socorro/SP.

Tel: (19) 99714-8414

ONDE SE DIVERTIR:

Pedra Bela Vista – Rod. Cap. Barduíno (Estrada do Contorno) – Socorro/SP.

Tel.: (19) 99175-7600 / (19) 97147-7770

Próxima Aventura – Rodovia Pompeu Conti, 3230 – Corredor central – Cubas – Socorro/SP.

Tel.: (19) 99906-7544 /  (19) 3855-7474

E-mail: contato@proximaventura.com.br

Site: https://www.proximaventura.com.br

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here