Programa Direção Segura autua 77 motoristas em cinco cidades no fim de semana

Blitze de fiscalização da Lei Seca foram realizadas entre a noite de sexta (26) e a madrugada do último domingo (28). Ao todo, 1.363 condutores foram submetidos ao teste do etilômetro

Texto: Redação
Fotos: Divulgação

Programa Direção Segura

O Programa Direção Segura – ação coordenada pelo Detran.SP para a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção – autuou 77 pessoas em operações de fiscalização da Lei Seca realizadas em cinco cidades no fim de semana, entre a noite de sexta (26) e a madrugada do último domingo (28).

VEJA TAMBÉM: Programa Direção Segura autua 40 motoristas na zona oeste de São Paulo.

A ação integra a campanha #FocaNoTrânsito, que o Detran.SP realiza neste mês em parceria com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito para marcar o Maio Amarelo, mobilização internacional de conscientização para a redução de acidentes e mortes no trânsito.

Durante as blitze, realizadas na zona oeste de São Paulo, em Birigui, Marília, Monte Alto e São José dos Campos, foram aplicados, ao todo, 1.363 testes do etilômetro (popularmente conhecidos como bafômetro).

VEJA TAMBÉM: Tour off-road – Viagem de moto pelo interior paulista.

VEJA TAMBÉM: 7 dicas para garantir uma pilotagem segura em dias de chuva.

Multa pesada

Cinquenta e cinco condutores foram autuados por embriaguez ao volante e terão de pagar multa no valor de R$ 2.934,70 e responder a processo administrativo junto ao Detran.SP para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Outros 22 motoristas foram autuados por recusa ao teste do bafômetro e receberão as mesmas penalidades citadas acima.

Cinco dos 77 condutores autuados também responderão na Justiça por crime de trânsito por ter apresentado índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

VEJA TAMBÉM: Detran.SP alerta sobre a importância da formação do futuro condutor.

DEIXE UMA RESPOSTA