Disputado na região de Itupeva, interior de São Paulo, o Rally Serra Azul teve dois dias de provas bem distintos: muita chuva no primeiro dia e sol forte no segundo. O resultado foi uma das provas mais dinâmicas da temporada

Texto: Doni Castilho
Fotos: Doni Castilho (DFotos) e Luciano Santos (DFotos)

Rally Serra Azul

O Rally Serra Azul foi válido pelas 9ª e 10ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja. E, apesar de serem realizadas no mesmo final de semana, e no mesmo percurso, foram muito diferentes. O motivo disso foi o clima, já que a 9ª etapa disputada no sábado (07/10) foi marcado pela chuva constante que caiu em toda a região próxima à Vida Completa SerrAzul, complexo turístico imobiliário, localizado no km 72 da Rodovia dos Bandeirantes, entre as cidades de Itupeva e Vinhedo (SP). Já no domingo (08/10) quando foi disputada a 10ª etapa, o sol brilhou, modificando completamente o terreno. Com isso houve muita alternância nos resultados entre os dois dias. Quem se dá bem na chuva dominou o sábado, já os que preferem o piso mais seco deram o troco no domingo. Acompanhe os detalhes:

Campeão UTV. Foto: Doni Castilho

Sábado – 9ª etapa

A competição teve início com um prólogo de 12 quilômetros, definindo o grid de largada. Às 12h os pilotos partiram para percorrer uma especial de 122 quilômetros (duas voltas num percurso de 61 quilômetros) e deslocamentos de 76 quilômetros.

O grande vencedor nas motos do sábado no Rally Serra Azul foi Luiz Fernando Menuzzo (#02), da equipe Bianchini Rally. Competindo pela categoria Production Aberta, o piloto acelerou forte e fechou o dia com o tempo de 1h59min04seg, seguido de perto por Ramon Sacilotti (#01), da Kawasaki Rally Team/Super Production, com 2h05min40seg. “Havia muita lama, estava bem liso, mas consegui andar bem. Para amanhã é fazer uma revisão no equipamento e enrolar a mão para assegurar a posição”, contou Menuzzo.

Satisfeito com o resultado obtido, André Hort (#102), da equipe MH Racing, Can-Am X3, venceu o primeiro dia no geral dos UTV’s e na categoria Pró, com o tempo de 1h49min12seg. Ele foi seguido por Renato Meinberg, Polaris One Racing, Polaris RZR Turbo que já havia vencido uma das etapas esse ano. A disputa foi intensa, principalmente por conta da lama em todo o percurso. Assim, André Hort só tinha o que comemorar. ”Deu tudo certo hoje, o percurso está bem encharcado, mas acabei indo melhor assim do que no seco. Nossa região em Santa Catarina é mais chuvosa e é onde costumamos treinar, contribuindo para o bom desempenho”, disse o piloto.

Nos quadriciclos, vitória para o piloto André Di Paolo, KTM Sacramento/ATV KTM XC 525, que comentou sobre sua participação na prova. “Aceleramos forte por uma especial bem travada em alguns trechos, piso bem molhado e escorregadio. A planilha pediu muita atenção, com referências bem próximas”, disse. “O primeiro passo foi dado, mas amanhã tem mais”, concluiu.

Domingo – 10ª etapa

No domingo (08/10), o sol apareceu e modificou totalmente as condições do percurso, com isso, os pilotos tiveram que alterar as suas estratégias, administrando menos e acelerando mais.

O paulista Ramon Sacilotti, da categoria Super Production, garantiu o título do Rally Serra Azul na classificação geral das motos, com o tempo de 3h38min27seg. “Estou muito feliz. Uma prova muito boa, bem organizada, bem sinalizada e prazerosa de competir. Na parte final apertei um pouco o ritmo para garantir a vitória do Rally Serra Azul. Temos mais três etapas que só dependem de mim para buscar o título”, festejou o piloto.

Campeão Ramon Sacilotti. Foto: Luciano Santos

Entre os quadriciclos, quem venceu a prova foi André Di Paolo (KTM Sacramento/ ATV KTM XC 525 2008). “No primeiro dia tive muita facilidade de andar, porque gosto de andar no barro de moto e a leitura do piso é bem parecida com o quadriciclo. No prólogo, consegui começar bem e abrir muito a diferença para os outros competidores. Na prova final, como começou o dia já seco, sabia que todos iriam baixar os tempos e, por isso, procurei também baixar o meu, e deu certo. Confiei bastante no equipamento, conduzi nas pontas dos dedos e fechei com esse resultado bem satisfatório”, comemora André, que fechou com o tempo de 3h30min07seg.

Bruno Varela (Pró/Can-Am X3) conquistou a vitória na geral entre os UTV’s com 30 segundos à frente do segundo colocado, André Hort (MH Racing/Pró/Can-Am X3). “O Rally Serra Azul, como sempre, vem surpreendendo. No primeiro dia tivemos uma etapa com muita água, choveu demais, muita lama, e acabei tendo um probleminha na segunda volta. Neste domingo, o piso estava excelente para acelerar e o clima superagradável. Vim com uma diferença do líder de um 1min37, mas consegui descontar nos últimos quilômetros, e foi a primeira vez que eu venci a classificação geral dos UTV’s em uma etapa do Brasileiro de Baja, o que trouxe um sabor mais especial”, concluiu o piloto da equipe Divino Fogão Rally Team.

Agora, os competidores voltam às trilhas nos dias 11 e 12 de novembro no Rally Rota Sudeste, onde serão disputadas as 11ª e 12ª etapas do Campeonato.

O 3º Rally Serra Azul é uma realização de Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio Can-Am e apoio do Quality Resort & Convention Center, Shopping Serra Azul, Prefeitura Municipal de Itupeva e Loja Sacramento Store. Supervisão da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo.

Classificação acumulada do 3º Rally Serra Azul:

Motos

1) 1 Ramon Sacilotti, Kawasaki Rally Team, KX 450f, Super Production, 3h38min27seg

2) 6 Fabricio Bianchini, Bianchini Rally, Husqvarna, Production Aberta, 3h38min56seg

3) 2 Luiz Fernando Menuzzo, Bianchini Rally, KTM EXC 500, Production Aberta, 3h39min17seg

4) 10 João Paulo Martins, Vitales Racing, KTM 350, Production Aberta, 3h44min39seg

5) 14 Marcos Brandao Teixeira, Production Aberta, 3h52min46seg

Quadriciclos

1) 16 André Di Paolo, KTM Sacramento/ ATV KTM XC 525 2008, Quadriciclos Aberta, 3h30min07seg

2) 17 Geison Belmont, Can-Am BRP Renegade 1000, Quadriciclos Aberta, 4h10min54seg

UTVs

1) 103 Bruno Varela, Divino Fogão Rally Team, Can Am X3, UTV-Pró, 3h15min51seg

2) 102 André Hort, MH Racing, Can Am X3, UTV-Pró, 3h16min22seg

3) 104 Cristiano Batista, Transmáquinas Racing, Can An X3, UTV-Pró, 3h17min55seg

4) 105 Rodrigo Varela, Divino Fogão Rally Team, Maverick X3, UTV-Pró, 3h19min40seg

5) 122 André Macedo Corrêa, Motorchel, Maverick X3 XRS, 3h20min48seg

VEJA TAMBÉM: Highway – Pilotando por São Paulo: Lugares “sagrados”.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here