reino-unido-irlanda-3000-km-pura-beleza-terra-dos-beatles

Em julho de 2018, fui me aventurar pela Inglaterra e para curtir a Terra dos Beatles em boa companhia, levei minha irmã Tania na garupa.

Nossa chegada foi em Londres, mas como o nosso tour começaria só no dia seguinte, aproveitamos para conhecer alguns dos mais famosos cartões postais da cidade, como a London Eye, a Abadia de Westminster, South Bank, Museu de História Natural eo Big Bem. Infelizmente, este somente por fora, pois quando estivemos por lá, estava em reforma. Aproveitamos também para conhecer Notting Hill, que nos deixou maravilhadas com a beleza local.

Depois de pegarmos a nossa BMW R 1200GS Adventure alugada, demos início ao tour, que já estava programado há alguns meses por uma empresa contratada.

Saindo de Londres, fomos rumo à cidade de Bath, mas no caminho pela estrada vicinal High ST Salisbury SP4 7DE não poderíamos deixar de visitar o sítio arqueológico de Stonehenge, local de energia incrível.

A viagem foi tranquila: 205km de boas estradas e mesmo com a adaptação da mão inglesa, confesso que na partida foi um pouco estranho, mas nada que uma pilotagem com atenção não resolvesse. É incrível como o trânsito flui com poucos semáforos,  muitas rotatórias e respeito.No final da tarde chegamos em Bath, cidade de arquitetura romana (dizem que eles encontraram águas curativas na região e por isso, criaram várias termas no local).

No dia seguinte, saímos para conhecer o turismo local.

No nosso 4°dia seguimos para Bakewell. Foram 521km com minha irmã firme e forte; às vezes até me esquecia que estava com garupa de tão tranquila que ela é, e com uma moto tão confortável a viagem foi bastante tranquila.

Este dia foi quase todo no País de Gales. Passamos por rotas de pista única e a parada para o almoço foi à beira-mar, na cidade de Aberystwyth, pouco divulgada, exceto para os motociclistasingleses.

Lá com 12° em pleno verão, os locais entravam no mar, enquanto nós sequer conseguíamos tirar as jaquetas, pois mesmo com o sol brilhando, o vento gelado cortava nossos lábios.

Com uma boa noite de sono na charmosa cidade de Bakewell, seguimos para a tão esperada York, mais uma cidade fundada pelos romanos.

Choveu bastante no caminho de 217km, mas nada que nos atrapalhasse a contemplar as maravilhas das estradas rurais, com gramados extensos, muitas ovelhas, cavalos, muros de pedras no lugar de cercas e o maravilhoso Honister Slate Mine.

Em York conhecemos a linda Catedral de São Pedro, o Bairro The Shambles, a Torre de Clifford e o Museu de York Castle.

Com 441km, seguimos para Edimburgo (Escócia), passando pelo famoso Yorkshire Loop, o famoso laço de estrada quefaz a alegria dos motociclistas, além de termos continuado a viajar por estradas rurais belíssimas.

Chegando na linda cidade de Edimburgo, fomos conhecer suas atrações, como o Palácio de Holyroodhouse, a Rua Royal Mile e a Cidade Velha.

Seguindo nossa viagem, fomos rumo à travessia de ferryboat: 2 horas de Cairnryan até Belfast, onde podemos visitar o muro que ainda divide católicos e protestantes.

No dia seguinte, com mais 435km, a Irlanda do Norte nos aguardava. Com suas estradas bem mais sinuosas e um pouco mais estreitas chegamos a Galway, uma cidade muito simpática. De lá, no dia seguinte,partirmos para conhecer as lindas Falésias de Moher (CliffsOfMoher): são 8km de falésias de encantar os olhos, lugar difícil de se esquecer.

Nossa próxima parada foi em Dublin, uma cidade acolhedora e que tem muitos brasileiros vivendo por lá e, claro, não poderíamos deixar de conhecer o famoso The Temple Bar.

No dia seguinte seguimosde volta para o País de Gales em Liverpool, com mais 2h30 a bordo do ferry boat.

Foi incrível poder estar em Liverpool no mesmo dia em que Paul McCartney se apresentaria no pub onde toda a história dos Beatles começou.

De Liverpool retornamos a Londres de onde pegamos nosso voo de volta ao Brasil com vontade de viajar mais um pouco.

Quero agradecer a minha irmã, pela confiança de ser minha garupa e pela total parceria e animação.

Não percam as próximas aventuras.

Nunca desista do seus sonhos; eles são o que de melhor você pode viver.

Deixe uma resposta