Prova também marcou a estreia do australiano Anthony West

POR REDAÇÃO

FOTO: SANDRO DE SOUZA

O Super Bike Brasil realizou neste domingo (17) a 2ª etapa da Copa Pirelli, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos (SP). Pilotos e equipes aceleraram forte em busca da vitória no tradicional circuito da capital paulista e fizeram os últimos testes antes do início da temporada do SBK 2019. Ao todo, foram cinco grids de muita disputa e velocidade em pista seca – ao contrário do que aconteceu em boa parte dos treinos livres e classificatórios. Estiveram presentes os pilotos das categorias 1000cc, 600cc, 500cc e 300cc. Não faltou emoção da largada até a bandeirada final.

Na principal corrida do dia, Bruno Corano (#34) foi o grande vencedor. O piloto da BMW Motorrad MotorSport superou os adversários em Interlagos e cruzou a linha de chegada na primeira posição geral do grid — que contou com motos das categorias SuperBike, SuperBike Extreme, SuperBike Evolution, SuperBike Evolution 1000cc, SuperBike Light, SuperBike Master e SuperStock.

A prova também marcou a estreia de Anthony West (#13) em Interlagos. O piloto – ex-MotoGP e Mundial de SuperBike – liderava até a nona das 13 voltas, mas teve um problema na embreagem e não completou a disputa. O australiano, no entanto, foi o dono do melhor tempo da prova, com 1m40s572.

Voando baixo

Ainda entre as motos 1000cc, Diego Viveiros (#23), da Picoloko/PRT- Pitico Race Team, foi o vencedor entre os pilotos da SuperBike Extreme.  Pela Evo1000, Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team, ficou com a vitória. Na SuperBike Light, venceu Raphael Fletado (#96), da PRT – Pitico Race Team. Cris Nogueira (#26), da MotoSchool Racing Team, seguiu o bom desempenho dos treinos e levou a melhor na SuperBike Master, enquanto Fabio Pitta (#129), da Double F Racing, venceu em sua primeira corrida na SuperStock.

No grid de motos 600cc, Leo Tamburro (#53) não deu chances para os adversários. O piloto da JC Racing Team liderou com vantagem de sete segundos e ficou com a vitória na SuperSport. Na SuperSport Extreme, o triunfo foi de Henrique Daniel (#42), da Qatar Racing Team Brasil. Pela Stock 600, Bruno Satoshi (#186) levou a melhor sobre Luka Verissimo (#17), da XmotoX.

Na Copa Honda CBR 500R, o lugar mais alto do pódio ficou com Fábio Florian (#88), da Qatar Racing Brasil. Esta foi a terceira vitória consecutiva do piloto na categoria – ele já havia faturado uma dobradinha na 1ª etapa da Copa Pirelli. Além de Florian, que ficou com o troféu de vencedor também na CBR 500R Pro e Teen, Luiz Felipe (#444), da MotoSchool Racing Team, subiu ao lugar mais alto do pódio na CBR 500R Light, e Marcelo Moreno “MM” (#7), da Motonil Motors, saiu como vencedor da CBR 500R Extreme.

R3 Cup

Pela Yamalube R3 Cup, Guilherme Brito (#44), da Pitico Race Team/Nacar Yamaha, levou a melhor sobre os adversários e venceu a corrida. A vitória foi alcançada em uma disputa até a última volta com Enzo Valentim (#39), da Alemão Pneus.

Por fim, os pilotos da categoria Escola fecharam as disputas em Interlagos. Douglas Russo (#33) ficou com a vitória entre as motos da SuperBike Escola, enquanto Raphael Santos (#65), da Dezeró Racing, venceu na SuperSport Escola.

Vale destacar que o evento também contou com clínicas de track days e voltas guiadas do BMW Rider Experience. Antes disso, no sábado, também foi realizada a seletiva da Honda Junior Cup, com a apresentação do primeiro campeonato voltado para crianças entre 8 e 16 anos na motovelocidade brasileira.

Com o encerramento das disputas na Copa Pirelli, os pilotos voltam as atenções para o início da temporada do SuperBike Brasil. A 1ª etapa será realizada em Interlagos, no dia 24 de março.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here