yamaha-nmax-160-abs-2021-moto-adventure-240

Confira a Galeria de Fotos da nova Yamaha NMax 160 ABS 2021, da matéria que publicamos em nossa edição de número 240 (novembro/dezembro-2020).

Fotos: Stephan Solon/Divulgação Yamaha

A Yamaha lançou oficialmente nesta terça-feira, 10/11, a segunda geração da NMax 160 ABS. Embora a scooter seja visualmente parecida com a versão anterior, trata-se de um veículo totalmente novo, fruto de um amplo processo de atualização pelo qual passou ao longos dos últimos dois anos.

Além do visual mais fluido, com menos quinas, a NMax 160 ABS 2021 ganhou farol e lanterna traseira em LED (esta, inspirada na XMax 250 ABS), setas com pisca-alerta, painel completo, com computador de bordo e 100% digital e com acionamento através de interruptor n o punho esquerdo, smart key (assim como na XMax 250 ABs, não é mais preciso inserir a chave para ligá-la), sistema Stop-Start, novo assento, novo porta-objetos com tampa e tomada de 12V.

Novo chassi

O chassi também é outro e ganhou novo desenho e novos tubos, que devido à sua maior espessura, exige menos pontos de solda, o que resulta em maior rigidez torsional e longitudinal. Graças a este novo chassi, agora há também mais espaço para os pés sobre a plataforma, além de também permitir acomodar um tanque com capacidade 0,5 litro maior que o anterior, resultando em 7,1 litros de capacidade total.

Novo Motor

Embora não tenha recebido aumento na cilindrada, o motor também é novo. Os engenheiros mantiveram a tecnologia de comando de válvulas variável (VVA-Variable Valve Actuation) que, inclusive quando o sistema está trabalhando surge uma indicação no painel.

Nesta segunda geração, diversos componentes foram revistos, como cilindro, cabeçote, pistão, válvulas, biela, virabrequim e até mesmo a carcaça. Com a adoção do sistema Stop & Start, os engenheiros eliminaram o motor de arranque, substituindo este por uma central eletrônica batizada de SGCU (Unidade de Controle de Geração de Energia e Partida), que através de um estator, inverte a polaridade do motor, fazendo-o entrar em funcionamento.

Graças a todas as mudanças, a nova NMax 160 ABS 2021 passou de 15,1 cv para 15,4 cv a 8.000 rpm (a rotação permaneceu a mesma), enquanto que o torque sofreu uma pequena perda, passando de 1,5 kgf.m a 6.000 rpm para 1,4 kgf.m a 6.5000 rpm.

Para minimizar ainda mais as vibrações e melhorar o sistema de amortecimento, um novo link com coxins de borracha foi desenvolvido, fixado agora, na parte inferior do chassi.

Por falar em suspensões, estas foram recalibradas, sendo que na traseira, novos amortecedores foram incorporados. As rodas também são novas e além de design diferenciado, estão mais leves: – 530 g a dianteira e – 710 g a traseira.

Claro que a Yamaha manteve os freios ABS de duplo canal e os 4 anos de garantia oferecidos à NMax, que será vendida em três cores: azul metálico (Navy Blue), preto fosco (Midnight Black) e branco (Sports White).

O início das vendas está previsto para a primeira quinzena de dezembro, ao preço público sugerido de R$ 14.990 + frete.

A matéria completa sobre a nova NMax 160 ABS 2021 está publicada em nossa edição de número 240 (novembro/dezembro). Clique no banner “Revista do Mês” e confira, mas antes, aprecie a galeria de fotos exclusivas.

Deixe uma resposta