sturgis-rally-responsa'vel-por-250-mil-novos-casos-de-conoavirus

Estudo feito por pesquisadores após o evento de Dakota do Sul mostra um disparo nos casos relacionados a pessoas que estiveram no evento.

Apesar de todas as advertências contrárias à sua realização, os organizadores do Sturgis Motorcycle Rally decidiram manter a realização da 80a. edição do evento este ano e se os comerciantes locais – e também os organizadores – ganharam algum dinheiro com isso, agora a população norte-americana está pagando a conta do descaso.

sturgis-rally-responsa'vel-por-250-mil-novos-casos-de-conoavirus

Um estudo preparado por quatro pesquisadores da Universidade Estadual de San Diego estima que somente este evento pode ser responsável pelo surgimento de 250 mil novos casos nos Estados Unidos, o que pode gerar um prejuízo de US$ 12 bilhões (R$ 634.57.200.000,00, ao câmbio de 11 de setembro).

Para chegar a estes dados, os pesquisadores analisaram informações dos celulares das pessoas que começaram a ser diagnosticadas com a Covid-19 pós-evento e perceberam muitos casos de pessoas que estiveram presentes em Sturgis.

sturgis-rally-2020-bar

Esta pesquisa mostrou que os condados que tiveram pessoas que compareceram ao evento, tiveram um pico de crescimento da doença de 10%, em comparação a condados que não tiveram pessoas que foram a Sturgis.

O time de pesquisadores revela que uma pessoa assintomática tem um custo de US$ 11 mil dólares aos serviços de saúde; já uma pessoa que necessita de internação, consome do sistema três vezes mais. 462.182 pessoas estiveram em Sturgis este ano e detalhe: o uso de máscara não foi recomendação obrigatória e houve até bares que promoveram “concursos de aspiração nasal”.

Uma reportagem feita pelo Yahoo mostrou que muitos dos frequentadores de Sturgis desprezam a doença, seja ignorando seus riscos ou mesmo creditando a ela um caráter conspirador.

Para ver o estudo completo, clique aqui.

Deixe uma resposta