Viñales garante vitória na França e assume liderança da MotoGP

Após queda de Rossi nas curvas finais, o espanhol venceu o duelo particular com o companheiro de equipe

Texto: Redação
Fotos: Reprodução/Facebook

 

MotoGP

Era para ser o final de semana perfeito para a equipe Movistar Yamaha MotoGP em solo francês. O time abriu bem os treinos para a 5ª etapa do Mundial de Motovelocidade e classificou seus dois pilotos nas primeiras posições para a prova realizada no Circuito de Le Mans do último domingo (21). A dobradinha da Yamaha prometia grandes resultados e, principalmente, a volta do domínio da equipe na competição.

Para Maverick Viñales (#25), a rodada da França foi a melhor possível. O espanhol alcançou sua terceira vitória na temporada e reassumiu a liderança do campeonato. Já para o heptacampeão Valentino Rossi (#46), teve um sabor bastante amargo. Após realizar uma corrida incrível, o italiano cometeu uma sequência de erros na volta final, quando, primeiro, perdeu a liderança para o seu companheiro de equipe e em seguida acabou sofrendo uma queda, tendo que abandonar a prova.

“Sinceramente, nós não entendemos o que aconteceu na minha queda. De qualquer forma, cometi um erro. É uma grande vergonha voltar para casa sem pontuar. Mas, para mim, ainda assim foi um bom final de semana. Eu vinha forte. Agora temos que começar a pensar na próxima corrida”, lamentou Rossi.

Além de não pontuar no GP da França, Valentino perdeu a liderança do campeonato e, com isso, caiu para a terceira posição. E apesar de a Movistar Yamaha MotoGP ter deixado escapar a dobradinha no pódio, o time coroou a grande atuação de Maverick Viñales com mais uma vitória.

“Na última volta dei tudo o que pude e, honestamente, fiquei muito feliz. O meu time trabalhou de forma incrível neste final de semana e eu espero que nós continuemos assim”, comemorou Viñales.

Confira abaixo a classificação final com os 10 primeiros colocados da categoria MotoGP no GP da França:

1º – Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP

2º – Johann ZARCO (#5), da Monster Yamaha Tech 3

3º – Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team

4º – Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team

5º – Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda

6º – Jorge LORENZO (#99), da Ducati Team

7º – Jonas FOLGER (#94), da Monster Yamaha Tech 3

8º – Jack MILLER (#43), da EG 0,0 Marc VDS

9º – Loris BAZ (#76), da Reale Avintia Racing

10º – Andrea IANNONE (#29), da Team SUZUKI ECSTAR

Fonte: #FalaPiloto

VEJA TAMBÉM: Segunda etapa do Superbike Brasil será disputada em Interlagos no dia 28.

DEIXE UMA RESPOSTA