Nova Yamaha Fazer 250 ABS chega toda remodelada, aliando modernidade à beleza do design. Além do conforto já comprovado em test ride, a marca japonesa acrescentou 4 anos de garantia no modelo 2018 da máquina

Por: Guilherme Derrico e Laertes Torrens
Fotos: Gustavo Epifânio/Divulgação

Yamaha Fazer 250 ABS

Surpreendente! Essa foi a sensação que comprovamos in loco assim que pilotamos a nova Yamaha Fazer 250 ABS. A 4ª geração da máquina chega inteiramente remodelada, contando com mudanças no design, sistema de freios ABS, e agrega conforto, economia e maior durabilidade do motor. E tem mais: a marca japonesa proporciona, agora, 4 anos de garantia, ou seja, a maior concedida ao mercado de duas rodas brasileiro.

Segundo o jornalista Laertes Torrens Filho, a motocicleta vai agitar o mercado das duas rodas. “A motocicleta conta com ABS de série, fator que é muito importante. A mudança do ângulo de cáster, somado ao guidão mais largo e numa posição mais alta, fez com que a moto ficasse mais ágil e de fácil pilotagem. O chassi está completamente novo, foi totalmente remodelado, tanto é que o motor faz parte dessa estrutura. O posicionamento da alça traseira, mais próximo da linha de cintura, passa uma maior sensação de segurança para o garupa”, diz.

Lançada em 2005, a Fazer 250 teve como grande diferencial do momento o sistema de injeção eletrônica. Após passar por 3 gerações anteriores, a motocicleta chega abrangendo inúmeras novidades, como painel digital completo, entre outros itens. “A Fazer 250 ABS 2018 foi desenvolvida em conjunto pelos países: Brasil, Índia e Japão”.

Design futurista

Além de toda a tecnologia embarcada, o que faz com que a moto seja fácil e gostosa de pilotar, a aposta da Yamaha nesse modelo 2018 é no design, que conta com traços futuristas. Os 6 pilares adotados para essa nova construção foram: design, tecnologia, segurança, conforto, robustez e agilidade. “A nova versão da Fazer está cerca de 4 quilos mais leve, o que proporciona uma condução mais divertida. A inclusão do farol em LED gerou um aumento muito grande no ângulo de expansão”, diz Laertes.

O banco duplo, inspirado na XJ6 (tipo bipartido), o pneu traseiro mais largo e o farol inteiramente em LED também ajudam a agregar as particularidades da versão 2018. Graças a esse conjunto, a Fazer 250 ABS pode ser utilizada no dia a dia, sendo seu veículo para locomoção até o trabalho, bem como serve para realizar pequenas viagens. “A roda traseira está mais larga, e o escapamento apresenta um novo acerto, estando mais curto. O motor conta com 6 cavalos a mais em relação ao modelo anterior”.

Painel

Modernidade! Essa é a palavra que resume bem o painel da nova Yamaha Fazer 250 ABS. Ele é totalmente digital e com iluminação em LED, o que garante boa leitura em todas as situações. O destaque fica por conta dos novos indicadores de consumo instantâneo e de média de consumo. Outras opções disponíveis são: velocímetro, hodômetro total e dois parciais, relógio, tacômetro, luzes dos piscas, farol alto, neutro e alerta de motor e do sistema Blueflex (Bicombustível – álcool e gasolina).

Um diferencial oferecido pela Yamaha na entrega da Fazer 2018 ao seu novo proprietário é o teste/simulação dos freios ABS. Em motocicletas de menor cilindrada ou scooters, é normal sentir uma certa “trepidação” ao acionar a frenagem do ABS. O mecânico da concessionária chama o motociclista e faz com que ele aperte os freios. Com isso, ele irá perceber a diferença dos freios comuns para a versão ABS, ficando mais confiante para pilotar.

Acessórios

Nesse modelo, existe a possibilidade de incluir os seguintes acessórios de fábricas: top case Givi, cavalete central e piscas em LED.

Tanque

O novo tanque desenvolvido para a Yamaha Fazer 250 ABS contém uma espécie de capa, dividida em 3 partes, o que facilita a troca da peça se houver algum tipo de colisão. Essa capa é feita em plástico ABS e permite o encaixe perfeito entre as peças. A máquina chega às concessionárias por R$ 14.990,00.

Nas próximas edições, falaremos mais sobre o modelo 2018 da Fazer 250. Vamos fazer o test ride completo e abordar todos os aspectos que a motocicleta oferece. Até lá!

FICHA TÉCNICA:

MOTOR

Motor SOHC, 2 válvulas, Refrigeração a Ar, 4 Tempos

Cilindrada – 249,5

Quantidade de Cilindros – 1

Potência Máxima – 21,3cv/8.000 rpm (Gasolina) – 21,5cv/8.000 rpm (Etanol)

Torque Máximo – 2,1 kgf.m/6.500 rpm (Gasolina) – 2,1 kgf.m/6.500 rpm (Etanol)

Alimentação – Injeção Eletrônica

Sistema de Partida – Elétrica

Peso Líquido – 149 kg

Câmbio – 5 velocidades

SUSPENSÃO

Dianteira – Garfo telescópico

Curso da Suspensão Dianteira – 130 mm

Traseira – Balança traseira tipo Monocross

Curso da Suspensão – Traseira 120 mm

FREIOS

Dianteiro – Disco hidráulico de 282 mm com sistema anti bloqueio (ABS)

Traseiro – Disco hidráulico de 220 mm com sistema anti bloqueio (ABS)

DIMENSÕES

Altura do assento – 790 mm

Comprimento total – 2015 mm

Largura Total – 770 mm

Altura Total – 1070 mm

Altura mínima do solo – 160 mm

Distância entre eixos – 1360 mm

Tanque de Combustível – 14 L (3,2 L reserva)

VEJA TAMBÉM: Yamaha YZ450F 2018 chega ao Brasil.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here