Yamaha-Tmax-560-2020-revista-moto-adventure

Yamaha TMax 560: novidades para a versão 2020

Além de novidades estéticas, novo motor do scooter promoveu aumento de 3,5% na potência e de 6% no torque

O maxiscooter Yamaha TMax 530 foi vendido no Brasil entre 2014 e o final de 2017, tendo sua importação descontinuada pela Yamaha por conta de seu elevado preço final (em torno de R$ 53 mil), o que acabava limitando muito seu alcance mercadológico. Uma pena.

Em alguns países europeus, asiáticos e da América do Norte, o TMax continua a ser vendido e para eles, a versão 2020 está programada para chegar aos concessionários a partir de maio.

Apresentado durante a última edição do EICMA 2019, o novo maxi scooter da Yamaha recebeu importantes modificações para deixá-lo ainda melhor e mais refinado.

O motor, já adequado à Euro 5, saltou dos 535 cm3 para exatos 562 cm3 de cilindrada e agora entrega 47,6 cv a 7.500 rpm e torque de 5,68 kgf.m a 5.250 rpm. Isso representa 3,5% a mais de potência e 6% a mais de torque.

Estética

No aspecto estético, a parte frontal da carenagem praticamente não recebeu mudanças, mas os outros paineis foram refinados para melhorar a penetração aerodinâmica; novas setas foram incorporadas, assim como uma nova e mais destacada lanterna traseira.

O set de suspensões continua o mesmo: garfo invertido na frente e monoamortecedor atrás mas ambas receberam novas calibragens para melhorar a estabilidade do veículo.

No âmbito da eletrônica embarcada, o novo TMax 560 apresenta dois modos de pilotagem: Sport e Urban, enquanto que o controle de tração recebeu refinamentos para deixar o seu funcionamento mais preciso.

O TMax 560 será vendido em duas versões, a Standard e uma outra batizada de Tech Max, que apresenta conexão a um aplicativo baseado em sinal de GPS que permite com que o scooter seja localizado, bloqueado, além de também oferecer dados sobre seu funcionamento. Outros mimos desta versão são manoplas e assento aquecidos, suspensão traseira ajustável e para-brisa com regulagem elétrica.

Com todas as alterações, o TMax 560 está pesando 218 kg. Na versão Standard o scooter será oferecido na cor Matte Bluish Grey Metallic (azul fosco com cinza), enquanto que a Tech Max será vendida em duas opções de cores: Matte Greenish Grey (verde fosco com cinza) e Matte Dark Grey (preto fosco com cinza).

Sem planos de voltar a ser vendido no Brasil, no Japão o TMax 560 terá os seguintes preços de venda (*):

Standard: 1.160.000 ienes (R$ 54.678,29)

Tech Max: 1.290.000 ienes (R$ 60.806,03)

E aí, o que achou do novo maxiscooter da Yamaha? Gostaria de tê-lo rodando por aqui? Conta pra gente!

Let’s Together!

(*) Câmbio de 11/3/2020

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: