big-trip-caminhos-cortes-sailveiras-sitio-pinhal-aventur-celso-renato

A região da Serra da Bocaina é repleta de atrativos que ainda não foram descobertos por boa parte dos motociclistas. Então, que tal aproveitar estas dicas?

Texto: Celso Renato A. da Silva

Fotos: Rogerio Passos

A Rodovia dos Tropeiros é o eixo de ligação das cidades do Vale Histórico de São Paulo até Barra Mansa no Rio de Janeiro e sua história ligada ao período colonial e às fazendas de café. Para aproveitá-lo em toda sua extensão, montamos um roteiro que rico em história e por estradas vicinais emolduradas pela Serra da Bocaina. Reserve pelo menos um final de semana para explorar as belezas e descobrir a riqueza e as belezas desta região.

Caminhos da Corte

Este circuito turístico percorre várias cidades do Vale do Paraíba, região percorrida por membros da corte nos áureos tempos do café. Nele você vai entrar em contato com a história, natureza e a gastronomia, através das cidades e suas antigas fazendas. O turista encontrará nelas farto artesanato e gastronomia de influência indígena, africana e ibérica. Festas populares e religiosas, edifícios históricos e seculares, museus, tudo pronto para ser explorado, caminhando por ruas tranquilas, e quem sabe você encontre contadores de causos, para completar esta imersão.

Pela Rodovia dos Tropeiros você vai poder acessar todas as cidades e diversas fazendas, e se você curtir um pouco de aventura, poderá explorar as belezas naturais da Serra da Bocaina, como suas montanhas, rios e cachoeiras.

As Cidades
Arapeí (SP)

Teve sua origem ainda na época das capitanias hereditárias e o povoado teve seu apogeu durante o ciclo cafeeiro.

O que visitar:

Balneário da Fazenda Monte Alegre – águas cristalinas e muito verde são encontrados na Fazenda Monte Alegre, onde você pode fazer passeio nas trilhas e por uma floresta de pinhos. O local também possui camping, churrasqueira e campo de futebol.

Fazenda Caxambu – oferece trilhas, cachoeiras, cascatas e piscinas naturais. Também tem a presença de um antigo moinho de fubá em atividade.

Caverna do Alambary – também chamada de Gruta Santa Izabel, é cortada por um rio de água cristalina. O ponto de partida para a caverna é a Fazenda São Luiz.

Areias (SP)

A primeira a cultivar o café na região, alcançando grande destaque no mercado cafeeiro nacional.

O que visitar:

Casa da Cultura – o local respira história e expõe acervo de um momento em que a cidade vivia um intenso desenvolvimento econômico trazido pelas plantações de café. No segundo domingo do mês ocorre a Feirinha da Roça, com comida, artesanato e sempre traz atrações culturais e shows ao vivo.

Mirante do Cristo Redentor – fica localizado no bairro Santa Clara. De lá o turista tem uma vista parcial da cidade, e pode tirar fotos das construções históricas.

Solar do Capitão-Mor – local onde o imperador Dom Pedro I pernoitou no dia 17 de agosto de 1822, durante a viagem que ele fazia para São Paulo, onde declarou, dias depois, a Independência do Brasil.

Bananal (SP)

É a “Capital das Cidades Mortas”, mas a cidade é muito mais do que isso. No passado, foi a principal via de escoamento das Minas Gerais para o porto de Paraty (RJ), a última parada dos tropeiros que percorriam a Estrada Real.

O que visitar:

Centro Histórico – reúne prédios antigos e lojas que vendem lembranças artesanais.

Estação Ferroviária – é a única na América Latina formada por placas pré-moldadas. A estrutura foi importada da Bélgica e inaugurada em 1889. Em frente à estação também há uma locomotiva, utilizada na época.

Fazenda dos Coqueiros – com grande carga histórica, pois remete à escravidão no Brasil, possui visita monitorada.

São José do Barreiro (SP)

Encanta com sua graça e a tranquilidade de um local abençoado pela natureza.

O que visitar:

Represa do Funil – o reservatório é muito procurado por amantes da pesca e de esportes náuticos.

Cachoeira de Santo Izidro – fica no Parque Nacional da Serra da Bocaina a apenas 1,5 km de distância da portaria. Com 50 metros de altura, impressiona pela beleza.

Pico do Tira Chapéu – fica localizado no Parque Nacional da Serra da Bocaina e está entre os 10 mais altos do estado de São Paulo, a 2.088 metros de altitude. Apesar disso, a trilha é considerada de nível fácil.

Silveiras (SP)

Com a vinda de artesãos que chegaram no final dos anos 70, teve início um processo de produção de artesanato junto à população local, que com o passar do tempo trouxe uma nova imagem para a pequena cidade, conhecida hoje como portal do Vale Histórico.


O que visitar:

Ateliês de Artesanatos – possui diversos para visitação. Os artesãos produzem peças para decoração de casa, brinquedos educativos, e tudo é pintado à mão. Silveiras é considerada a capital do artesanato em madeira.

Estrada Bairro dos Macacos – uma das mais belas serras do país, você não pode perder a oportunidade de pilotar por ela.

O Roteiro

O inicio do roteiro fica na Rodovia Dutra na altura de Cachoeira Paulista em São Paulo. Siga pela Rodovia dos Tropeiros e irá passar pelos municípios de Silveiras, Areias, São Jose do Barreiro, Arapeí, Bananal e depois de 140 km você chega em Barra Mansa, no Rio de Janeiro. Com link abaixo você poderá navegar o roteiro pelo Google Maps.

https://goo.gl/maps/Kovzp1LiJ8Fi2va29
Detalhes

A moto utilizada foi uma Yamaha XTZ 250 Lander ABS, emprestada pela fábrica. Moto trail, me surpreendeu, com excelente posição de pilotagem, comportamento das suspensões e principalmente por seu desempenho na estrada, permitindo um bom ritmo e estabilidade em altas velocidades para uma monocilíndrica de 250cc. Moto urbana e rural em sua essência, mostrou-se muito eficiente, permitindo este tipo de aventura com tranquilidade, inclusive em estradinhas de terra.

Utilizei conjunto da ASW Adventure, capacete Bell e botas Alpinestar; sempre ande de moto equipado.

Esta rota é tranquila, permitindo aventureiros iniciantes, podendo ser acompanhado pelo garupa.

A navegação do roteiro é simples, planeje com antecedência ou contrate um guia.

Este roteiro passa por uma região com muitos atrativos; caso você tenha disponibilidade, aproveite para explorar: não vai se arrepender.

Onde ficar e comer

Sitio Pinhal – Pousada Rural

Estrada dos Macacos, Km 18 – Silveiras – Tel. (12) 99600-6836 (só com reserva)

Serviços

Aventur (11) 9.9296-4677 – Fale com Celsinho, que organiza trips on e off-road Brasil afora (www.aventur.tur.br).

Deixe uma resposta