Russos Sergei Kariakin e Anton Vlasiuk estão na ponta após cinco etapas

POR REDAÇÃO

FOTOS: MCH PHOTOGRAPHY

O quinto dia do Rally Dakar 2020 terminou com um novo líder, porém novamente com o domínio do Can-Am Maverick X3 na classificação dos UTVs (SxS). Os russos Sergei Kariakin e Anton Vlasiuk assumiram a ponta do ranking nesta quinta-feira (9/1), após o percurso de 564 quilômetros, sendo 353 contra o relógio, entre Al-`Ula e Ha’il, na Arábia Saudita. Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, da Monster Energy/Can-Am/South Racing, mantiveram o 16º lugar na classificação geral da categoria.

Mais uma vez, a competição para os brasileiros, atuais campeões mundiais de Rally Cross Country da classe T3 e vencedores do Dakar em 2018 nos UTVs, foi repleta de desafios. “Tivemos um problema na suspensão e perdemos uma hora para trocar a peça. Este Dakar está sendo bastante difícil e, de novo, o pneu furou. A primeira parte da especial contou com muita pedra e a segunda, foi cheia de areia e dunas”, destaca Gugelmin, navegador catarinense. Ele e Varela fecharam o dia na 23ª colocação. A vitória ficou com o francês Cyril Despres e o suíço Michael Horn.

Dos 10 primeiros colocados na classificação geral da modalidade, oito aceleram o UTV Can-Am Maverick X3. A categoria é a mais acirrada da competição, já que cinco diferentes duplas passaram pela liderança em cinco dias de disputas. A diferença entre o primeiro e o terceiro lugar da tabela é de apenas 1min47s.

O Dakar 2020 chega nesta sexta-feira (10/1) a Riyadh, capital da Arábia Saudita. Serão 830 quilômetros partindo de Ha’il, sendo 477 cronometrados, em um trajeto 100% na areia. A primeira parte do dia promete ser mais rápida e quem anda melhor nas dunas terá vantagem no trecho final.

A Can-Am tem o maior número de UTVs inscritos na 42ª edição do Rally Dakar. Ao todo, são 46 veículos, sendo 33 da marca canadense. Além dos UTVs, a competição, que vai até o dia 17 de janeiro, em Qiddiya, conta com motos, quadriciclos, carros e caminhões. O trajeto total tem cerca de 7800 km percorridos (pouco mais de 5000 km de especiais no total).

Rally Dakar 2020

Categoria UTVs (SxS)

Acumulado (extraoficiais) – 10 primeiros

1 – #411 – Sergei Kariakin / Anton Vlasiuk (RUS) – 23:21:52 – Can-Am Maverick X3

2 – #405 – Casey Currie / Sean Berriman (EUA) – 23:23:02 – Can-Am Maverick X3

3 – #400 – Francisco “Chaleco” Lopez / Juan Pablo Vinagre (CHI) – 23:23:39 – Can-Am Maverick X3

4 – #427 – Austin Jones / Kellon Walch (EUA) – 23:26:45 – Can-Am Maverick X3

5 – #410 – Jose Antonio Lopez / Diego Gil (ESP) – 23:41:16 – Can-Am Maverick X3

6 – #412 – Mitchell Guthrie (EUA) / Ola Floene (NOR) – 24:01:15

7 – #404 – Conrad Rautenbach (ZWE) / Pedro Bianchi Prata (POR) – 24:14:51

8 – #417 – Axel Alletru (FRA) / Francois Begun (BEL) – 24:55:26 – Can-Am Maverick X3

9 – #420 – Jesus Puras / Xavier Blanco (ESP) – 25:16:09 – Can-Am Maverick X3

10 – #433 – Santiago Navarro / Marc Sola Terradellas (ESP) – 26:01:49 – Can-Am Maverick X3

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também