Motor-Ducati-V4-Granturismo-moto-adventure

Moto será lançada oficialmente no próximo dia 4 e seu propulsor desenvolverá 172 cv e não será com sistema desmodrômico de válvulas.

Nos últimos tempos, temos divulgado algumas notícias dando conta sobre os avanços no desenvolvimento da tão esperada Ducati Multistrada V4, as quais você pode ler clicando aqui, aqui e aqui, e agora, a mais recente novidade foi a divulgação pela marca de Borgo Panigale dando conta do motor que equipará a motocicleta.

Motor-Ducati-V4-Granturismo-moto-adventure

De acordo com a Ducati, este motor vai entregar 172 cv e contará com um novo sistema de retorno de válvulas que substitui o seu famoso sistema desmodrômico.

Graças ao sistema de retorno da válvula com o uso de mola, os intervalos de manutenção do novo motor V4 são de 60.000 km. A Ducati diz que utilizou sua profunda experiência na seleção de materiais, tratamento e solução técnica do sistema Desmodrômico para este novo sistema de retorno de válvula com mola, que segundo ela, exerce menos tensões sobre os componentes em comparação com o Desmo.

Embora esteja em conformidade com a nova norma Euro5, o novo motor Granturismo V4 de 1.158 cm3 a 90 ° oferece 170 cv a 10.500 rpm e um torque máximo de 12,7 kgf.m a 8.750 rpm. Este novo propulsor pesa apenas 66,7 kg, que é 1,2 kg mais leve do que o motor Testastretta da Multistrada 1260. Além disso, o novo motor V4 mede apenas 20 mm de largura, sendo 85 mm mais curto e 95 mm mais baixo em comparação com o Testastretta. A Ducati diz que isso ajuda a alocá-lo no quadro de forma eficaz e também, contribuindo para melhorar o centro de gravidade de toda a moto.

O motor V4 Granturismo também apresenta elementos derivados da experiência da Ducati no mundo das corridas, como o virabrequim em contra-rotação, que melhora a agilidade e o manuseio da moto. Além disso, os engenheiros garantem que a tecnologia “Twin Pulse” oferece uma entrega de potência e torque mais linear e gerenciável em todas as faixas de rotação.

Motor-Ducati-V4-Granturismo-moto-adventure

Para aumentar o conforto do piloto, os dois cilindros traseiros são desativados em marcha lenta, o que diminui a temperatura do motor, reduzindo a temperatura com a moto parada, consequentemente, aumentando o conforto para seus ocupantes e reduzindo consumo de combustível.

Dados Técnicos Ducati V4 Granturismo

  • Motor: 1158 cc, 4 cilindros 90°
    Diâmetro x curso: 83 x 53,5 mm
    Taxa de compressão: 14:1
    Potência máxima: 125 kW (172 cv) a 10.500 rpm
    Torque máximo: 125 Nm (12,7 Kgm) a 8.750 rpm
    Homologação: Euro 5
    Sistema de Distribuição parte corrente, parte engrenagem: sincronismo com eixo de comando duplo no cabeçote, 4 válvulas por cilindro
    Virabrequim de rotação contrária, com virabrequins deslocados em 70 °
    Embreagem multidiscos deslizante e assistida
    Lubrificação de cárter semi-seco com três bombas de óleo: 1 entrega e 2 retorno
    Alimentação com quatro corpos de aceleração ovais (equivalente a 46 mm de diâmetro)
    Caixa de câmbio de 6 velocidades com sistema Ducati Quick Shift (DQS) Up & Down
    60.000 km de intervalo de verificação das válvulas de manutenção
    Sistema de desativação dos cilindros traseiros em marcha-lenta

Deixe uma resposta