POR REDAÇÃO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Alguns dos principais fabricantes de motos escolheram o Festival Duas Rodas, realizado de 29/08 a 01/09, no Autódromo de Interlagos, para exibirem 7 lançamentos. Novas superesportivas de três marcas trazem a tecnologia do Campeonato Mundial de Superbike para as ruas: BMW S1000RR, Ducati Panigale V4 S e Kawasaki Ninja ZX-10R Special Edition. Já a Harley-Davidson apresenta a Low Rider S, modelo que retorna à linha cruiser com design derivado das customizações californianas.

O segmento de média cilindrada não foi esquecido, com a Kawasaki Z400 ocupando mais um posto da marca no Brasil. E a Dafra entrando na categoria trail com a NH 190 e expandindo a linha de scooters com o HD 300. Nos estandes, foi possível ver e testar máquinas como: BMW R1250GS e R1250GS Adventure, Honda Africa Twin Adventure Sports, Kawasaki Versys 1000, Triumph Scrambler 1200, Yamaha YZF-R3 e Tracer 900 GT.

Confira alguns dos destaques do evento:

BMW S1000RR – A superbike alemã chega ao país em geração completamente reprojetada, 11 kg mais leve e 8 cv mais potente (197 kg e 207 cv a 13.500 rpm). Chassi, suspensões, motor, eletrônica e design mudam no modelo 2020.    

Dafra HD 300 – A scooter passa a ser uma segunda opção da marca com 300cc, afinal a Citycom S 300i continuará à venda. A base mecânica é a mesma, mas o novo HD 300 segue a escola de design europeia e traz novidades como freios ABS, farol de LEDs e espaço ampliado sob o assento, para 38 litros.   

Dafra NH 190 – Estreia da marca na categoria trail, traz inovações em relação à concorrência como motor de refrigeração líquida, 4 válvulas, câmbio de 6 marchas, conjunto de iluminação full LED e entrada USB. Os freios têm atuação combinada por sistema hidráulico e o painel é digital.

Ducati Panigale V4 S – A fabricante italiana deu um novo passo ao introduzir a tecnologia de motores V4 da MotoGP no modelo de rua. Assim a Panigale V4 estreou dominando a temporada atual do Campeonato Mundial de Superbike, onde competem modelos de produção em série. Nesta versão S, a motocicleta vem com 1.103cc (até 214 cv a 13.000 rpm e 12,6 kgf.m a 10.000 rpm) e suspensões Öhlins.     

Harley-Davidson Low Rider S – Modelo inspirado no estilo de customização californiano da década de 1980. Com a nova plataforma da família Softail e o motor V2 Milwaukee-Eight na versão de 114 pol³ (1.868cc). Na nova Low Rider S, o estilo cruiser recebeu guidão elevado, carenagem ao redor do farol, roda dianteira maior de 19 polegadas e acabamento preto. 

Kawasaki Z400 – Substituta da Z300 como novo modelo de entrada da marca, traz a evolução de performance da Ninja 400 a uma versão despida de carenagem esportiva. O motor de 2 cilindros paralelos rende até 48 cv a 10.000 rpm e 3,9 kgf.m a 8.000 rpm, acrescentando performance aliada à redução de 3 kg no peso total da moto, quando comparada à antecessora.  

Kawasaki Ninja ZX-10R Special Edition – A moto campeã das últimas quatro temporadas do Campeonato Mundial de Superbike recebeu atualização no motor de 4 cilindros em linha. A versão SE agora atinge 213 cv a 13.500 rpm e 11,7 kgf.m a 11.200 rpm, elevação de potência proporcionada principalmente por um novo comando de válvulas.   

Veja Também