O modelo chega para completar a linha retrô da marca, que já conta com a Z900RS

Inspirada pela Z650 dos anos 70 e começo dos 80, a Kawasaki trouxe de volta um modelo icônico. Assim como na época, o modelo também uma opção menor da linha, hoje complementada pela Z900RS que também é um reinpterpretação de outro modelo clássico, a Z1.

Porém, ao contrário da antiga Z650, que possuia motor de 4 cilindros, a Z650RS modelo 2022 conta com o conhecido propulsor bicilindrico da Ninja 650 e Versys 650. A nova RS tem 67 cv de potência e 6,5 kgf.m de torque, o que a torna mais acessível para pilotos iniciantes ou quem simplesmente não faz questão dos mais de 100 cv disponíveis na Z900RS. Além disso, ela é relativamente leve com 187 kg em ordem de marcha e tem assento com regulagem de altura, tudo ideal para atender a motociclistas menos experientes.

Apesar do motor bicilíndrico, a moto permanece fiel ao design de origem, enquanto acrescenta alguns toques modernos. O modelo 2022 tem iluminação LED completa, mas a configuração clássica remonta à Z650 original. O tanque, lateral, painéis e seção traseira fornecem a silueta icônica de uma moto clássica.

Z650 de 1976

Claro, não seria uma RS se a Kawa não oferecesse uma pintura de réplica, e a cor Candy Emerald Green capta perfeitamente a pintura de estreia da Z650 em 1976. Por outro lado, as pinturas Metallic Moondust Gray e Ebony Metallic Spark Black tendem mais para o lado moderno.

Por baixo do visual retrô, a Z650RS utiliza o mesmo quadro, suspensões e até freios da Z650 atual. A novidade está prevista para chegar às lojas europeias em novembro com valor próximo aos 8 mil euros. Não há previsão de chegada aqui mas, dado que temos a Z900RS e a Z650 em produção local, é de se esperar que a marca traga a novidade também.

Moto Adventure, a Revista dos Melhores Motociclistas

Let’s Go Together! 

Deixe uma resposta