Honda apresenta ao mercado suas novas motos de baixa cilindrada: a PCX 2019, que chega com design repaginado, e a POP 110i, que se destaca pelos freios CBS

TEXTO: GUILHERME DERRICO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

No dia 14 de fevereiro, a Honda convidou a imprensa especializada para apresentar seus novos lançamentos de baixa cilindrada: a PCX 2019 e a POP 110i. O evento foi realizado em Manaus (AM) e contou com palestra técnica e teste prático das máquinas. Na PCX 150, o destaque é o novo design, que ficou mais moderno, além das novas tecnologias embarcadas. Suas principais características foram preservadas, ou seja, a scooter continua econômica e é muito fácil de pilotar. Foram incluídas uma nova suspensão traseira, pneus mais largos, Smart Key e ABS. Painel digital e iluminação por LED complementam as alterações.

Para reforçar a segurança, foi implementado o DRL – DaytimeRunning Light, ou luzes de rodagem diurna. A lanterna traseira, também iluminada por LED, trouxe um tom mais elegante à máquina. Outra novidade no que se refere à PCX são suas novas versões, sendo o modelo PCX 150 DLX e Sport 2019. Nestas opções, a moto passa a contar com freios ABS na parte dianteira. Na traseira, o freio é a disco.

DETALHES

Na PCX 150, que é o modelo de entrada, foi mantido o sistema de freios CBS (Combined Brake System), com disco na dianteira e tambor na traseira. O painel de instrumentos é totalmente digital e oferece velocímetro, marcador de combustível, computador de bordo, hodômetro e relógio.

O banco também passou por mudanças, para que tanto o piloto quanto o garupa tenham mais conforto. A capacidade do compartimento cresceu (agora, comporta um total de 28 litros). A Honda afirma que é a maior capacidade entre as scooter deste segmento. O tanque de combustível possui 8 litros de capacidade, o que dá à PCX uma autonomia de mais de 380 km (dados informados pelo Instituto de Pesquisas Mauá, que apontou um consumo urbano médio de 47,5 km/l).

Outro destaque da scooter é o sistema Idling Stop de desligamento automático do motor em situações cotidianas (caso de uma parada no semáforo, por exemplo). A partida é acionada automaticamente assim que o acelerador é utilizado.

CICLÍSTICA EVOLUÍDA

A Honda PCX 150 2019 teve uma alteração na dimensão dos pneus, agora mais largos tanto na dianteira como na traseira. As medidas passaram a ser 100/80-14 na dianteira e 120/70-14 na traseira (anteriormente, eram de 90/90-14 e 100/90-14). Complementam as mudanças um novo design nas rodas, que ficaram mais robustas e com oito raios. A intenção da marca japonesa é que, com a introdução de pneus maiores, aumente a resistência quanto a eventuais impactos e imperfeições da pista, além de maior estabilidade.

A máquina está disponível em três versões: PCX 150, PCX 150 DLX ABS e PCX 150 Sport ABS. Todas possuem o motor de 149,3 cm3, monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), de 4 tempos, com injeção eletrônica, a gasolina, arrefecido a líquido e com transmissão automática. A potência máxima é de 13,2 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,38 kgf.m a 5.000 rpm.

CORES E VALORES

A PCX 150 de entrada será oferecida nas cores prata metálico e azul perolizado e terá preço público sugerido de R$ 11.620,00. A PCX 150 DLX será disponibilizada na cor branco perolizado, com preço sugerido de R$ 12.990,00. Já a PCX 150 Sport chega na cor prata metálico e tem preço de R$ 12.990,00. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem, além de sete trocas de óleo gratuitas nas concessionárias Honda.

POP LEGAL

A nova Honda Pop 110i 2019 está sendo comercializada no Brasil desde janeiro. A motocicleta está mais segura graças à introdução dos freios CBS. A máquina conta com motor de 100cm³, é prática, econômica e muito leve. É uma opção para quem prefere um custo-benefício mais amigável e baixo valor de manutenção. Enfim, é o modelo ideal para motociclistas iniciantes. A Pop será oferecida em três cores: branco, vermelho e preto.

Outro destaque é a carenagem. Desenvolvida em termoplástico, é resistente a impactos e deformações. O para-lama dianteiro também permite maior proteção ao piloto. Já o painel integrado à carenagem do farol apresenta muita facilidade para a leitura de informações como: luzes indicadoras, reserva de combustível, farol alto, piscas e o sistema de injeção. O motor é de 4 tempos, monocilíndrico, com 109,1 cm3, alimentado por injeção eletrônica PGM-FI e arrefecido a ar. Sua potência máxima é de 7,9 cv a 7.250 rpm e o torque máximo chega a 0,9 kgf.m a 5.000 rpm.

O peso a seco da moto é de apenas 87 kg. O câmbio possui quatro marchas, enquanto o tanque de combustível comporta 4,2l. O preço público sugerido do modelo é R$ 5.790,00. A Honda Pop 110i 2019 tem garantia de três anos, sem limite de quilometragem, mais sete trocas de óleo gratuitas. Nas próximas edições de Moto Adventure, acompanhe o test ride destas motocicletas. Até lá!

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here