SuperBike Brasil: Wesley Gutierrez espera colocar KRT mais uma vez no pódio na etapa Londrina

Corredor da equipe Kawasaki Racing Team conhece bem a pista e espera se dar bem

Texto: Redação
Fotos: Marcello Alves/VGCOM/KMB

SuperBike Brasil

O mês de agosto marca o início da segunda metade do calendário 2017 do SuperBike Brasil e, neste momento, o campeonato deixa a capital paulista e segue em direção à Londrina (PR), cidade natal de Wesley Gutierrez (#15), piloto da equipe Kawasaki Racing Team. Devido à antecipação das reformas do Autódromo de Interlagos, a 5ª etapa do Brasileiro, que seria disputada em São Paulo, precisou ter sua praça alterada e os organizadores optaram por realizar a rodada em solo paranaense, mais precisamente no Autódromo Ayrton Senna, nos dias 25, 26 e 27 de agosto – a mesma data divulgada no início da temporada.

Para Wesley Gutierrez, essa mudança não poderia vir em melhor hora. Atualmente ocupando a quarta colocação no campeonato, apenas nove pontos atrás do segundo colocado, o piloto londrinense poderá reduzir essa diferença e consolidar sua candidatura ao vice-campeonato. Correndo em casa, diante da sua torcida e na pista onde aprendeu a pilotar, Wesley se mantém confiante e espera voltar a subir no pódio.

“Acho que dará, sim, para brigar por um lugar no pódio. Claro que não será fácil. Mas vai dar uma briga muito boa entre os cinco primeiros colocados. A expectativa é essa pelo menos. Aqui em Londrina já tenho em mente o traçado da pista. Sei onde acelerar e frear. A questão é buscar o acerto ideal da moto e esperar por um bom resultado”, analisa Wesley.

Na temporada 2016, Londrina sediou uma etapa do Brasileiro e o piloto da Kawasaki Racing Team obteve a quarta colocação na prova. Para a disputa deste ano, Wesley está mais confiante e espera baixar suas marcas e alcançar a casa de 1m16s na pista de 3.055 metros, conhecida por ser bastante técnica, com suas curvas de alta, de baixa, e, inclusive, uma ‘curva cega’ onde o piloto tem a visão reduzida. O recorde a ser batido de Wesley Gutierrez é de 1m17s049, tempo alcançado durante a disputa da SuperPole, na etapa do ano passado.

Para alcançar o resultado positivo, o piloto londrinense terá como principal aliado a Kawasaki Ninja ZX-10R de numeral #15, motocicleta que a cada etapa do Brasileiro está mais veloz. Para esta corrida, Wesley Gutierrez acredita que não terá grandes dificuldades para encontrar o acerto ideal do equipamento. E isso poderá ser um diferencial para o piloto que busca ganhar posições na tabela classificatória. O resultado em Londrina dá seguimento à corrida pelo campeonato e irá indicar os principais candidatos ao título.

“Esta etapa vai ser crucial para a disputa do campeonato. Se eu chegar bem, entro na briga pela vice-liderança. Então é trabalhar para chegar à frente do Diego Faustino e do Eric Granado (segundo e terceiro colocados, respectivamente). A corrida será importante para subir no ranking. Estou me dedicando bastante nos treinamentos físicos. E vou aproveitar para treinar na pista para chegar afiado na prova”, completa Wesley.

A 5ª etapa do SuperBike Brasil será realizada no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina (PR), no último final de semana do mês agosto. Os treinos serão realizados nos dias 25 e 26 de agosto, e a corrida no dia 27.

Confira abaixo a classificação da categoria SuperBike após quatro rodadas disputadas:

1º – Alex Barros (#4), da Honda Alex Barros Racing: 87 pontos

2º – Diego Faustino (#68), da Honda Racing Team: 65

3º – Eric Granado (#151), da Honda Racing Team: 60

4º – Wesley Gutierrez (#15), da Kawasaki Racing Team: 54

5º – José Luiz “Cachorrão” (#51), da Honda Racing Team: 46

6º – Diego Pierluigi (#84), da Honda Alex Barros Racing: 45

7º – Davi Lara Costa (#12), da JC Racing Team: 35

8º – Danilo Lewis (#17), da Tecfil Havoline Racing Team: 26

9º – Marcelo Skaf (#177), da Motom: 22

10º – Bruno Corano (#34), da Kawasaki Racing Team: 17

VEJA TAMBÉM: Guia de viagem: O caminho das pedras.

DEIXE UMA RESPOSTA