Disputa ponto a ponto definiu o campeão da Categoria Master. Tunico Maciel faturou o tricampeonato após um grande duelo com Jomar Grecco

TEXTO: CAROLINA YADA E DONI CASTILHO

FOTOS: DONI CASTILHO E MOISÉS SABA

Quem pensa que prova de regularidade não tem adrenalina e emoção mudará de ideia após conferir os detalhes do Rally Piocerá 2019. A tradicional competição off-road do país teve, em janeiro, sua 32ª edição, partindo de Teresina (PI) rumo a uma chegada inédita em Juazeiro do Norte (CE). Foram quatro dias e mais de 1.200 km desbravando as trilhas do Piauí e Ceará. Cidades como Floriano (PI), Picos (PI) e Iguatu (CE) também fizeram parte do roteiro. Nas motos, a disputa pelo título da categoria Master foi definida ponto a ponto. O duelo entre o mineiro e atual campeão, Tunico Maciel (da Equipe Honda Racing), e o capixaba tricampeão brasileiro de enduro de regularidade Jomar Grecco (da Yamaha O2BH Racing) já havia sido anunciado antes mesmo do início da prova.

No primeiro dia, vitória de Grecco, por apenas um ponto de vantagem, após um trajeto de 364 km e cerca de 10 horas entre a capital do Piauí até Floriano, porta de entrada para o Sul e Sudeste do estado. Trechos rápidos, balaios, além de descidas e subidas travadas foram os principais desafios. A pontuação do Piocerá 2019 foi definida após 12 etapas, sendo realizadas três por dia. No segundo, os pilotos deixaram Floriano e seguiram rumo a Picos, ainda no Piauí. O percurso, com 282 km, terminou com um grande trecho de hard enduro, repleto de pedras e com alto grau de dificuldade. Melhor para Maciel, que faturou o dia e a ponta da classificação com um ponto de vantagem para o adversário.

O penúltimo e mais longo dia de competição, com 427 km e cerca de 11 horas, marcou a entrada da prova no estado do Ceará. Iguatu recebeu os pilotos após um trajeto misto, com médias rápidas e trechos travados. Nova vitória de Grecco, que retomou a liderança da Master com dois pontos a mais que Maciel.

A decisão da categoria ficou mesmo para o último dia, mais especificamente para a última etapa. No percurso de 206 km e cinco horas até Juazeiro do Norte, deu Tunico Maciel – que, por um ponto, levou o tricampeonato consecutivo do Rally Piocerá/Cerapió. “Ganhar depois de tudo isso e de um concorrente do nível do Jomar é muito gratificante. É um título muito importante, de uma prova com grande visibilidade nacional. Estou muito feliz e motivado para seguir treinando para a temporada 2019, que está só começando”, destaca Maciel.

Jomar Grecco foi o vice-campeão de 2019. Dário Júlio, que retornou à categoria Master e estreou a nova Honda CRF 250F em competições oficiais, terminou em terceiro lugar, seguido de Lauro Lopes e Leonardo Malagutti. O Rally Piocerá 2019 também contou com mais oito campeões nas demais categorias. Confira a lista abaixo.

QUADRICICLOS E UTVS

Entre os quadriciclos, Wescley Dutra, de Fortaleza (CE), chegou ao Piocerá focado no tricampeonato. Nos dois primeiros dias, o cearense também disputou a liderança a cada ponto com o conterrâneo Italo Santiago. Porém, a vitória de Dutra no terceiro dia abriu boa vantagem para ele seguir confiante nas etapas finais e garantir o lugar mais alto do pódio na Graduado. Entre os novatos, o título ficou com Lucas Guerra, de Teresina (PI).

Nos UTVs, as duas duplas vencedoras, ambas cearenses, mantiveram a regularidade e faturaram três dos quatro dias para levarem o troféu de campeão. José Rufino Neto e Glauco Junior finalizaram em primeiro na Graduado e Ruan Pablo Ferreira e Alencastro Ferreira Junior, na Novato.

MOTO TURISMO

Seis aventureiros curtiram o Piocerá 2019 de uma forma bem diferente dos demais. Eles percorreram o mesmo itinerário da prova, porém curtindo as atrações turísticas, ambientais e culturais da região, sem a pressão da competição. Este foi o primeiro ano da categoria Moto Turismo, que agradou aos motociclistas e já se tornou mais um sucesso do evento.

AJUDA AO PRÓXIMO

O Rally Piocerá/Cerapió também é reconhecido pelas ações sociais que promove fora das trilhas. Neste ano, cerca de oito toneladas de alimentos foram doadas à APAE de Teresina (PI). Outro projeto de grande destaque é o “De Olho na Trilha”, em parceria com a Óptica Jockey, por meio do qual foram realizados 120 atendimentos oftalmológicos na comunidade quilombola do Mimbó, em Amarante (PI). Por fim, o Rallyteca, que distribui, a cada ano, dez mil livros para ONGs, projetos educacionais e diretamente à população das localidades por onde a prova passa, entregou quatro mil exemplares durante o evento. O restante será distribuído nos próximos meses.

 

CONFIRA OS CAMPEÕES DO RALLY PIOCERÁ 2019:

 

Motos

Master – Tunico Maciel #1

Sênior – Sandro Hoffmann #10

Over 40 – Erasmo Schwanz #12

Brasil – Marcos Vinicyus Santos #27

Junior – Pedro Lucas Junior #28

Over 50 – Pericles Dutra #19

Novato – Gilberto Sobreira Filho #37

Dupla – Saul Zakkour / Leildo Silva #82A e #82B

Moto Rally (Percurso dos Carros) – Phillipe Mota Melão #39

 

Quadriciclos

Graduado – Wescley Dutra #302

Novato – Lucas Guerra #310

 

UTVs

Graduado – José Rufino Neto / Glauco Holanda Junior #603

Novato – Ruan Pablo Ferreira / Alencastro Ferreira Junior #606

 

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here