Emoção é o que não faltou no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos/SP)

POR REDAÇÃO

FOTOS: RICARDO SANTOS/MUNDO PRESS

No último domingo (24), pilotos e equipes aceleraram forte e garantiram muita disputa na abertura da temporada 2019 do Superbike Brasil, em Interlagos (SP). Foram oito grids, apresentação de show manobras e muita competição para garantir o espetáculo. O dia começou com muita expectativa antes da largada. Após as sessões de treinos livres e classificatórios, os competidores se posicionaram para o início do campeonato que marca 10 anos do SBK.

A grande disputa do dia ficou por conta de um “reencontro” da motovelocidade. O veterano Alex Barros (#4) e o australiano Anthony West (#13), que competiram juntos na MotoGP em 2007, voltaram a dividir as pistas e travaram uma batalha acirrada no grid principal. Eles se alternaram na liderança ao longo das 14 voltas e decidiram a corrida apenas na última volta. Melhor para o “Gringo” da Kawasaki Racing Team, que superou o brasileiro por uma diferença de 0s022.

Pedro Sampaio (#28), da Honda Racing Brasil, mostrando que também pode dar trabalho ao longo do ano, ficou com a terceira posição O uruguaio Maximiliano Gerardo, da Motonil Motors, ficou na quarta colocação, seguido por Danilo Lewis (#17), da Tecfil Havoline Racing Team, fechando o pódio. Eric Granado, campeão das temporadas 2017 e 2018, iniciou a corrida na pole position, mas precisou abandonar a prova logo na primeira volta por conta de problemas técnicos na moto.

Ainda no grid principal, Diego Viveiros (#23), da Picoloko/PRT – Pitico Race Team, foi o vencedor da SuperBike Extreme. O piloto faturou a categoria ao colocar quase 13s de vantagem para Danilo Berto, também da PRT – Pitico Race Team, que ficou com a segunda posição.

No outro grid de motos 1000cc, uma grande disputa também marcou a corrida que contou com pilotos da SuperBike Evolution, Evo1000, Light, Master e SuperStock. A vitória ficou com Bruno Corano (#34), da BMW Motorrad MotorSport, que venceu o grid ao assumir a ponta na última volta. O atual campeão da SBK Evolution superou Marcio Bortolini (#37), vencedor da Evo1000, na disputa geral.

A corrida ainda contou com vitórias de Juracy Rodrigues “Black”(#56) na SuperBike Master, Raphael “Fletado” (#96), PRT – Pitico Race Team, na SuperBike Light, e Luciano Pokemon (#77), da PMK Racing, na SuperStock.

Entre as motos 600cc, a disputa também foi decidida nos últimos instantes. A dupla da Kawasaki Racing Team protagonizou uma corrida cheia de alternâncias na liderança e de indefinição do vencedor até a última curva. A vitória ficou com Matheus Barbosa (#260), que superou o companheiro Leonardo Tamburro (#53) por 0s229.

O grid ainda teve vitórias de Gustavo da Silveira “Gão” (#85), da Motonil Motors, na SuperSport Extreme, Franco Lopes (#21) na SuperSport Master, e Luka Verissimo (#11) na Stock 600cc.

A Copa Honda CBR 500R também reservou emoção até o fim. O vencedor da prova foi Fábio Florian, da Qatar Racing Team Brasil, que ficou apenas 0s319 à frente de Raphael K Ramos, da MotoSchool Racing Team. Florian ainda recebeu os troféus de primeiro colocado na CBR 500R Pro e Teen.

Marcelo Moreno MM (#7), da Motonil Motors, foi o terceiro colocado no grid geral e ficou com a primeira posição na CBR 500R Extreme. Luiz Henrique “Luizinho” (#91), da Tecfil Havoline Racing Team, ficou com a vitória na CBR 500R Light.

Na Yamalube R3 Cup, mais uma corrida acirrada. Guilherme Brito (#44) e Enzo Valentim (#39), que já haviam feito uma grande disputa nos classficatórios, brigaram até o fim pela primeira posição. Gui Brito, da Pitico Race Team / Nacar Yamaha, conseguiu a vitória com uma vantagem de 0s647 para o rival.

Ainda nas 300cc, Humberto Turquinho (#12) ficou com a vitória na Yamalube R3 Stock, e Fabinho Jandaia (#10), da Paulinho SuperBikes, venceu na Yamalube R3 Master.

Na categoria Escola, Nicolas A. Castorino, da Motom, venceu entre as motos 1000cc, enquanto Alex Penholato (#83), da Spiga/MB Racing, ficou com a vitória nas 600cc.

Outro grande momento aconteceu logo na primeira corrida do dia, na Honda Junior Cup. Pedro Balla coroou o domínio ao longo de todo o fim de semana e venceu com uma vantagem de quase 31s para o segundo colocado. Coincidentemente, o mesmo piloto venceu a abertura da temporada em 2018.

Além das corridas, o evento brindou o público com um show de manobras da equipe Força & Ação, uma volta exclusiva da Honda e uma volta guiada.

O SuperBike Brasil volta no dia 14 de abril com a 2ª etapa da temporada.

Confira os cinco primeiros colocados de cada categoria nas corridas deste domingo:

SUPERBIKE

1) 13-Anthony West Gringo (PRO),

2) 4-Alex Barros (PRO), a 0.022

3) 28-Pedro Sampaio (PRO), a 5.966

4) 41-Maximiliano Gerardo (PRO), a 10.000

5) 17-Danilo Lewis (PRO), a 11.926

SUPERBIKE EXTREME

1)23-Diego Viveiros

2) 83-Danilo Berto

3) 37-Iam Testa

4) 832-Mauriti Junior

5) 146-Rodrigo Dazzi

SUPERBIKE EVOLUTION

1) 34-Bruno Corano (EVO)

2) 177-Marcelo Skaf (EVO), a 0.821

3) 99-Edson Luiz (EVO), a 23.028

4) 33-Juliano Ferrante (EVO), a 29.128

SUPERBIKE EVOLUTION 1000CC

1) 37-Marcio Bortolini

2) 181-Rodrigo Cabecinha

3) 28-Pablo Flores Nunes

4) 25-Carlos Fuzza

5) 74-Sergio Prates

SUPERBIKE LIGHT

1) 96-Raphael Fletado

2) 76-Cleber Pires

3) 66-Guilherme Neto

4) 42-Victor Villaverde

5) 12-Ramon Cruz

SUPERBIKE MASTER

1) 56-Juracy Rodrigues “Black”

2) 26-Cristiano Nogueira

3) 9-Marcos Ramalho

4) 45-Nelson Gonçalves Mágico

5) 17-Leandro Bressan

SUPERSTOCK 1000cc

1) 77-Luciano Pokemon

2) 515-Osvaldo Jorge Filho “Duende”

3) 129-Fabio Pitta

4) 18-Guto Figueiredo

5) 226-Rubem Mardegan

STOCK 600

1)11- Luka Veríssimo

2) 207-Daniel Mos

3) 63- Mauricio Cassiano

4) 970-Gerverson Paz

SUPERSPORT

1) 260-Matheus Barbosa

2) 53-Leo Tamburro

3) 822-Niko Ramos

4) 77-Sebastian Salon

5) 199-Arthur Costa

SUPERSPORT EXTREME

1) 13-Luis Ferraz

2) 42-Henrique Daniel

3) 118-Marco Ferreira

4) 45-Leonel V. Carvalho Junior

5) 76-Alexandre Dell Aquila

SUPERSPORT MASTER

1) 21-Franco Lopes

2) 52-Rubens Luis Arenas Bosch

CBR 500R PRO

1) 88-Fábio Florian

2) 90-Raphael K Ramos

3) 444-Luiz Felipe

4) 84-Juninho Moreira

5) 62-Renan Fui

CBR 500R TEEN

1) 88-Fábio Florian

2) 90-Raphael K Ramos

3) 444-Luiz Felipe

4) 711-Mario Nicoli

5) 25-Guilherme de Brito

CBR 500R LIGHT

1) 91-Luiz Henrique “Luizinho”

2) 711-Mario Nicoli

3) 55-Fabio Puccini

4) 21-Rafael Sestenari

5) 77-Rodrigo Medeiros

CBR 500R EXTREME

1) 7-Marcelo Moreno MM

2) 40-Michael Valtingojer

3) 13-Gilberto Junior

4) 27-Alexandre Colorado

5) 277-Denis Peppe

YAMALUBE R3 CUP

1) 44-Gui Brito (R3)

2) 39-Enzo Valentim (R3), a 0.647

3) 51-Bruno Cesar Borges (R3), a 20.101

4) 123-Alex Milan (R3), a 20.175

5) 31-Leandro Bagnarelli (R3), a 20.256

YAMALUBE R3 STOCK

1) 12-Humberto Turquinho (STK), a 20.086

2) 36-Kaywan Freire (STK), a 20.281

3) 54-Felipe Macan (STK), a 20.316

4) 8-Rodrigo Gregório Diguinho (STK), a 20.861

5) 88-Gustavo Manso (STK), a 21.856

YAMALUBE R3 MASTER

1) 10-Fabinho Jandaia (M), a 20.893

2) 33-Alex Schultz (M), a 26.677

3) 58-Odair Delafrati (M), a 40.546

4) 234-Fernando Santos (M), a 40.815

5) 73-Pierre Bauducci (M), a 1 volta

SUPERBIKE ESCOLA

1) 118-Nicolas A. Castorino (SBK),

2) 190-Eduardo Lopes (SBK), a 0.843

3) 25-Fábio Queiroz (SBK), a 1.211

4) 111-Thiago Eduardo Cão (SBK), a 1.735

5) 889-Rafael Palmieri (SBK), a 4.729

SUPERSPORT ESCOLA

1) 83-Alex Penholato (SS),

2) 65-Raphael Santos (SS), a 1.132

3) 94-Fernando Martins (SS), a 10.718

4) 24-Breno Florian (SS), a 11.715

5) 598-Vitor Simões (SS), a 20.435

HONDA JUNIOR CUP

1) 10-Pedro Balla

2) 13-João Fascinelli, a 30s937

3) 14-João Teixeira, a 30s973

4) 22-Brayann Ligeirinho, a 31.416

5) 17-Matheus Oliveira, a 59s048

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here